A marca francesa Jacquemus foi fundada por Simon Porte Jacquemus, em Mallemort, um vilarejo com pouco mais de seis mil habitantes no sudeste da França. Suas maiores inspirações são as mulheres de sua família e a simples e charmosa região em que nasceu. “Minha marca não tem a ver com sair à noite ou clubbing. Tem mais a ver com frutas, legumes e rolar na grama”, disse Simon à Dazed.

A Jacquemus completou 10 anos de existência no desfile da última terça-feira (25/06) e nessa década já conquistou o coração das francesas e do mundo todo, com seu estilo único e inusitado de trabalhar e reinventar diversos elementos da moda e do lifestyle francês, sempre de forma muito elegante, sóbria e sensual. A brand vem ditando tendências ao redor do mundo e já coleciona nome de clientes como: Rihanna, Beyoncé, Miley Cyrus, Selena Gomes, Kendall e Kylie Jenner, Kim Kardashian, etc.

Vem ver as principais tendências que queremos (e vamos) roubar da nova marca queridinha das fashion girls:

A Jacquemus levou ao extremo o termo “bolsa petit” quando apresentou em seu desfile Outono/Inverno 2018 bolsas com 3cm de diâmetro e enlouqueceu o mundo todo com o desejo de ter uma mini Jacquemus. Para nós meros mortais, que priorizamos funcionalidade, as bolsas podem ser um pouco maior do que três centímetros, mas ainda assim, os pequenos e estruturados acessórios são um dos muitos desejos que a marca criou em nós.

Nós já somos fãs assumidas do combo comprimento midi + bota e muito disso devemos à Jacquemus! Trouxemos mais algumas provas de que você deve e muito apostar na combinação nesse inverno.

As candy colors, ou tons pastéis, também são uma das trends queridinhas da estação e prometem dar as caras no street style por um bom tempo. Que tal levar a trend para suas produções?

A padronagem mais antiga de todas tem seus altos e baixos na moda, volta e meia ela aparece com tudo e volta para nossos armários. Ótima para apostar em estações mais frias o xadrez é curinga quando o assunto é estar clássica e bem vestida. A Jacquemus adora apostar na padronagem com tons claros e delicados.

Os acessórios são itens importantes e marcantes nos desfiles da Jacquemus, muitas vezes roubando a cena do look. Isso nos prova como um brinco pode ser o que faltava naquele seu look boring, para transformar e levantar totalmente o visual. Aposte em diferentes formatos e materiais para transitar em diversos estilos.

Sempre vistos nas produções da marca, os looks monocromáticos são aposta certeira pra quem quer sair da zona de conforto e ficar muito descoladex.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

De maneira divertida e inusitada, os fashionistas acharam um jeito de inserir o tema praiano no inverno: o estilo City Surfer faz sucesso.

Primeiro, entenda como fazer o styling: o segredo é misturar peças tie-dye, com o sportswear, t-shirts e o jeans, com itens que são a cara do street urbano – saltos e peças de mangas compridas, calças e até blusas sem decotes.

O oversized e os sneakers também entram nessa brincadeira fashion. Estampas com motivos florais, ou com a fauna, ajudam a enriquecer a vibe de veraneio em recortes ou pequenos detalhes.

Por exemplo, na foto acima, a saia azul de paetês possui estampa localizada com algumas palmeiras. Ela é usada com meia-calça preta e saltos pretos. A t-shirt por baixo do casaco com mangas raglan – que também são informação do estilo surfista – é a cara dos adeptos do esporte. Os detalhes nas mangas também levam palmeiras, além da cor amarela, que está presente no estilo dos surfers.

Veja a seguir mais exemplos e aprenda a arrasar no street style com o City Surfer:

Um pouco mais básico, o look acima é a cara do conforto. Os sneakers arrematam a calça de alfaiataria nude, que foi combinada com o casaco de moletom da mesma cor. Por cima, a jaqueta jeans amarela e com modelagem típica de surfista – mais curta, porém larga, com detalhes em babados nas mangas -, é o item que fecha o visual.

Para arrasar no estilo gótica suave, misturar o all black com o clássico tie-dye é a pedida!

Se jogue na estampa e imite o estilo “pijama”. O City Surfer é uma otima desculpa para apostar no grafismo colorido e combiná-lo com botas mais pesadas. Isso quebra o estilo de verão e adiciona o mood invernal.

 

E claro, o all jeans é um must para qualquer fashionista que vai apostar no City Surfer. Lembre-se: o oversized é a pedida! E para fechar com o toque final perfeito: o chapéu de pescador.

FONTE: HAPERSBAZAAR

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Quando pensamos em inverno, logo vem em mente casacos pesados e looks de cores mais escuras. É natural associar tons sóbrios ao frio, até porque é mais fácil usar preto, vinho e cores escuras quando as temperaturas estão baixas (tem a ver com aquela história de que cores claras refletem a luz e as escuras absorvem e seguram o calor), mas não quer dizer que o lado mais claro da paleta não fique incrível em peças de inverno.

Tanto que uma das principais tendências da estação é a de tons pastel. As cores açucaradas ganham casacões, terninhos, tricots e até sapatos para dessaturar os looks invernais e trazer um pouco de luz ao que antes eram produções mais sóbrias. Em colorblocking, ponto de cor ou monocromática, as cores clarinhas e delicadas podem fazer a temporada muito mais estilosa e nós ensinamos nove jeitos de usá-las aqui e agora, olha só:

A vantagem dos tons pastel é que dificilmente eles vão bater de frente em um look. Então é seguro misturar as cores entre si sem se preocupar em ficar over, já as cores delicadas harmonizam mais fácil.

Se cores como rosa, lilás e azul bebê não fizerem seu estilo, os tons neutros também entram na brincadeira e são ótimas opções para fazer mix and match entre si!

Para o trabalho, os terninhos candy color são a tendêncial oficial da estação. Também vale brincar com sapatos e acessórios e levá-lo para outras ocasiões.
Para experimentar a tendência sem arriscar demais, um ponto de cor – mesmo as mais dessaturadas – é sempre válido! Mas prefira inserí-lo em um look branco ou neutro para que ela se destaque.
O lilás continua firme e forte como tendência e essa é uma ótima desculpa para dar uma chance à nova cor queridinha das fashion girls.
Quanto mais apagado, mais fácil de combinar! Então na dúvida, combine os tons bem mais clarinhos e deixe o verde-limão para quando você estiver se sentido ousada.

O jeans branco é um grande aliado dos tons pastel! Além de renovar a calça jeans de sempre e dar um ar mais leve e fresh ao look de inverno.

Para um monocromático com um toque de mestre, invista em acessórios contrastantes para não deixar que o look seja mais do mesmo, sabe?
E também dá para inserir um pretinho no meio! Tons pastel também vão com cores escuras e criam um contraste de impacto.

Tags: , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Desde a ascensão de marcas como Vetements e Off-White, o jeans não sai das passarelas, presente nos desfiles de todas as grandes grifes e não apenas naquelas que têm o street como core. Mas, se até a temporada passada, o material aparecia predominantemente em opções mais lisas, sem grandes emoções ou invencionices de lavagens, o denim agora assume a versão acid wash – unindo o mood oitentista (década na qual tal efeito desbotado ganhou as ruas) ao clima californiano, uma das maiores tendências da estação.

“Apesar do nome acid wash, dado pela aparência desbotada de ácido, a lavagem era feita com água sanitária. Hoje, é usado um reagente químico (o permanganato de potássio), que age manchando a peça de branco”, explica Flavia Rotondo, estilista da TwoDenim, grife que apostou na tendência para seu inverno 2019, desfilado na última edição do SPFW. “É um processo feito manualmente, com o auxílio de um rolinho, o que torna cada calça ou jaqueta única.” O clima 80’s também dá o tom da modelagem, que aparece mais volumosa em calças clochard ou aladim.

O efeito manchado também pode ser visto e feito através da técnica tie-dye. A proposta apareceu no verão 2019 da Dior, em peças com borrões abstratos e caleidoscópicos. “O tie-dye surgiu fora das esferas da moda convencional. Ao incorporá-lo à coleção, pude jogar com sua identidade múltipla, combinando tradição e inovação, artesanato e cultura popular”, diz Maria Grazia Chiuri, diretora artística da maison. Para a estilista, o fato de o resultado ser uma surpresa faz o processo ser mágico. “Gosto da ideia do inesperado do tie-dye, mas especialmente pelo o que representa: me permite celebrar a natureza e sua força simultaneamente caótica e racional.”

Precisando de algo que dê um up imediato no seu tricô favorito ou camiseta branca de todo dia? Seja em versão mais discreta, como as calças quase que completamente desbotadas da Dior, ou bem exagerada, caso do macacão de Stella McCartney desfilado por Kaia Gerber, o acid denim wash é um daqueles curingas que surgem a cada temporada para quem procura algumas boas (e poucas) peças statement.

 

Fonte: VOGUE

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Ostreet style da temporada de moda de Milão já havia anunciado que a cobra é a estampa da vez, e agora as celebridades estão confirmando a tendência.

Nesta segunda-feira (25.03), Kim Kardashian surgiu em Paris a bordo de um look inteiro de cobra, combinando o casaco à calça. Bella Hadid também apostou na calça estampada, que foi usada junto com outras peças neutras; e Emily Ratajkowski destacou o look all black básico com botas de cobra de cano alto da marca brasileira Schutz. Ao que tudo indica, nesta temporada a onça deve ficar um tempo no guarda-roupa.

 

Fonte: VOGUE

 

Tags: , , , , ,

Comments ( 0 )

Estamos muito acostumadas a pensar no nosso guarda-roupa e looks sazonalmente – roupas de verão para o verão e roupas de inverno para o inverno. Mas uma vez que imaginamos tudo no mesmo lugar, é possível multiplicar o closet e ver novas oportunidades de looks, independentemente da estação do ano.

Então se você pensava em mover as roupas, sapatos e acessórios veranis para o fundo do armário quando o frio chegar, saiba que eles podem ser parte importante dos looks de inverno mais estilosos que estão por vir. Comprovando a teoria, nossa editora e co-founder Catharina Dieterich, mostracinco jeitos de usar suas peças de verão favoritas até nas temporadas mais frias! Deixe tudo anotado para quando o frio chegar, a gente nunca sabe quando o tempo vai virar:

“A t-shirt, item essencial no guarda roupa de verão de qualquer mulher não tinha como ficar de fora do inverno também, né? É só incluir na produção uma blusa justinha de e um lenço no pescoço, ou até uma turtleneck. Como eu sou fã do estilo setentinha, escolhi combinar a minha t-shirt tie dye dos Rolling Stones – que também sou muito fã! – com uma blusa na mesma cartela de cores, calça flare e o tênis que não sai dos meus pés e também é super 70’s, o Cortez.”

“Essa dica é pra quem, assim como eu, tem dias em que quer ousar mesmo! Quem disse que a rasteirinha não pode participar das produções de inverno? Nesse look eu brinquei com tons de rosa e vermelho – combinação chic e que está super em alta – na escolha do suéter, lenço na cintura e rasteira. Aí inclui uma meia estilosa na produção, e acho que arrasei, né?”

“Se você também é louca pela sua bolsa de palha e já morre de medo de ter que deixá-la de lado porque o verão vai acabar um dia, pode ficar feliz. Ela pode – e deve! – estrelar muitos looks de inverno. A dica é criar produções mais sóbrias ou monocromáticas para um resultado chic sem esforço.”

“Sabe aquela bata beeeem curtinha que você usou de saída de praia o verão todo? Pois bem, que tal colocar as pernas pra jogo nos dias de inverno mais ameno? Uma boa ideia é contrapor o comprimento reduzido com um maxi cardigan longo e botas nos pés. Ah! Se você for do time das que quase morrem de frio, se joga na meia calça!”

“Se você ainda não tem acessórios do mar – aka búzios, conchas, pérolas e afins – saiba que eles não são exclusivos das produções de verão. Olha que chic que ficam todos juntos combinados a um bom chunky suéter!”

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Se você gosta de conforto – e consequentemente de um bom sneaker -, de muito estilo, de empoderamento feminino, ou de todas as opções anteriores, você está no lugar certo!

Ainda não entendeu a relação entre tudo isso? Calma que a gente te conta! A Nike teve a ótima ideia de montar um grupo de mulheres composto por uma designer, uma engenheira, uma desenvolvedora e uma gerente de produto para criar um produto novo que tem tudo a ver com a paixão em comum entre todas elas: tênis! E foi assim que nasceu a ideia do Air Max Dia – um par pensado exclusivamente por mulheres, para mulheres, com toda a comodidade, beleza, simplicidade e leveza que as mulheres precisam e merecem para o dia-a-dia!

Apesar de trazer a maior cápsula de ar em um modelo feminino do tênis clássico da marca, o Air Max Dia contou com um processo minucioso de criação para garantir todas as qualidades indispensáveis do solado Air, sem que o modelo ficasse excessivamente volumoso e, claro, sem deixar a elegância de lado.

Bom, como não conseguimos aguentar uma novidade tão incrível, já roubamos o par mais novo do pedaço pra comprovar: ele é realmente tudo isso e, de quebra ainda é super versátil e combina com praticamente todos os looks da rotina! Quer ver e garantir o seu? Vem com a gente:

A Manu aproveitou o par super empoderado e coordenou com um macacão rosa bem girlboss!

Já a Clau apostou em um look mais poderoso de vestido vermelho e provou a versatilidade do Air Max Dia.

O twist do resultado é incrível com a camiseta branca ultra curinga, calça pink à la office look e sneakers.

Como o próprio nome do tênis já diz, ele é ideal para o dia-a-dia – inclusive com cropped preto e mom jeans, o duo mais cool e prático possível!

É praticidade e conforto que você quer? Então combine um slipdress básico – porém nem tanto – com um acessório diferentex e o par! Simples, fácil e total estiloso.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

As passarelas dos desfiles de inverno 2019 masculino já anuciaram a estampa que vai dominar na próxima estação: a oncinha. Entre as grifes que apostaram na tendência estão Versace, Celine, MSGM e Marni. O brasileiro João Knorr teve até seu cabelo pintado de onça no desfile de Versace, atraindo todos os holofotes. Ele contou à Vogue que o pedido de estampar os fios foi feito pessoalmente pela própria Donatella.

Casacos longos, jaquetas e calças estampadas ou apenas com detalhes de onça que apareceram nas passarelas transitam facilmente para o guarda-roupa feminino, principalmente em tempos em que a moda genderless ganha cada vez mais adeptos – em Paris, inclusive, acaba de ser inaugurada uma concept store que foca no consumidor que procura roupas sem gênero.

A sugestão para aderir a tendência é fazer um mix de estampas, como na Versace em que o casaco foi combinado com calça de listra verticais P&B; já na Celine, a peça foi usada junto com cachecol de estampa pied de poule. A dica da MSGM para os menos ousados é sobrepor a peça de onça em uma de tom neutro.

 

Fonte: VOGUE

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Looks esportivos e funcionais, que remetem a um camping em clima glamoroso, invadem a moda – e são perfeitos para os dias de verão na serra ou na cidade

 

Em julho passado, Helena Barbero, buyer das grifes internacionais presentes na multimarcas NK Store, embarcou em uma road trippela Califórnia ao lado do noivo. O ponto alto da viagem foram as três noites em que o casal acampou em meio a um parque em Big Sur – experiência hoje conhecida como glamping, um camping em clima mais glamoroso. “Eram cabanas rústicas, mas superconfortáveis, equipadas com cama, lareira elétrica, mesa para piquenique. E, durante o dia, frequentávamos a piscina, o spa e os restaurantes do hotel do qual elas faziam parte, o Ventana”, conta.

Fundadora da NK Store, Natalie Klein Duek havia passado pela experiência no mês anterior, ao se hospedar com o marido, Tufi Duek, e os filhos no The Other Side, um glamping em North Eleuthera, nas Bahamas. “Você passeia de barco pela ilha durante o dia e, na volta, se depara com sua comida e livros favoritos. Apesar de serem charmosas e bem decoradas, as tendas não possuem blecaute, internet ou televisão. Você tem aquela sensação única de acampar em uma praia deserta. Me desconectei de verdade e meus filhos acharam o melhor ‘hotel’ do mundo!”, conta a empresária.

Na atual busca por um estilo de vida mais slow, que preza a conexão com a natureza para amenizar a velocidade da era digital, o glamping (união das palavras camping e glamour) surge como a viagem perfeita – tendas, yurtis e casas na árvore vêm equipados com quartos e banheiros completos. É possível acampar assim em plena Antártida (fundada pelo explorador Patrick Woodhead, a companhia White Desert oferece até passeios a bordo de jatos Gulfstream para explorar o Polo Sul durante a estadia), em uma savana africana ou no deserto de Marrocos. Na Tailândia, um hotel da rede Four Seasons instalado no Triângulo Dourado (região histórica que faz fronteira com Myanmar e Laos) reúne tendas (com direito a banheira de hidromassagem no deque) em meio a florestas de bambus.

E esse lifestyle vem se refletindo também na moda – alçando a protagonistas da vez peças de mood esportivo e funcional, no melhor estilo explorador. A tendência apareceu com força total no desfile do inverno 2018/19 da Prada: após ter resgatado as bolsas de náilon da grife, hit dos anos 90, Miuccia Prada levou à passarela looks completamente feitos do tecido que lembra barracas de camping. A apresentação marcou também o relançamento da Linea Rossa, a linha esportiva da Prada, que havia sido desativada em meados dos anos 2000. No retorno da label, a grife italiana abusou das evoluções tecnológicas pensadas para performances esportivas, mas em peças feitas para serem usadas em situações urbanas: tecidos regulam a temperatura do corpo por meio de nanotecnologia, e o náilon aparece envolvido em uma membrana finíssima que o torna antivento, impermeável e respirável.

Além do tecido tecnológico, jaquetas e coletes utilitários, puffer jackets e casacos de plástico que remetem a capas de chuva invadiram as passarelas de marcas como Balenciaga e Marni – em looks em sintonia com o athluxury. Até o tênis de trekking ganhou versão fashion: no inverno 2018/19 da Gucci, ele aparece decorado com tiras removíveis de cristais, como no modelo da foto.

Apesar do clima de fim de semana, a tendência faz bonito também no guarda-roupa urbano. Vale trocar o blazer por uma jaqueta de náilon, atualizar o ugly sneaker pela versão com cara de trilha e reviver a calça cargo.

Fonte : VOGUE

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

A estampa de cobra está para 2019 assim como o xadrez esteve para 2018. Direto dos maximalismos dos anos 80, o tem tudo para ser uma das preferidas do ano. O estilo das ruas  – que recentemente trouxe algumas outras tendências controversas como o retorno da bota cowboy e os chinelos de dedo – traz evidências de que a estampa de cobra vai aparecer no futuro próxima em seu guarda-roupa, seja num detalhe de acessório para as discretas ou numa maxicapa para quem não teme peças-statement.

Entre os mais diferentes tipos de produção, o print aparece em peças que garantem a solidez da tendência como botas de couro, mini saia, calças e vestidos de tecidos nobres e fluidos.

Navegar a tendência pode parecer complicado. Quem prefere testá-la em doses homeopáticas, o trunfo está no mix de tons terrosos comuns à maioria das reproduções de peles de cobra. Aproveite a sobriedade das cores e adicione o snake print ao look com acessórios como uma sandália, ankle boot ou bolsa.

Outra forma de adotar – dessa vez de forma mais impactante – é apostando na estampa de cobra como terceira-peça, em trench-coats, blazers ou capas. Vale também dar pitadas de cor com acessórios em pele de cobra mas com cor de fundo neon. Outra opção é combinar o print nos tons tradicionais com peças mais acesas. Inspire-se nas imagens a seguir e divirta-se.

 

Fonte: MARIE CLAIRE

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )
Página 1 de 1712345...10...Última »