O tênis de cano alto, sucesso dos anos 1980, está de volta. Os primeiros modelos surgiram nas quadras de basquete norte-americanas e caíram rapidamente no gosto de jovens, atletas ou não. Confira abaixo as releituras atuais que cinco marcas propõem para o calçado:
Em uma recente parceria com a Liberty, marca londrina especializada em estampas florais, a Nike lançou um tênis feminino de cano alto. Com pelo menos quatro diferentes composições de flores em harmonia, o azul predomina no modelo, presente no símbolo lateral, no cadarço e em uma etiqueta da lingueta.
Com aspecto mais urbano e moderno, o novo modelo Puma é uma releitura do “Sky I”, lançado exatamente em 1980. Além de um degradê na lateral e do solado bicolor, o calçado conta com dois velcros, dispostos ao longo do cano.
Sem cadarços, o tênis Reebok ganhou sete velcros do cano até o bico. A estampa repleta de ursinhos e nuvens, usando somente variações das cores primárias, deixou o visual divertido e com ares infantis.
Indo de uma estampa infantil de ursos para uma discreta padronagem réptil, chegamos ao novo modelo da Vans. Em preto e branco, o calçado segue o formato característico da marca, mas diferencia-se por três costuras horizontais ao longo do cano alto.
A Lacoste, que arrisca passos maiores no segmento de calçados e vai triplicar investimentos na área em 2010, também aposta no formato alongado para o cano. A versão em laranja, prata e branco é um dos três calçados que compõe a linha futurística da marca, inspirada nos astronautas e nas grandes naves espaciais.

O tênis de cano alto, sucesso dos anos 1980, está de volta. Os primeiros modelos surgiram nas quadras de basquete norte-americanas e caíram rapidamente no gosto de jovens, atletas ou não. Confira abaixo as releituras atuais que cinco marcas propõem para o calçado:

tenis-cano-alto-nike

Em uma recente parceria com a Liberty, marca londrina especializada em estampas florais, a Nike lançou um tênis feminino de cano alto. Com pelo menos quatro diferentes composições de flores em harmonia, o azul predomina no modelo, presente no símbolo lateral, no cadarço e em uma etiqueta da lingueta.

tenis-cano-alto-puma

Com aspecto mais urbano e moderno, o novo modelo Puma é uma releitura do “Sky I”, lançado exatamente em 1980. Além de um degradê na lateral e do solado bicolor, o calçado conta com dois velcros, dispostos ao longo do cano.

tenis-cano-alto-rebook

Sem cadarços, o tênis Reebok ganhou sete velcros do cano até o bico. A estampa repleta de ursinhos e nuvens, usando somente variações das cores primárias, deixou o visual divertido e com ares infantis.

tenis-cano-alto-vans

Indo de uma estampa infantil de ursos para uma discreta padronagem réptil, chegamos ao novo modelo da Vans. Em preto e branco, o calçado segue o formato característico da marca, mas diferencia-se por três costuras horizontais ao longo do cano alto.

tenis-cano-alto-lacoste

A Lacoste, que arrisca passos maiores no segmento de calçados e vai triplicar investimentos na área em 2010, também aposta no formato alongado para o cano. A versão em laranja, prata e branco é um dos três calçados que compõe a linha futurística da marca, inspirada nos astronautas e nas grandes naves espaciais.

Tags: , , , , ,

Comments ( 21 )

Programa que busca novo estagiário para o departamento de estilo
da mais importante publicação teen do país estreia no dia 9 de setembro, às 21h
Entre looks modernos e descolados, o que se passa no cobiçado acervo de figurinos dos editoriais de moda de uma das maiores revistas do Brasil? Quem são as pessoas que montam os visuais das famosas, das modelos e das leitoras, em páginas que determinam tendências que vão para as ruas? A partir do dia 9 de setembro, às 21h, os espectadores do canal Boomerang serão convidados a descobrir. Este é o grande atrativo de TEMPORADA DE MODA CAPRICHO, um docu-reality no qual 20 estudantes de moda competirão por um estágio de seis meses no departamento de estilo da revista Capricho, da Editora Abril. Serão 13 episódios com uma hora de duração cada, gravados na cidade de São Paulo, co-produzidos pelo Boomerang e pela revista Capricho, com realização da Primo Filmes.
Apresentado pela editora criativa da Capricho, Adriana Yoshida, TEMPORADA DE MODA CAPRICHO recrutou seus participantes nas principais faculdades de moda da capital paulistana. A cada capítulo do programa, eles terão tarefas a realizar, sejam elas glamurosas ou ingratas, como produzir um visual com orçamento bem limitado, desenvolver um look partindo dos sapatos ou inspirando-se em filmes retratando décadas passadas. O resultado das provas será julgado por um corpo de jurados formado por representantes da revista e convidados e, ao final de cada episódio, um participante será eliminado. Como a revista é quinzenal, as produções feitas pelos participantes se tornarão o editorial da revista numa semana e, na semana seguinte, serão publicadas no site. Ou seja: veremos eles produzindo na quarta à noite o que estará de fato nas bancas e/ou na internet na quinta-feira.
Compartilhando suas experiências com os participantes ao longo dos episódios, diversas figuras carimbadas do universo da moda vão desfilar pelo cenário da atração. Entre os convidados, estão as jornalistas de moda Alexandra Farah e Alessandra Garattoni, a estilista e blogueira Thais Losso, a editora-chefe da Fashion TV Brasil, Maria Prata, as consultoras de moda Ana Cury, Cris Francine e Paula Martins, o hair stylist Evandro Ângelo, o historiador de moda João Braga, os stylists Luis Fiod, Rodrigo Pollack, Marcio Banfi e Dani Bonani e os fotógrafos Henrique Gendre, Feco Hamburger, Ivan Abujamra e Paulo Cabral.
No programa de estreia, dia 9, o público conhecerá todos os lances do processo de seleção, indo das primeiras visitas às universidades à última etapa na qual foram escolhidos os primeiros 20 finalistas. As produções feitas ao longo do programa estarão nas páginas da revista e também no site oficial do TEMPORADA DE MODA CAPRICHO, no endereço www.temporadademoda.com.br, que trará ainda tomadas de bastidores e vídeo-blogs dos candidatos, entre outras atrações.
Para mais informações, acesse o press kit eletrônico do programa: http://www.boomerangla.com/capricho/

temporada-de-moda-capricho-boomerang

Programa que busca novo estagiário para o departamento de estilo

da mais importante publicação teen do país estreia no dia 9 de setembro, às 21h

Entre looks modernos e descolados, o que se passa no cobiçado acervo de figurinos dos editoriais de moda de uma das maiores revistas do Brasil? Quem são as pessoas que montam os visuais das famosas, das modelos e das leitoras, em páginas que determinam tendências que vão para as ruas? A partir do dia 9 de setembro, às 21h, os espectadores do canal Boomerang serão convidados a descobrir. Este é o grande atrativo de TEMPORADA DE MODA CAPRICHO, um docu-reality no qual 20 estudantes de moda competirão por um estágio de seis meses no departamento de estilo da revista Capricho, da Editora Abril. Serão 13 episódios com uma hora de duração cada, gravados na cidade de São Paulo, co-produzidos pelo Boomerang e pela revista Capricho, com realização da Primo Filmes.

Apresentado pela editora criativa da Capricho, Adriana Yoshida, TEMPORADA DE MODA CAPRICHO recrutou seus participantes nas principais faculdades de moda da capital paulistana. A cada capítulo do programa, eles terão tarefas a realizar, sejam elas glamurosas ou ingratas, como produzir um visual com orçamento bem limitado, desenvolver um look partindo dos sapatos ou inspirando-se em filmes retratando décadas passadas. O resultado das provas será julgado por um corpo de jurados formado por representantes da revista e convidados e, ao final de cada episódio, um participante será eliminado. Como a revista é quinzenal, as produções feitas pelos participantes se tornarão o editorial da revista numa semana e, na semana seguinte, serão publicadas no site. Ou seja: veremos eles produzindo na quarta à noite o que estará de fato nas bancas e/ou na internet na quinta-feira.

Compartilhando suas experiências com os participantes ao longo dos episódios, diversas figuras carimbadas do universo da moda vão desfilar pelo cenário da atração. Entre os convidados, estão as jornalistas de moda Alexandra Farah e Alessandra Garattoni, a estilista e blogueira Thais Losso, a editora-chefe da Fashion TV Brasil, Maria Prata, as consultoras de moda Ana Cury, Cris Francine e Paula Martins, o hair stylist Evandro Ângelo, o historiador de moda João Braga, os stylists Luis Fiod, Rodrigo Pollack, Marcio Banfi e Dani Bonani e os fotógrafos Henrique Gendre, Feco Hamburger, Ivan Abujamra e Paulo Cabral.

No programa de estreia, dia 9, o público conhecerá todos os lances do processo de seleção, indo das primeiras visitas às universidades à última etapa na qual foram escolhidos os primeiros 20 finalistas. As produções feitas ao longo do programa estarão nas páginas da revista e também no site oficial do TEMPORADA DE MODA CAPRICHO, no endereço www.temporadademoda.com.br, que trará ainda tomadas de bastidores e vídeo-blogs dos candidatos, entre outras atrações.

Para mais informações, acesse o press kit eletrônico do programa: http://www.boomerangla.com/capricho/

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 8 )
A gente adora moda. E a gente adora, mais ainda, séries de TV  que lançam moda. É por isso que elegemos um top 5 com os personagens mais elegantes, estilosos, hypes e cool do mundo dos seriados.
O primeiríssimo lugar vai para Carrie Bradshaw, de ‘Sex & The City’, que lançou a moda dos vestidos armados e acinturados. Nossa amada escritora nova-iorquina era tão compulsiva por moda, que gastava todo o seu salário nos caríssimos sapatos de Manolo Blahnik.
A medalha de prata vai para a série que dá show de moda: ‘Gossip Girl’. Os adolescente riquíssimos do Upper East Side, de Nova York, parecem viver em um desfile de moda diário. Todo o elenco da série é super bem vestido. Blair e Serena nunca repetem roupa e lançaram moda da meia-calça colorida. Decotes e roupas curtinhas também são muito bem-vindos.
E não são só as mulheres que dão show. Chuck, por exemplo, é um adolescente vestido de lorde inglês. Os ternos, coletes e gravatas são um luxo só.
O terceiro lugar vai para elas, que provaram que dona-de-casa não tem que passar o dia de avental e com farinha no cabelo. Elas são mães, esposas, fazem faxina e comida e, ainda assim, estão sempre lindíssimas. A série ‘Desperate Housewives’ provou que dá, sim, para envelhecer com saúde e muito luxo.
Marissa, de ‘The O.C.’, deixou muita saudade ao morrer na terceira temporada da série. Não só pela personagem, queridíssima entre ou fãs, ou por causa do romance com Ryan, ou pelas cenas quentíssimas de quando resolveu namorar uma menina. Marissa lançou moda. Era uma delícia ver suas roupinhas à moda californiana. Vestidos soltinhos e descolados era a preferência no guarda-roupa da personagem.
Em último lugar, mas não menos fashion, está Rachel Green. A musa de ‘Friends’ tinha o sonho de trabalhar com moda. E conseguiu. O amor da vida de Ross arrumou um emprego na Ralph Lauren, que inclusive fez uma participação especial e divertidíssima na série.

A gente adora moda. E a gente adora, mais ainda, séries de TV que lançam moda. É por isso que elegemos um top 5 com os personagens mais elegantes, estilosos, hypes e cool do mundo dos seriados.

carrie-bradshaw-sex-and -the-city

O primeiríssimo lugar vai para Carrie Bradshaw, de ‘Sex & The City’, que lançou a moda dos vestidos armados e acinturados. Nossa amada escritora nova-iorquina era tão compulsiva por moda, que gastava todo o seu salário nos caríssimos sapatos de Manolo Blahnik.

gossip-girl

A medalha de prata vai para a série que dá show de moda: ‘Gossip Girl’. Os adolescente riquíssimos do Upper East Side, de Nova York, parecem viver em um desfile de moda diário. Todo o elenco da série é super bem vestido. Blair e Serena nunca repetem roupa e lançaram moda da meia-calça colorida. Decotes e roupas curtinhas também são muito bem-vindos.

E não são só as mulheres que dão show. Chuck, por exemplo, é um adolescente vestido de lorde inglês. Os ternos, coletes e gravatas são um luxo só.

desperate-housewives

O terceiro lugar vai para elas, que provaram que dona-de-casa não tem que passar o dia de avental e com farinha no cabelo. Elas são mães, esposas, fazem faxina e comida e, ainda assim, estão sempre lindíssimas. A série ‘Desperate Housewives’ provou que dá, sim, para envelhecer com saúde e muito luxo.

marissa-the-oc

Marissa, de ‘The O.C.’, deixou muita saudade ao morrer na terceira temporada da série. Não só pela personagem, queridíssima entre ou fãs, ou por causa do romance com Ryan, ou pelas cenas quentíssimas de quando resolveu namorar uma menina. Marissa lançou moda. Era uma delícia ver suas roupinhas à moda californiana. Vestidos soltinhos e descolados era a preferência no guarda-roupa da personagem.

rachel-green-friends

Em último lugar, mas não menos fashion, está Rachel Green. A musa de ‘Friends’ tinha o sonho de trabalhar com moda. E conseguiu. O amor da vida de Ross arrumou um emprego na Ralph Lauren, que inclusive fez uma participação especial e divertidíssima na série.

fonte:www.tanavitrinetanacea.com.br

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 1 )
Marcas internacionais apostam em padronagens incomuns e cores fortes
Se neste inverno brasileiro as meias-calças já receberam atenção especial, para as próximas temporadas elas prometem ter destaque total nos looks. Pelo menos, é o que têm sido mostrado nos últimos lançamentos internacionais.
No início de julho, já havíamos divulgado a marca argentina MEDIASTINTAS, especializada em peças com estampas que imitam tatuagens e pinturas.
Mais recentemente, quem apresentou uma linha de meias-calças bem incomuns foi a marca Pretty Polly, em parceria com o estilista inglês Henry Holland, que tem Agyness Deyn como musa. As peças vêm com desenhos mais localizados, mas com um toque de descontração. Destaque para o modelo que imita uma cinta-liga. Além de preto, estão disponíveis em fúcsia, lilás e turquesa.
Também entram nesse conceito as meias da marca Pamela Mann, que há pouco tempo expôs seus lançamentos para o verão 2011 na feira londrina Pure*. Histórias em quadrinhos, estampas geométricas e um toque pop art dão o tom das peças, que vêm em cores muito vibrantes. Algumas ainda apresentam detalhes de rasgados e brilhos.

Marcas internacionais apostam em padronagens incomuns e cores fortes

Se neste inverno brasileiro as meias-calças já receberam atenção especial, para as próximas temporadas elas prometem ter destaque total nos looks. Pelo menos, é o que têm sido mostrado nos últimos lançamentos internacionais.

No início de julho, já havíamos divulgado a marca argentina MEDIASTINTAS, especializada em peças com estampas que imitam tatuagens e pinturas.

MEDIASTINTAS-meias calça-popMEDIASTINTAS-meias calças

Mais recentemente, quem apresentou uma linha de meias-calças bem incomuns foi a marca Pretty Polly, em parceria com o estilista inglês Henry Holland, que tem Agyness Deyn como musa. As peças vêm com desenhos mais localizados, mas com um toque de descontração. Destaque para o modelo que imita uma cinta-liga. Além de preto, estão disponíveis em fúcsia, lilás e turquesa.

Pretty Polly-meia calçaPretty Polly-meia calça-cinta liga

Pretty Polly-meias calçaMarcas internacionais apostam em padronagens incomuns e cores fortes

Também entram nesse conceito as meias da marca Pamela Mann, que há pouco tempo expôs seus lançamentos para o verão 2011 na feira londrina Pure*. Histórias em quadrinhos, estampas geométricas e um toque pop art dão o tom das peças, que vêm em cores muito vibrantes. Algumas ainda apresentam detalhes de rasgados e brilhos.

Pamela Mann-meia calça

Pamela Mann-meias calças

fonte: www.usefashion.com.br

Tags: , , , , , , ,

Comments ( 5 )
Não precisa ficar com vergonha se você não souber nada.
O termo Alta-Costura (Haute Couture, do original, em francês) é usado para se referir aos desfiles cujas peças são produzidas manualmente. Isso mesmo. Nada de produção em máquinas ou fábricas.
É quando o estilista cria uma peça da maneira mais primitiva possível: mão, linha e agulha.
O estilista se torna um artista, praticamente um artesão. É a maior oportunidade que ele tem de expressar sua criatividade. Mostrar tecidos, bordados, cores. E, sutilmente, o que pode virar tendência com adaptações, é claro.
Há quem critique o distanciamento criado pelas coleções de alta-costura com o que está nas lojas. Mas a beleza é exatamente essa. Nada do que é produzido neste tipo de desfile tem pretensão de chegar às lojas.
As roupas são espécies de obras de arte e seus compradores são colecionadores. Quem adquire um vestido desses, por exemplo, expõe como se fosse um quadro. É o mesmo tipo de mercado. Os compradores são, geralmente, milionários apaixonados por moda.
Infelizmente, há alguns anos, este mercado entrou em decadência. A crise financeira afastou os principais compradores, já que se tratam de artigos de luxo. Algumas marcas, inclusive, já desistiram deste negócio.

Não precisa ficar com vergonha se você não souber nada.

O termo Alta-Costura (Haute Couture, do original, em francês) é usado para se referir aos desfiles cujas peças são produzidas manualmente. Isso mesmo. Nada de produção em máquinas ou fábricas.

É quando o estilista cria uma peça da maneira mais primitiva possível: mão, linha e agulha.

O estilista se torna um artista, praticamente um artesão. É a maior oportunidade que ele tem de expressar sua criatividade. Mostrar tecidos, bordados, cores. E, sutilmente, o que pode virar tendência com adaptações, é claro.

Há quem critique o distanciamento criado pelas coleções de alta-costura com o que está nas lojas. Mas a beleza é exatamente essa. Nada do que é produzido neste tipo de desfile tem pretensão de chegar às lojas.

As roupas são espécies de obras de arte e seus compradores são colecionadores. Quem adquire um vestido desses, por exemplo, expõe como se fosse um quadro. É o mesmo tipo de mercado. Os compradores são, geralmente, milionários apaixonados por moda.

Infelizmente, há alguns anos, este mercado entrou em decadência. A crise financeira afastou os principais compradores, já que se tratam de artigos de luxo. Algumas marcas, inclusive, já desistiram deste negócio.

armani-alta costurachanel-alta costurachristian dior-alta costuraJean paul gaultier-alta costura
yves saint laurent-alta costurafonte: www.tanavitrinetanacea.com.br

Tags: , , , ,

Comments ( 0 )

Interpretada por Maria Flor, personagem mistura cores e estampas

Depois do especial de fim de ano exibido na TV Globo em 30 de dezembro de 2008, “Aline” ganha as telas novamente a partir de outubro. A série é baseada na personagem homônima dos quadrinhos de Adão Iturrusgarai, que vive junto de seus dois namorados e usa roupas bem diferentes.
Interpretada por Maria Flor, a Aline da televisão é mais fashion do que a dos quadrinhos e tem um toque de rock em tudo que usa. O figurinista Cão Albuquerque, que foi responsável pelo especial de fim de ano, afirmou na época que Aline mistura peças modernas com roupas antigas, de brechós: “Ela tem referências no rock e nas pin ups, tudo com muita cor, traduzindo o espírito irreverente e criativo da personagem”.
Já a atual equipe de figurino do programa garante que Aline tem um toque do universo underground. São modelos retrô, muitas peças com estampas diferentes, como casaquinhos em animal print, meias coloridas e itens em couro. Destaque também para as lingeries. Os modelos escolhidos fogem dos tradicionais e são bem coloridos, em poá ou xadrez.
Sobre as semelhanças com a personagem, Maria Flor diz que não são muitas. “Ela é bem elétrica e, às vezes, eu sou assim também. Mas a relação com os namorados não! Eu não conseguiria namorar dois ao mesmo tempo. Não dá!”, afirma a atriz.
O seriado tem estreia marcada para o dia 1º de outubro, logo após “A Grande Família”. Além de Maria Flor, Bernardo Marinho, Pedro Neschling, Daniel Dantas e Malu Galli, entre outros, fazem parte do elenco.

Depois do especial de fim de ano exibido na TV Globo em 30 de dezembro de 2008, “Aline” ganha as telas novamente a partir de outubro. A série é baseada na personagem homônima dos quadrinhos de Adão Iturrusgarai, que vive junto de seus dois namorados e usa roupas bem diferentes.

Interpretada por Maria Flor, a Aline da televisão é mais fashion do que a dos quadrinhos e tem um toque de rock em tudo que usa. O figurinista Cão Albuquerque, que foi responsável pelo especial de fim de ano, afirmou na maria-flor-minissérie-aline-globoépoca que Aline mistura peças modernas com roupas antigas, de brechós: “Ela tem referências no rock e nas pin ups, tudo com muita cor, traduzindo o espírito irreverente e criativo da personagem”.

maria-flor-minisserie-globo-alineJá a atual equipe de figurino do programa garante que Aline tem um toque do universo underground. São modelos retrô, muitas peças com estampas diferentes, como casaquinhos em animal print, meias coloridas e itens em couro. Destaque também para as lingeries. Os modelos escolhidos fogem dos tradicionais e são bem coloridos, em poá ou xadrez.

maria-flor-pedro-naeschilin-minisserie-aline-globo

Sobre as semelhanças com a personagem, Maria Flor diz que não são muitas. “Ela é bem elétrica e, às vezes, eu sou assim também. Mas a relação com os namorados não! Eu não conseguiria namorar dois ao mesmo tempo. Não dá!”, afirma a atriz.

O seriado tem estreia marcada para o dia 1º de outubro, logo após “A Grande Família”. Além de Maria Flor, Bernardo Marinho, Pedro Neschling, Daniel Dantas e Malu Galli, entre outros, fazem parte do elenco.

Fonte: www.usefashion.com.br

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )
Nas Semanas de Moda primavera/verão 2010, que aconteceram em junho deste ano, em São Paulo e no Rio de Janeiro, a gente viu muito brilho, muito paetê.
É em agosto que as lojas começam a renovar suas coleções pensando nas estações mais quentes do ano. O que a gente pode perceber é que os estilistas vão investir em roupas bordadas de paetê. E a grande novidade é que o brilho vai ser um arraso não só na noite, mas no dia.
Aí vão alguns exemplos de como misturar peças brilhosas e chamativas sem ficar over.

Nas Semanas de Moda primavera/verão 2010, que aconteceram em junho deste ano, em São Paulo e no Rio de Janeiro, a gente viu muito brilho, muito paetê.

É em agosto que as lojas começam a renovar suas coleções pensando nas estações mais quentes do ano. O que a gente pode perceber é que os estilistas vão investir em roupas bordadas de paetê. E a grande novidade é que o brilho vai ser um arraso não só na noite, mas no dia.

Aí vão alguns exemplos de como misturar peças brilhosas e chamativas sem ficar over.

Jaquetas com brilho

Jaquetas com brilho

Isabela Capetto

Isabela Capetto

Maria Bonita Extra

Maria Bonita Extra

Osklen

Osklen

fonte:www.tanavitrinetanacea.com.br

Tags: , , , , , , , , , ,

Comments ( 2 )
Cerca de meio milhão de pessoas se reuniram em uma fazenda em Bethel, perto de Nova York, entre os dias 15 e 17 de agosto de 1969. Há quarenta anos, acontecia o Woodstock, festival de música mais importante de  todos os tempos.
Para celebrar, estilistas da atualidade inspiraram suas coleções na moda hippie da época. Seria a volta do hippie chique? Calça boca-de-sino, vestidos super soltinhos, sandálias rasteirinhas com tiras de couro, faixas na cabeça, óculos redondinhos…

Cerca de meio milhão de pessoas se reuniram em uma fazenda em Bethel, perto de Nova York, entre os dias 15 e 17 de agosto de 1969. Há quarenta anos, acontecia o Woodstock, festival de música mais importante de  todos os tempos.

Woodstock

Woodstock

Woodstock

Woodstock

Para celebrar, estilistas da atualidade inspiraram suas coleções na moda hippie da época. Seria a volta do hippie chique? Calça boca-de-sino, vestidos super soltinhos, sandálias rasteirinhas com tiras de couro, faixas na cabeça, óculos redondinhos…

Woodstock

Woodstock

fonte:www.tanavitrinetanacea.com.br

Tags: , , , , , , , , , , ,

Comments ( 1 )
Sandálias superaltas para o verão 2010
Salto alto a maioria das brasileiras adora. Depois então de trazermos um panorama sobre as rasteiras, as sapatilhas e os sapatos da estação verão 2010, acompanhe agora sandálias com saltos altíssimos.
. Selecionamos três marcas que apostam em cores abertas, primaveris: Stéphanie Classic inova no fachetado multicolor do salto; Shoesserie contrasta tons da palmilha, salto e cabedal ; enquanto Legaspi aplica o verde-antigo à sua tendência étnico-chic. Inclusive mistura couro de diferentes texturas, como peixe, incluindo arraia, tatu, cobra e zebra.
Bottero investiu em diversos modelos com tom neutro no cabedal, contrastando com o do solado. Nestes, há branco versus preto e caramelo versus floral aquarelado. Especificamente no quesito salto, plataformas e anabelas receberam forrações, madeiras, fachetes e pinturas especiais, como a da imagem .
Por fim, Werner, que está completando 40 anos de atuação no segmento feminino de calçados. O destaque desta coleção é justamente o “uso abusivo de saltos”, anotam. São plataformas e cepas com 11 visuais diferentes. Neste modelo, apelo étnico, cabedal com dezenas de tiras em camurça metalizada, mais salto e meia pata com estampa píton

Salto alto a maioria das brasileiras adora. Depois então de trazermos um panorama sobre as rasteiras, as sapatilhas e os sapatos da estação verão 2010, acompanhe agora sandálias com saltos altíssimos.

Shephanie Classis Sandália Verão 2010

Shephanie Classis Sandália Verão 2010

Selecionamos três marcas que apostam em cores abertas, primaveris: Stéphanie Classic inova no fachetado multicolor do salto; Shoesserie contrasta tons da palmilha, salto e cabedal ;

enquanto Legaspi aplica o verde-antigo à sua tendência étnico-chic. Inclusive mistura couro de diferentes texturas, como peixe, incluindo arraia, tatu, cobra e zebra.

Legaspi Sandália Verão 2010

Legaspi Sandália Verão 2010

Bottero investiu em diversos modelos com tom neutro no cabedal, contrastando com o do solado. Nestes, há branco versus preto e caramelo versus floral aquarelado. Especificamente no quesito salto, plataformas e anabelas receberam forrações, madeiras, fachetes e pinturas especiais, como a da imagem .
Bottero sandália Verão 2010

Bottero sandália Verão 2010

Por fim, Werner, que está completando 40 anos de atuação no segmento feminino de calçados. O destaque desta coleção é justamente o “uso abusivo de saltos”, anotam.

Werner Sandália Verão 2010

Werner Sandália Verão 2010

São plataformas e cepas com 11 visuais diferentes. Neste modelo, apelo étnico, cabedal com dezenas de tiras em camurça metalizada, mais salto e meia pata com estampa píton .

Tags: , , , , , , ,

Comments ( 6 )
Marca de beachwear e moda fitness traz materiais tecnológicos que refletem a luz
Para criar sua coleção de moda praia verão 2010, a marca Flor de Menta pensou nas mulheres que transitam entre o dia e a noite no litoral, com poucas variações de peças.
Peças com brilho são a aposta da grife para qualquer horário. Materiais tecnológicos com texturas que refletem a luz do sol foram escolhidos para maiôs e biquínis. Blusas e vestidos fluídos ou drapeados vêm em tule, lurex, liganete e musseline.
Na cartela de cores, tons quentes, como pink, coral e vermelho, que fazem contraponto ao azul-maresia, branco e preto. As estampas contemplam florais, prints selvagens e inspiração náutica.

Marca de beachwear e moda fitness traz materiais tecnológicos que refletem a luz

Flor de Menta verão-20010

Flor de Menta verão-2010

Flor de Menta verão 2010

Flor de Menta verão 2010

Para criar sua coleção de moda praia verão 2010, a marca Flor de Menta pensou nas mulheres que transitam entre o dia e a noite no litoral, com poucas variações de peças.

Peças com brilho são a aposta da grife para qualquer horário. Materiais tecnológicos com texturas que refletem a luz do sol foram escolhidos para maiôs e biquínis. Blusas e vestidos fluídos ou drapeados vêm em tule, lurex, liganete e musseline.

Flor de Menta Verão 2010

Flor de Menta Verão 2010

Na cartela de cores, tons quentes, como pink, coral e vermelho, que fazem contraponto ao azul-maresia, branco e preto. As estampas contemplam florais, prints selvagens e inspiração náutica.

Tags: , , , , , , , ,

Comments ( 0 )
Página 70 de 73« Primeira...102030...6869707172...Última »