Com milhares de seguidores nas redes sociais, Dina Torkia, Ascia Al-Faraj, Melanie Elturk e muitas outras jovens fashionistas fazem parte da nova onda de “hijabi bloggers” – muçulmanas que estão dando voz ao seu amor pela moda enquanto vestem seus véus. Siga!

img_0052

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Elas são jovens, muçulmanas, apaixonadas por moda e começam a ganhar espaço entre as típicas blogueiras fashion. Fazendo coro contra qualquer tipo de estereótipo, elas já somam milhares de seguidores nas redes e vêm inspirando cada vez mais mulheres ao redor do mundo. Conheça agora as “hijabi bloggers”!

dina-torkia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dina Torkia (@dinatokio)
“Eu entendo que se vestir de um jeito bacana é uma forma de representação de mim mesma e da minha religião”, contou Dina ao The Guardian. “Não entendo por que você não pode ser interessada em moda e ser muçulmana ao mesmo tempo. Quis mostrar para o mundo que você pode de vestir de um jeito incrível e ainda assim estar usando lenço.”

summeralbarcha

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Summer Albarcha (@summeralbarcha)
Albarcha ficou conhecida por conta do blog “Hipster Hijabis”. Como o próprio nome sugere, ela opta por usar o hijab. “Eu acredito que tenho tanto poder sobre as minhas escolhas de moda quanto uma pessoa que não é muçulmana. Já que tenho limitações em relação a algumas opções de roupa – como evitar usar shorts muito curtos -, estou aberta a trabalhar com a criatividade. Estou sempre pronta para novos desafios”, contou a blogueira de 19 anos à Marie Claire US. “Eu decidi usar o hijab por conta da minha criação. Estive sempre rodeada de mulheres muçulmanas incríveis, que nunca permitiram que os valores religiosos barrassem suas aspirações.”

amara.majeed

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Amara Majeed (@amara.majeed)
Aos 18 anos e fundadora do “The Hijab Project”, ela luta diariamente contra qualquer equívoco relacionado a mulheres que usam lenço. “Na verdade, eu uso hijab com propósito feminista. Eu vejo isso como um símbolo político e social”, conta. “De acordo com meu estilo, tento construir um olhar mais chique e elegante. Sou extremamente feminina, então você pode me ver usando vários vestidos floridos com saltos altíssimos, além disso uso jeans skinny com absolutamente qualquer coisa. Quanto aos lenços, prefiro os de cores sólidas e mais volumosos.”

ascia_akf

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ascia Al-Faraj (@ascia_akf)
Ela começou o blog “The Hybrids” há três anos, frustrada com a escassez de rostos muçulmanos na blogosfera, e já soma mais de um milhão de seguidores no Instagram. “Eu sigo várias blogueiras de moda, mas nenhuma entende o que é ser uma mulher muçulmana”, disse à Marie Claire australiana. Para Al-Faraj, representar a comunicação da sua fé com seu amor por moda sempre foi o seu foco. “Sempre me vesti de uma forma modesta. Amo roupa e amo minha religião. Acho que existe uma ligação entre elas.”

thehijabstylist

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Zulfiye Tufa (@thehijabstylist)
Dona dos perfis “The Hijab Stylist”, Tufa defende a ideia de moda e islamismo podem andar juntos. “Tudo depende da maneira como você define a moda. Hoje, a indústria fashion em sua maioria promove a imagem de uma mulher sexy. Eu não sigo a maneira estereotipada da moda, porque não gosto da maneira como ela objetifica as mulheres.Em vez disso, a uso como um meio de expressar minhas crenças internas”, disse The Sydney Morning Herald.

hautehijab

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Melanie Elturk (@hautehijab)
Inspirada na moda ocidental dos anos 40 e 50, Elturk é o rosto por trás do “Haute Hijab”, o primeiro blog criado no mundo sobre moda para muçulmanas.

thegirlbeneaththeheadscarf

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Wiwid Howart (@thegirlbeneaththeheadscarf)
“Usar o hijab e ainda assim conseguir se vestir de maneira estilosa é muito libertador”, declarou à Marie Claire australiana. “Meu estilo se resume em uma mistura de moderno e indonésio. Adoro experimentar com os lanços para criar estilos diferentes, mas também adoro acrescentar chapéus de abas largas ou coroa de flores. Gosto de combinar peças ocidentais com cores chocantes, influenciada pela minha herança indonésia”, acrescentou em entrevista ao The Sydney Morning Herald.

Fonte: Marie Claire

 

Tags: , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Peças com bom caimento valorizam o corpo e simplificam a tarefa de se vestir pela manhã. Aposte em tons neutros fuja do excesso de detalhes.

branco Tudo o que a mulher moderna do século 21 não precisa é de mais problemas para se preocupar. Ela já enfrenta o mercado de trabalho, muitas vezes com salários injustamente menores do que dos homens, e precisa dar conta da família, especialmente aquelas com filhos.

Vestir-se bem, portanto, precisa ser um hábito rápido e prático para facilitar o dia a dia. O estilo minimalista surge neste contexto como uma das melhores opções para a rotina da mulher que quer estar elegante, mas não abre mão do conforto.

As peças minimalistas, que ganharam as passarelas recentemente, fogem do excesso de detalhes ao mesmo tempo em que valoriza o caimento, elemento crucial na hora das compras.

A coleção primavera verão da grife Hien Le trouxe, na semana de moda da Alemanha, transparências e peças em tons pastel, apontando para a tendência minimalista.

macacao1 Para o ambiente formal de trabalho, o macacão e a calça social, aliados à camisa branca, são  aposta certeira. As peças são clássicas são simples de usar, não saem de moda e deixa o visual elegante.

gola_ruleJá as mulheres que preferem o estilo ladylike podem apostar nas saias. Elas são práticas e ficam bem em mulheres com qualquer formato de corpo. Para se aquecer nos dias mais frios, use blusa com gola rulê.

Fonte: Marie Claire

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Item must-have no guarda-roupa das mulheres, a camiseta é uma das peças mais versáteis e fáceis de combinar. Seja lisa, estampada ou com frase, ela pode ser usada no dia a dia, em produções mais simples e confortáveis, até uma superfesta à noite, num visual mais sofisticado. Aprenda como!

2_3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DIA A DIA
Para eventos que não pedem um traje específico, como uma reunião com amigos ou um almoço à tarde, use a camiseta com peças despojadas para um look confortável, como uma calça jeans ou por baixo do macacão jeans – que está super em alta. Para montar um visual mais cool, aposte numa t-shirt estampada ou com frase com um jeans destroyed, como na foto acima. Nos pés, vá de sapato flat ou botas de cano e salto baixo. T-shirt cinza Gala Basic Wear, R$ 99 e T-shirt estampada Le Lis Blanc, R$ 199, no OQ Vestir.

4_2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TRABALHO
Prefira t-shirts lisas e de tons neutros combinadas com peças que transmitem seriedade, como um blazer. O visual monocromático, usado por Anne Hathaway na foto acima, está em alta e é uma boa opção para o trabalho. Se quiser deixar o look mais feminino, aposte na saia lápis, também com um tom neutro ou mais fechado. Se o seu trabalho permiitar, você até pode usar uma camiseta com estampa ou frase, mas sem exageros! T-shirt branca MOB, R$ 69; Blazer Off White Le Lis Blanc, R$ 799 e saia lápis Andrea Marques, R$ 259, no OQVestir.

3_3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BALADA
Para uma festa mais informal à noite a pedida é colocar um toque glamuroso no visual. Escolha uma peça para ser o destaque do look, como saia ou short bordado com paetês, e combine com uma t-shirt básica. Se for mais ousada, pode escolher uma camiseta com frase ou estampada, como fez a blogueira Thássia Naves, e deixar o visual ainda mais cool. Comple o visual com sapatos ou sandálias de salto alto e arrase! T-shit Animale, R$ 117 e Escarpins Schutz, R$ 340, no OQ Vestir; Saia Colcci, R$ 199,99, na Dafiti.

1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FESTA CHIQUE
Numa festa chique, como um casamento ou jantar, o visual precisa ser mais chique. Para isso, você deve usar peças mais requintadas: uma saia longa com uma t-shirt básica é uma boa opção. Neste caso, esqueça as camisetas com frases e estampadas. Incremente o visual com acessórios e dê o toque final com um make de impacto e penteado . T-shirt Costume, R$ 169; Saia longa Market 33, R$ 139 e Sandálias Schutz, R$ 224, no OQ Vestir.

 

Fonte: Marie Claire

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

jardim-de-inverno

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dica fashionista: o vestido de verão estampado com print boho ou floral campestre ganha ares de inverno se usado sobre malhas de gola alta e mangas longas.

Fonte: VOGUE

 

 

 

Tags: , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Feita de couro ou camurça de uma só cor, a sandália meia-pata com salto quadrado confere um providencial clima 70’s a qualquer produção.

boxxo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Procurando uma maneira de atualizar looks sóbrios ou minimalistas demais? Aposte na plataforma.

Com salto meia-pata de madeira, veludo ou camurça, as sandálias de perfume 70s são atuais e sexy na medida certa. Do conjunto de alfaiataria à combinação jeans e t-shirt podrinha, não há look que fique boring com o uso das sandálias de plataforma. Escolha a sua!

Fonte: VOGUE

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags: , , , ,

Comments ( 0 )

pf5

 

 

 

 

Fendi, Diane Von Furstenberg e Dior (Foto: Thinkstock e Divulgação)

O AZUL CERTO

O tom azul do denim transcende o universo do jeanswear e tinge da renda ao couro. Invista também em acessórios e bijoux com a nuance da vez, como fizeram Fendi, Diane Von Furstenberg e Dior.

saia

 

 
Kenzo, Givenchy, Alexander Wang, Emilio Pucci, Lanvin e Alberta Ferretti (Foto: Thinkstock e Divulgação)

ATÉ O CHÃO

A saia longa ganha versões mais casuais, tendo como principal aliado diurno o tricô. Descer do salto é pré-requisito para subverter o ar festivo que a peça geralmente imprime: combine com mocassins masculinos de solado tratorado.

ferr

Gucci, Louis Vuitton, Bottega Veneta, Tory Burch, Lanvin, Gucci (Foto: Thinkstock e Divulgação)

 

ENFERRUJOU

O vermelho da temporada passada assume nuance ferrugem, tom naturalmente mais esportivo que a versão sangue. Encare-o como um neutro e abuse da cor em produções diurnas como fizeram Gucci, Louis Vuitton, Bottega Veneta, Tory Burch, Lanvin e Gucci.

Fonte: VOGUE

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )
Um guia para adotar já as ideias quentes (e em sintonia com o inverno brasileiro) das coleções do pre-fall internacional, que desembarcam por aqui a partir deste mês.

pf1

JARDIM NOTURNO

O print floral perde o ar ingênuo e ganha alma dark, quase gótica, ao aparecer com fundo negro e em peças dramáticas, de visível vocação noturna. Dentre os nomes que apostaram na estampa reciclada estão Lanvin, Givenchy, Balmain e Giambattista Valli.

pppf88

ELITE DA TROPA

Tendência-chave do verão internacional, o militar não vai dar trégua no pre-fall e segue em sua encarnação ultrassofisticada, desta vez na companhia de coletes acolchoados e peles, como mostraram Altuzarra, Marni, Giamba, Alexander Wang, Proenza Schouler, Marni e Kenzo.

pf88

BOLA DENTRO

Outra influência militar, os botões laterais – herança dos uniformes dos marinheiros – decoram com elegância tanto calças pantalonas quanto casacões, aposta feita por labels como Balmain e Chloé. (VÍVIAN SOTOCÓRNO)

 

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

img_3114

A Riachuelo escolheu o Marrocos, país onde desembarcou nos últmos dias com uma equipe poderosa, como cenário para sua campanha de verão 2016, que começou a ser fotografada por Bob Wolfenson neste domingo (07.06).

Com beleza assinada por Daniel Hernandez, os cliques são estrelado por poderoso trio de tops, composto por Dani Braga, Luana Teifke e Thairine Garcia. Confira ao longo da página os bastidores do shooting com exclusividade.

img_3111 img_3112 img_3113 img_3115 img_3116 img_3117

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

fas2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mariah Bernardes, Mariana Cassou, Peony Lim e Helena Bordon: das frutas tipicamente nacionais ao grafismo do calçadão de Ipanema, os prints da Isolda viraram sinônimo de moda brasileira no street style das semanas de moda internacionais (Foto: Leo Faria, Tiago Petrik, Ana Garmendia, Tim Regas e Divulgação)

Conheça a seguir as quatro grifes brasileiras que caíram no gosto das fashionistas que são figurinha fácil nos cliques de street style.

ISOLDA
Lançada em 2011, desde a primeira coleção a Isolda caiu no gosto das street-setters por suas estampas que fisgam as lentes instantaneamente. Hoje, as “isoldetes” já começam a usar os lançamentos seis meses antes de chegarem às lojas, assim que são apresentados no tradicional showroom que a grife arma a cada estação em Paris, aumentando ainda mais o desejo em torno da marca.

fas1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Luiza Sobral, Amanda Cassou, Joana Nolasco e Gisela Pecego: fundada há mais de duas décadas, a grife mineira cria um tricô sem um pingo de caretice, que mistura shapes femininos e estampas gráficas supercoloridas (Foto: Leo Faria, Tiago Petrik, Ana Garmendia, Tim Regas e Divulgação)

COVEN
A cada vez que Joana Nolasco, coordenadora de estilo e neta da fundadora da carioca Via Flores, aparece vestindo um look da grife mineira de tricô Coven no Instagram da multimarcas, o telefone da loja não para. A Via Flores representa a Coven no Rio há 14 anos, mas, há dois, viu a grife virar sucesso de street style e as vendas subirem 40%. “A marca ganhou visibilidade graças às redes sociais”, atesta Joana, fã declarada da Coven.

fas4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nicole Pinheiro, Mariah Bernardes, Helena Lunardeli e Camila Coelho: a marca paulistana Tigresse aposta em um estilo boho, com peças de franjas e camurça, e prints com forte perfume 70’s, para serem usados coordenados (Foto: Leo Faria, Tiago Petrik, Ana Garmendia, Tim Regas e Divulgação)

TIGRESSE
Desde que foi criada, há sete anos, a Tigresse caiu no gosto de bloggers e fashionistas graças ao estilo superestampado, sempre com forte perfume 70’s, independentemente da tendência da vez. Nesta temporada, a marca abriu o leque para modelos lisos de couro e camurça, com franjas, cintura alta e bocas larguíssimas – que também saem muito bem na foto. Mas os animal prints – nada literais – e as padronagens gráficas continuam correspondendo a 80% das coleções e são ótimos para serem misturados, criando um visual impactante.

fas3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Silvia Braz, Thássia Naves, Chiara Ferragani e Luciana Tranchesi: o hit da grife Skazi são as calças bandage como a usada à direita por Luciana Tranchesi. A marca mineira ainda aposta em vestidos de tricô estampados e superfemininos (Foto: Leo Faria, Tiago Petrik, Ana Garmendia, Tim Regas e Divulgação)

SKAZI
A marca mineira que nasceu fazendo tricô já tem 21 anos de vida, mas foi há apenas três, após se unir a blogueiras como Thássia Naves e Lala Rudge, que viu seu nome e suas vendas deslancharem Brasil afora. Só a primeira peça usada por Thássia, uma calça bandage listrada, vendeu 2.500 unidades, em 2012. Depois da “parceria” remunerada, a Skazi de fato entrou para o closet de outras fashionistas espontaneamente. Hoje, são mais de 500 pontos de venda em multimarcas como a Dona Santa, em Recife, e a Magrella, em Brasília. (VÍVIAN SOTOCÓRNO).

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )
Fazendo um contraponto à onipresente tendência 70’s, o tom ganhou destaque em todas as capitais da moda e é aposta certeira. Fuja do básico e crie looks incríveis usando apenas preto.

look-preto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DONNA KARAN, HERCHCOVITCH;ALEXANDRE, FENDI E ELIE SAAB (Foto: Imaxtree)

Favorito dos fashionistas, o visual 100% black – que costuma reinar absoluto entre as editoras de moda – desta vez dominou também as passarelas.  Fendi, Herchcovitch;Alexandre, Elie Saab e Donna Karan provaram que a o investimento é super válido.

Mas não foi só nas roupas que o tom deu as caras. Ele aparece com tudo também nos lábios e nos olhos como recurso certeiro para um visual dark com apelo dramático.

E ao contrário do adjetivo que o vestido preto costuma carregar, um visual preto total nem sempre é básico. Do passeio à festa, ele se adapta e pode favorecer tanto visuais casuais, quanto os mais luxuosos.

No dia a dia, a camiseta aliada ao jeans skinny e tênis funcionam muito bem. Já para os eventos mais formais, o ideal é investir em vestidos rendados, que brinquem com transparência e valorizem contraste de texturas com a elegância que a cor é capaz de transmitir. Nos pés, das botas às sandálias, passando pelo tênis, o preto dá o tom.

Para completar, não hesite em investir no make mais fechado…

make-preto-1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

INSPIRE-SE NA BELEZA DO ÚLTIMO DESFILE DE ELIE SAAB E APOSTE NO OLHO PRETO (Foto: Imaxtree)

CLIMA DARK
A temporada trouxe de volta batons bem escuros, quase pretos. Nos olhos, o esfumado tradicional ganha versões distintas com traços duplos ou formato arredondado.

As inspirações vêm direto da passarela de Emanuel Ungaro e Elie Saab.

make-preto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1.SOMBRA EYE COLOUR, COFFEE GROUND, LAURA MERCIER, R$ 69; 2. DELINEADOR, O BOTICÁRIO, R$ 40; 3. BATOM CYBER, M.A.C, R$ 66 (Foto: Imaxtree/Divulgação)

 

Fonte: Marie Claire

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )
Página 20 de 63« Primeira...10...1819202122...304050...Última »