Elegemos os desfiles que mais se destacaram na temporada N43 do São Paulo Fashion Week e apontamos onde já encontrar as coleções.

À La Garçonne

À frente da linha de roupas da loja de Fabio Souza há um ano, Alexandre Herchcovitch tem brilhado na nova fase da carreira. Em sua terceira coleção, o estilista segue unindo com maestria suas habilidosas técnicas de costura ao olhar street e underground que sempre esteve presente no DNA de suas criações – Alexandre apresentou mais um ótimo desfile, com casting eclético, repleto de peças fáceis e que são puro desejo, caso das jaquetas e moletons. Ponto também para a série de parcerias (foram mais de dez) a cruzarem a passarela – dos tênis, desenvolvidos com a Vans, às bijoux de Hector Albertazzi, passando por bolsas-desejo estampadas com as cordas que são marca registradas da grife criadas com a Escudero.

Desejo absoluto: jaquetas e moletons com prints de cordas, animais ou frase; t-shirts que brincam com o termo ÀlaGarçovitch e bolsas-saco com alça grossa para serem usadas enviesadas no corpo.

Onde encontrar o “see now, buy now”: parte da coleção já está à venda na loja da À La Garçonne, em São Paulo. A outra metade desembarca no espaço no próximo mês.

A.Niemeyer

Após comemorar dez anos de vida e inaugurar sua primeira loja no Rio, a grife paulistana estreou no SPFW provando que sua moda confortável é também muito chique. Originalmente dedicado aos momentos de lazer, o holiday wear de Fernanda Niemeyer e Renata Alhadef circula com louvor do trabalho à festinha. Ponto para a série mais esportiva do desfile, com moletons e calças desabadas, a mais autoral.

Desejo absoluto: casacos casulo de lã decorados inclusive com a versão recém-tosqueada do material.

Onde encontrar o “see now, buy now”: nas duas lojas da marca (São Paulo e Rio) e nos e-commerces OQVestir e Shop2gether.

Apartamento 03

Parte do line-up do SPFW há dois anos e meio, desde que foi adquirida pelo grupo Nohda, de Patricia Bonaldi, a grife é desde então um dos destaques da semana de moda. Um dos melhores a trabalhar no Brasil a alfaiataria, inclusive em versões festivas, o estilista Luiz Claudio Silva usou o “O Visconde Partido ao Meio”, de Italo Calvino – alegoria sobre um visconde que, numa guerra, é partido ao meio por uma bala de canhão, dividindo-se entre a maldade e a bondade – como inspiração para uma interessante dualidade, na qual tecidos aparentemente pesados foram usados de maneira leve.

Desejo absoluto: a alfaiataria-pijama bordada, ótima para surpreender no look de festa.

Onde encontrar o “see now, buy now”: na loja da marca em São Paulo.

Ellus

A grife celebrou 45 anos em grande estilo com um desfile que emocionou convidados e levou à passarela modelos que marcaram essa trajetória, como Carol Trentini, Carol Ribeiro, Luciana Curtis e Mari Weickert. Hits da história da Ellus foram revisitados em 74 (!) looks, que tiveram edição acertadíssima e passearam por todas as assinaturas da marca, caso do couro rock´n´roll e da caprichadíssima alfaiataria. Bônus: a apresentação marcou também o lançamento de uma nova etiqueta permanente, batizada de XLV, que a cada temporada relançará peças ícones da grife.

Desejo absoluto: saias e jaquetas de couro decoradas com babados estampados com florais.

Onde encontrar o “see now, buy now”: nas lojas da grife na Oscar Freire e no shopping Iguatemi, ambas em São Paulo, e no e-commerce da marca. Aos poucos a coleção desembarca nos demais pontos de venda espalhados pelo Brasil.

Gig

Em seu quinto desfile no SPFW, a grife mineira fundada por Gina Guerra e Patricia Schettino em 2002 mostrou sua versatilidade no tricô, usando a técnica como base para uma ótima coleção com o clima street que dá o tom da temporada. Sem deixar de lado os decorativismos que lhe são característicos, como babados e plissados, a Gig levou à passarela jaquetas bombers, moletons e vestidos usados sobre calças – construídos sempre em fios brilhantes e riquíssimos em texturas.

Desejo absoluto: moletons em tons metalizados e calças esportivas com elástico na cintura, tudo feito de tricô.

Onde encontrar o “see now, buy now”: na loja da marca em São Paulo e nos e-commerces Gallerist, Shop2gether e Farfetch.

Memo

Após estrear no SPFW na temporada passada com uma coleção desenvolvida a quatro mãos com Lolita Hannud, Patricia Birman se uniu desta vez às irmãs Renata e Lilly Sarti e provou novamente que o sportswear pode ser chique e interessante o suficiente para ser usado também em vários outros momentos do dia. As peças esportivas da marca aparecem super femininas, repletas de babados e referências a uniformes antigos de tênis e jogging,

Desejo absoluto: moletons com maxibabados coloridos.

Onde encontrar o “see now, buy now”: em pre-order na loja física da Memo. Parte da coleção já está à venda no OQVestir.

Two Denim

Ótima surpresa entre os estreantes da edição, a grife se destacou pela moda fácil e desejável sem ser banal. Lançada em 2013 pelo casal Flavia Rotondo e Alexandre Manetti – figuras experientes dos bastidores, à frente de um showroom de atacado há duas décadas –, a Two Denim nasceu originalmente dedicada apenas a peças sofisticadas de jeanswear. Na passarela, porém, o jeans premium da grife foi combinado a uma bem trabalhada série de camisaria romântica, em um guarda-roupa completo que incluía também tricôs com pompons e casacos de alpaca. À venda em 67 multimarcas, resta agora aguardar a primeira loja própria da grife, próximo passo de Flavia e Alexandre.

Desejo absoluto: camisas com babados e mangas volumosas.

Onde encontrar o “see now, buy now”: a coleção já está à venda em 67 multimarcas pelo Brasil, como Mares (SP) e Ka Store (Rio), além dos e-commerces OQVestir e Shop2gether.

Fonte: Glamour

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Pelas charmosas ruas da cidade murada de Cartagena, patrimônio colombiano e também da humanidade, peças ultrafemininas, com rendas, babados e laços, se entregam ao poder do branco, ganham a companhia da alfaiataria e a vida dos tons fluo.

tendencia-branco

Na temporada mais quente do ano, looks claros se tornam escolha indispensável. Para repaginar as produções brancas do trabalho ao passeio, a dica é acrescentar peças ou acessórios fluo. O efeito é divertido, mas ainda assim sofisticado.

Acima, paletó, R$ 4.220, e calça, R$ 2.890, 3.1.Phillip Lim à venda na NK Store. Bolsa, R$ 48.460, camélia e pulseira, preço sob consulta, Chanel.

tendencia-branco-3

À esq., camisa Dolce&Gabbana, R$ 2.600. Saia Colcci, R$ 899. Mochila Jansport, R$150. Pulseira Ivana Salume, R$ 195 cada (usadas de diferentes cores em quase todas as fotos). Cinto Birô, R$ 40. Tênis Superga, R$ 250 (usado em quase todas as fotos). Câmera, acervo. À dir., blusa Corporeum, R$ 320. Saia, R$ 1.888, e cinto, R$ 298, Mabel Magalhães. Câmera, acervo.

tendencia-branco-2

À esq., maiô Amir Slama, R$ 450. Calça Printing, R$ 1.180. Jaqueta (amarrada na cintura) Lauf, R$ 258. À dir., vestido Helo Rocha, R$ 5.681.

tendencia-branco-5

Vestido PatBo, R$ 23.973. Mochila Jansport, R$ 130. Pulseiras Ivana Salume, R$ 195 cada. Tênis Superga, R$ 250. Sombrinha e câmera, acervo.

tendencia-branco-4

À esq., camisa Chanel, R$ 8.830. Top, acervo. Calça Lenny Niemeyer, R$ 650. À dir., macacão
NKStore, R$ 1.690. Pulseira de acetato Chanel, preço sob consulta. Pulseiras coloridas, acervo.

tendencia-branco-1

 

A

À esq., vestido Cris Barros, R$ 2.696. Lenço, acervo. À dir., vestido Lino Villaventura, R$ 2.980. Boné New Era, R$ 179. Bolsa Dior, R$ 12.800.

 

Fonte: Marie Claire

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Confira uma seleção de itens que, acredite, vai fazer você investir com afinco em peças marrom, telha e caramelo.

canela1

Páprica e canela tingem peças do verão 2016: óculos Komono, R$ 489; bolsa Louis Vuitton, 14.500; top e shorts Andrea Marques, R$ 472 e R$ 695, respectivamente (Foto: Divulgação)

A temporada de verão 2016 do SPFW foi marcada pelo retorno dos tons terroros que, após terem sido esquecidos, voltaram a tingir as principais peças da estação. Para quem ainda torce o nariz para o marrom e caramelo – que entraram no limbo fashion depois de serem banalizados –, vale dizer que eles foram atualizados.

Sob os nomes de páprica e canela, eles temperam o closet da próxima saison e prometem virar um neutro infálivel. Confira abaixo nossa seleção, que mixa os lançamentos nacionais (que estão desembarcando agora nas araras) até itens internacionais – e prepare-se para investir com força nas “especiarias” da vez. (VINICIUS ALENCAR)

Páprica e canela tingem peças do verão 2016

Páprica e canela tingem peças do verão 2016

Páprica e canela tingem peças do verão 2016

Páprica e canela tingem peças do verão 2016

Páprica e canela tingem peças do verão 2016

Páprica e canela tingem peças do verão 2016

Páprica e canela tingem peças do verão 2016

Páprica e canela tingem peças do verão 2016

Páprica e canela tingem peças do verão 2016

Páprica e canela tingem peças do verão 2016

 

Páprica e canela tingem peças do verão 2016

Páprica e canela tingem peças do verão 2016

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

pf5

 

 

 

 

Fendi, Diane Von Furstenberg e Dior (Foto: Thinkstock e Divulgação)

O AZUL CERTO

O tom azul do denim transcende o universo do jeanswear e tinge da renda ao couro. Invista também em acessórios e bijoux com a nuance da vez, como fizeram Fendi, Diane Von Furstenberg e Dior.

saia

 

 
Kenzo, Givenchy, Alexander Wang, Emilio Pucci, Lanvin e Alberta Ferretti (Foto: Thinkstock e Divulgação)

ATÉ O CHÃO

A saia longa ganha versões mais casuais, tendo como principal aliado diurno o tricô. Descer do salto é pré-requisito para subverter o ar festivo que a peça geralmente imprime: combine com mocassins masculinos de solado tratorado.

ferr

Gucci, Louis Vuitton, Bottega Veneta, Tory Burch, Lanvin, Gucci (Foto: Thinkstock e Divulgação)

 

ENFERRUJOU

O vermelho da temporada passada assume nuance ferrugem, tom naturalmente mais esportivo que a versão sangue. Encare-o como um neutro e abuse da cor em produções diurnas como fizeram Gucci, Louis Vuitton, Bottega Veneta, Tory Burch, Lanvin e Gucci.

Fonte: VOGUE

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

20131028154150_00001

Melissa divulgou a nova coleção-cápsula da parceria com Karl Lagerfeldque começou em março de 2013. São quatro modelos: dois flats e dois saltos-altos. Para as fãs de rasteirinhas abertas, chega uma versão da Violatta (R$ 149,90), que ganha detalhes em imitação de pérola, um dos adereços favoritos do estilista. Já quem prefere sapatilhas irá se encantar com a nova Ultragirl (R$ 139,90) com aplicação à semelhança da gatinha Choupette, pet do kaiser que já é quase tão famosa quanto o dono.

pack_melissa_maio_2014_17

Para quem gosta de andar nas alturas, chegam o peep toe Pearl (R$ 219,90) – que também traz pérolas, dessa vez no salto –, e uma verdadeira audácia lagerfeldiana: o modelo Upside Down Heel (R$ 329,90) que, como o nome já indica, tem um salto que parece estar de cabeça para baixo. 

Os novos modelos chegam às lojas no começo de agosto em uma cartela de cores variada: a Violatta e a Upside Down Heel vêm em seis cores, já a Ultragil e a Pearl, em cinco.

Fonte: Vogue

Tags: , ,

Comments ( 0 )
Depois do sucesso da Birkenstock, é a vez da sandália de uma tira só (larga e de borracha) ganhar destaque!

slide1

A palavra-chave é conforto! Deixe seu salto agulha isoladinho no armário e aposte nas sandálias macias e despojadas. A novidade da vez é o chinelo Slide, modelito que é da mesma família da famosa Birkenstock, mas tem uma tira só e é de plástico.

Na passarela de verão da MSGM, o modelo foi visto com um vestido estampado e colorido. No catálogo resort da Nonoo, a Adidas ganhou destaque com seu modelito preto e branco. Já no desfile de J.W. Anderson, a sandália apareceu em uma versão mais básica e toda preta. Suuuuperconfortável!

slide2

Fora do Brasil, a tendência está cada vez mais forte e a slide aparece em looks variados e bem casuais, desde bermudas até calças de alfaiataria e esportivas. Celebs como Rita Ora e Miley Cyrus já aderiram ao chinelinho vintage-cool e mostraram seus pares de plástico da Adidas. E aí, hot or not?

Fonte: GLAMOUR

Tags: , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Qual mulher não tem vontade de deixar o salto alto guardadinho no armário durante o verão? Para aproveitar os dias de calor no melhor estilo relax, as rasteirinhas são perfeitas para deixar o look confortável e prático. Os modelitos, que ganham cara nova a cada temporada, caem bem com calça, saia, shorts e até vestido mais formal. Quer usar sem medo? Celebs como Olivia Palermo, Jennifer Aniston, Jessica Biel, Alessandra Ambrosio, Freida Pinto e Miranda Kerr adoram desfilar suas flats por aí. Que tal seguir o estilo delas?

rasteirinha1
Olivia Palermo e Miranda Kerr: arrumadinhas e confortáveis (Foto: Getty Images/Honopix)

Olivia Palermo nunca erra nas produções, mesmo sem salto. A it-gil que a gente ama combinou seu vestido plissado+blazer estruturado com as flats artesanais da marca Pikolinos, que ajuda a tribo Massai, do Quênia. Chique e elegante na medida certa!
Já Miranda Kerr mostra como o vestidinho longo despojado cai bem com a rasteirinha dourada. Ah, o chapéu panamá deixou o look ainda mais cool, não acha?

rasteirinha2
Alessandra Ambrosio e Jennifer Aniston: look relax (Foto: Getty Images)

Alessandra Ambrosio, que sempre brilha nas passarelas, também deixa o salto alto de lado. A top combinou o shortinho branco jeans e a camisa amarela degradê com a flat nude e com aplicações douradas na tira.
Jennifer Aniston, com look superconfortável, também apostou na flat nude para o combo vestidinho azul+jaqueta jeans.

rasteirinha3
Freida Pinto e Jessica Biel: despojadas na medida certa (Foto: Getty Images/Honopix)

A atriz indiana Freida Pinto tem estilo e beleza de sobra. Para enfrentar um dia quentíssimo, ela fez uma combinação superfofa. Calça amarela+blusa florida+bolsa e rasteirinhas em tons alaranjados. A flat de duas tiras, apesar de simples e básica, combinou muito bem com o look veranil.
Numa pegada mais relax, Jessica Biel investiu na rasteira preta com brilhos para dar um up na produção “largadinha” com calça saruel + camisetinha branca básica. Que tal?

FONTE: GLAMOUR

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

tecnologia-fashion-roupas-multibilionarias-quadro-evolutivoOs fãs de filmes de ação com agentes secretos já estão acostumados com tecnologias que se confundem com a roupa dos personagens, de James Bond até o divertido e atrapalhado Agente 86, com seu indefectível sapatofone – o nome do acessório é autoexplicativo de sua função. No entanto, a ficção está virando realidade. Empresas como Google, Samsung e Sony estão investindo pesado no que tem sido considerado por analistas a próxima grande onda tecnológica. São os “wearable devices” (ou, simplesmente, tecnologias que podem ser vestidas), que geraram receitas de US$ 8,5 bilhões em 2012, de acordo com estimativas da consultoria IHS.

Em 2018, esse valor deve quase quadruplicar para US$ 32,1 bilhões (leia gráfico ao lado). “Eles já estão nos mais diversos segmentos, o que os torna relevantes para cada vez mais consumidores”, afirma Shane Walker, diretor da IHS. O mais aguardado de todos os “wearable devices” são os óculos do Google, batizados de Glass. Sergey Brin, um dos fundadores da companhia de Mountain View, está pessoalmente envolvido em seu desenvolvimento, um indicativo da importância do projeto. O acessório fashion terá uma tela acoplada às lentes. Ele poderá gravar vídeos e tirar fotos com resolução de cinco megapixels, além de realizar tarefas básicas de um smartphone, como checar e-mails, enviar mensagens, fazer chamadas telefônicas e, claro, realizar buscas
na internet.

Previsto para ser lançado em 2014, seu preço deverá ficar entre US$ 600 e US$ 800. O Google, porém, é apenas a ponta do iceberg desse novo mercado digital. Relógios, pulseiras e chips em tênis já podem ser encontrados à venda. A coreana Samsung e a japonesa Sony, por exemplo, já competem na categoria que foi batizada de relógios inteligentes. A Apple também deve entrar nessa disputa. Há grande expectativa pelo lançamento de seu iWatch. A empresa comandada por Tim Cook já registrou patentes do produto em diversos países pelo mundo. Até a Intel quer uma fatia dos “wearable devices”. A fabricante de chips americana anunciou, em meados de setembro, uma nova linha de processadores Quark, que têm um quinto do tamanho do Atom, seu menor processador.

“A próxima onda da computação ainda está sendo definida”, disse Brian Krzanich, CEO da Intel. Sua preocupação faz sentido. Dominante em computadores, a Intel ficou para trás na era dos smartphones e tablets e não quer perder essa nova febre tecnológica. Como é ainda incipiente e sem uma empresa grandalhona que o domine, o mercado de “wearable devices” está lotado de companhias iniciantes. É o caso da Bionym, pequena empresa canadense de inovação em tecnologia. Com apenas US$ 1,4 milhão, a Bionym criou uma pulseira que identifica a frequência cardíaca do usuário, servindo para destravar desde smartphones até carros, substituindo as tradicionais senhas.

tecnologia-fashion-roupas-multibilionarias-corpo-conectado

“Ela trará uma maior sensação de segurança sobre nossas informações”, afirma Kurt Barlett, diretor de marketing da Bionym. O desafio, neste estágio inicial, é fazer com que essas tecnologias possam ser vestidas de forma discreta, sem chamar muita atenção, o que está longe de acontecer com o bandeiroso Google Glass. “É uma questão de adaptação”, diz Sérgio Cavalcante, superintendente do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (Cesar). “Quando surgiu o relógio de pulso substituindo o de bolso, também houve um estranhamento.” Num futuro próximo, será normal pessoas andarem nas ruas com óculos que são uma miniatura da tela de um computador?

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Branco e cores suaves em uma atmosfera romântica e delicada ou sobreposições em clima noturno – e um tanto sexy, tudo no mesmo dia, durante a semana de moda de Paris.

1_9
Os iluminados Nina Ricci, Balmain e Balenciaga  (Foto: Imaxtree)

E Paris acordou hoje bipolar. Enquanto alguns estilistas apostaram na leveza de materiais (Peter Copping para Nina Ricci), numa atmosfera romântica e delicada (Alexander Wang na Balenciaga), evocaram o dia, com muito branco e cores suaves (Olivier Rousteing na Balmain), outros preferiram, digamos, pegar bem mais pesado.

Sobreposições de lamês escuros (lindas, por sinal) em clima noturno dominaram a passarela da Lanvin. Já Gareth Pugh investiu na imagem de uma mulher sexy, mundana e muito má, com as sobrancelhas levantadas.

E para completar, a belga Ann Demelemeusteer exibiu sobreposições desabadas – tudo preto – arrematadas por um chapéu misterioso, criando uma “entidade” fashion.

Fato é que anjo ou demônio, estarão bem servidos de looks lindos para a próxima estação. Seja para ir bonitinha para o céu ou arder nas labaredas do inferno.

2_6
Os sombrios Lanvin, Gareth Pugh e Ann Demelemeusteer (Foto: Imaxtree)

 

Fonte: GLAMOUR

Tags: , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Passada a maratona de desfiles da semana de moda de Londres, Silvia Rogar, redatora chefe da Vogue, aponta as 10 tendências que se destacaram nas passarelas – e que prometem chegar, em breve, ao seu guarda-roupa. Siga lendo e inspire-se neste guia do verão 2014 internacional.

tend1 (1)
A volta da bermuda: Emilia Wickstead; Jonathan Saunders; Mulberry e Topshop Unique (Foto: Getty Images)

 

A volta da bermuda
Os shorts, que reinaram absolutos nas últimas temporadas, estão com os dias contados: ao menos nas passarelas britânicas, a bermuda social roubou seu espaço nas coleções para o verão 2014.

tend2
Flores raras: Burberry; Erdem, Mary Katrantzou; Matthew Williamson (Foto: Getty Images)

Flores raras
Nas butiques londrinas, é sempre fácil identificar a chegada das coleções de verão: da noite para o dia, as flores passam a dominar as araras. Os desfiles para a próxima estação, porém, mostraram que os estilistas britânicos conseguiram fugir desta vez da mesmice, criando efeito 3D sobre as estampas, a exemplo de Mary Katrantzou e Matthew Williamson. Já Christopher Kane olhou para o tema de forma totalmente fresh, buscando inspiração no sistema reprodutor das flores – lembra o androceu e o gineceu das aulas de ciências na escola?

tend7
Efeito cintilante: Christopher Kane; Jonathan Saunders; Marques’ Almeida (Foto: Getty Images)

Efeito cintilante
No lugar dos metalizados, os tecidos surgem com brilho cintilante. O destaque é a versão furta-cor, aposta de Christopher Kane.

tend3
Pink flamingo: Preen by Thornton Bregazzi; J. JS Lee; Bora Aksu; Temperley (Foto: Getty Images)

Pink flamingo
Esqueça a Barbie e outras referências girlie: o rosa volta com força nesta temporada, tingindo peças com shape austero ou looks em estilo mulherão.

tend4
Quase longo: Erdem; Christopher Kane; Roksanda Ilincic; Lucas Nascimento (Foto: Getty Images)

Quase longo
O comprimento que desponta nas coleções vai um pouco além do médio: é a vez do vestido “quase longo”, que termina alguns centímetros acima do tornozelo – uma ideia serious chic!

tend9
Pé no chão: JW Anderson; Jonathan Saunders; Marios Schwab; Simone Rocha (Foto: Getty Images)

Pé no chão
Seguindo os passos de Céline e Osklen nas últimas estações, Jonathan Saunders, Mario Schwab e a brasileira Paula Gerbase, da 1205, trocaram o salto alto por modelos bem próximos do chão. A sandália de J.W. Anderson até lembra nosso Rider.

tend5
Plastificados: Felder Felder; Preen; Simone Rocha; Palmer//Harding (Foto: Getty Images)

Plastificados
Peças com plastic effect trazem toque esportivo ao look de verão e quebram o ar inocente dos tons pastel, como aconteceu nas coleções de Preen e Palmer/Harding.

tend8
Biker preciosa: Erdem; Antonio Berardi; Peter Pilotto (Foto: Getty Images)

Biker preciosa
Definitivamente, o casaco da temporada é uma jaqueta biker deluxe, com aplicações sobre o couro e acabamentos ultrassofisticados.

tend6
Suéter + saia: Antonio Berardi; Burberry; Christopher Kane; Erdem (Foto: Getty Images)

Suéter + saia
O look da vez é composto por suéter sobre saia. Uma das peças (faça sua escolha) precisa ser ultradecorada.

tend10
Pastel: Christopher Kane; Burberry; Mulberry; Preen (Foto: Getty Images)

Pastel
Os tons adocicados não vão dar trégua na moda e aparecem até em looks sexy e com linhas esportivas.

 

Fonte: VOGUE

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )
Página 1 de 41234