Até quem não entende nada de futebol americano ficou com os olhos vidrados na final do Super Bowl, que aconteceu na noite de ontem (3) em Nova Orleans, nos EUA.

Isso porque, no intervalo do embate entre San Francisco 49ers e Baltimore Ravens, Beyoncé botou para quebrar no palco do campeonato com um vestido revelador de couro e renda, dois materiais associados a uma influência fetichista. Nada mais apropriado para quem exala poder em cima do palco, não é?

O intuito do look escolhido por Beyoncé é ser extremamente sexy, algo que tem a ver com a imagem que ela projeta. O vestido apela para esse lado de evidenciar o corpo, com linhas que acinturam, destacam o quadril e valorizam o busto”, explica a consultora de moda Marcele Goes, do Estilo sob Medida.

Beyonce
Beyoncé usa vestido sexy assinado por Rubin Singer no Super Bowl. Foto: AP

A diva – que está confirmada no Rock in Rio, em setembro – abriu a apresentação com jaqueta do tipo perfecto e minissaia, peças que tirou minutos depois de subir ao palco, revelando o body cheio de recortes. Luvas de couro, meia ¾ preta por cima da meia-arrastão bege e ankle boots completaram o visual da cantora.

O vestido ousadíssimo é assinado pelo estilista americano Rubin Singer, que também desenhou o figurino de Michelle Williams – integrante do Destiny’s Child, que apareceu de surpresa – e dos 120 dançarinos que participaram do show.

Segundo o release do estilista, o vestido de Beyoncé demorou dois meses e cinco provas de roupa para ficar pronto, em um processo de criação que envolveu 200 horas de trabalho de um time de 14 profissionais. E o esforço valeu a pena, já que a mulher de Jay-Z arrasou no rebolado e agitou os torcedores com hits como “Single Ladies”, “Baby Boy” e “Crazy in Love”.

Super Bowl Football
Cabelão volumoso, bota e luvas de couro complementam o visual fetichista de Beyoncé. Fotos: AP

RENDA E COURO NO DIA-A-DIA

Segundo Marcele Goes, o grande truque de styling do modelito fica por conta da junção de couro e renda, combinação pouco vista nas ruas. Mas será que dá para usar dois materiais tão distintos no dia-a-dia? Dá, mas é importante que a renda seja mais pesada e perca um pouco da veia romântica, para não brigar com o couro pesado.

A renda do vestido de Beyoncé parece ser um trabalho vazado feito no próprio couro, o que mantém a linha do tecido como um todo. Se a renda for muito delicada, fica mais difícil combinar com o couro. É melhor apostar naquelas mais estruturadas ou em várias camadas, para encorpar o tecido. A cor escura também ajuda na harmonia dos materiais”, indica Marcele.

A ankle boot com meia longa também chama atenção no look da cantora e é uma combinação que caiu no gosto das fashionistas. Segundo a consultora de moda, o truque adiciona espessura à perna, achata a silhueta e faz as vezes de uma bota longa, o que não favorece quem tem pernas grossas. A profissional indica a tendência para os looks de noite das mulheres mais altas e magras.

Beyonce
Kelly Rowland, Beyoncé e Michelle Williams levam à loucura os fãs do Destiny’s Child. Foto: AP

Beyonce
No início da apresentação, a cantora usou jaqueta perfecto cropped e minissaia, que logo saíram para revelar as rendinhas da saia do vestido. Foto: AP

 

 

Fonte: GNT

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

O glamour das passarelas da Semana de Alta Costura de Paris é perfeito para inspirar um look de festa. Na edição que terminou na última quinta-feira (24), grifes como Jean Paul Gaultier e Christian Dior mostraram suas criações riquíssimas que ditam o que vai ser tendência no próximo verão europeu.

Por aqui, dá para adaptar um monte de coisa – dos materiais à modelagem – e, para te ajudar a definir o look do próximo casamento, formatura ou festa de gala, separamos abaixo os cinco principais hits vistos nas passarelas. Aproveite!

Os bordados viraram queridinhos das famosas e são grande hit dos tapetes vermelhos há algumas temporadas. E, segundo as passarelas de Paris, a tendência não pretende ir embora tão cedo. Na Semana de Alta Costura, os estilistas apostaram em aplicações de cristais, canutilhos, pérolas, paetês e metais. Quer aderir? Então anote: a palavra de ordem é “brilho” e quanto mais luxuoso o efeito, melhor. A cara da riqueza!

MODELAGEM SEREIA

SEREIA-620(1)
Georges Chakra, Stéphane Rolland, Alexis Mabille, Jean Paul Gaultier, Alexis Mabille e Zahia. Fotos: AP

Outra preferência das famosas, o vestido sereia “bombou” no Globo de Ouro, que aconteceu no último dia 13. Na alta costura de Paris, a modelagem, que adiciona volume à parte inferior do vestido, apareceu em versões de tule e em camadas. A tendência é superelegante e tira qualquer visual do tédio, mas é importante lembrar que, apesar de não ter restrição para quem tem quadril largo, ela achata a silhueta.

FENDAS NA PERNA

Paris Fashion Georges Chakra
Beatrice Demulder Ferrant, Georges Chakra, Alexandre Vauthier, Gustavo Lins e Zuhair Murad. Fotos: AP

Para começar, a gente já avisa: esta não é uma tendência democrática (infelizmente!). Indicada para quem está em dia com a academia, a fenda na perna experimentou um boom quando Angelina Jolie apostou no recurso no Oscar de 2012 . O pernão da atriz virou até “meme” e, depois dela, várias celebridades apareceram com o look nos tapetes vermelhos. O bacana é mostrar a perna toda mesmo e, diferentemente das fendas anteriores, a atual pode dividir o look com um superdecote ou recortes inusitados, como a “transparência flutuante”. Só para as ousadas!

TECIDOS FLUIDOS

Paris Fashion Fournie
Alexis Mabille, Julien Fournie, Georges Chakra, Stéphane Rolland, Alexis Mabille e Zuhair Murad. Fotos: AP

Tecidos delicados, daqueles cheios de movimento e que balançam bastante, deixam o visual bem feminino. A tendência apareceu em muitos desfiles desta temporada e pode vir na saia inteira ou apenas em uma cauda do vestido. Aposte sem medo!

SAIAS AMPLAS

Paris Fashion Giambattista Valli
Giambattista Valli, Alexis Mabille, Giorgio Armani, Christian Dior, Alexis Mabille e Georges Chakra. Fotos: AP

O estilo “princesa” está em alta. Saias amplas e estruturadas, em materiais como tule e cetim, foram vistas em muitos desfiles com bordados que complementam o look. Já que é muito volumoso, esse tipo de saia é muito indicado para quem é alta e esguia.

Fonte: GNT

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Não teve para Adele, Quentin Tarantino ou Ben Affleck. Os campeões do tapete vermelho do Globo de Ouro 2013 – que aconteceu ontem (13) em Los Angeles – são o tomara-que-caia, o vestido sereia, as fendas na perna e outras tendências que podem inspirar você para a próxima festa de gala.

Apesar de o verde-esmeralda ter sido anunciado como “a” cor de 2013, quem mostrou as caras foi mesmo o azul, escolha de Nicole Richie e muitas outras atrizes. O clássico vermelhão, ousadia pura, mostra que as moçoilas de Hollywood resolveram começar o ano “com tudo”. Já as mais discretas apostaram no tiro certeiro: nude, sempre elegante. Ah, e a sofisticação dos bordados continua em alta.

Veja abaixo o nosso “apanhadão” de tendências do Globo de Ouro para apostar nas festas:

TOMARA-QUE-CAIA


Lucy Liu, Debra Messing, Julia Louis-dreyfus, Anne Hathaway, Tina Fey, Olivia Munn e Archie Panjabi. Fotos: AP

Seja em vestidos de modelagem reta ou com saia ampla, o tomara-que-caia foi hit absoluto no tapete vermelho do Globo de Ouro. A tendência valoriza o colo e é ideal para quem tem busto pequeno a médio, já que seios grandes exigem maior sustentação. Boa notícia para as brasileiras, que adoram um bom tomara-que-caia. Adote neste verão!

VESTIDO SEREIA

Taylor Swift, Amy Adams, Kate Hudson, Kelly Osbourne, Jessica Alba e Hayden Panettiere. Fotos: AP

Parece que a vibe de “O Canto da Sereia” chegou até Hollywood. Brincadeiras à parte, o vestido sereia deu um toque de ousadia ao tapete vermelho da premiação. “Muito volume na parte de baixo do vestido encurta a silhueta da mulher”, aponta a consultora de moda Ana Maria Andreazza. Por isso, diz ela, este modelo é mais indicado para quem é alta. E atenção: com o foco na saia, a parte de cima da peça deve ser simples.  Uma boa notícia para as brasileiras é que esse formato não é contraindicado para quem tem quadril largo.

BORDADOS


Jennifer Lopez, Julianne Hough, Kristen Bell, Mayim Bialik e Thandie Newton.

O bordado já é hit há algumas temporadas, mas o tapete vermelho mostra que a tendência ainda tem fôlego. Aplicações de canutilhos e cristais conferem sofisticação e romantismo ao look. Democráticos, os bordados podem ser usados por qualquer pessoa, mas é importante atentar para o volume: se as aplicações forem muito chamativas, é importante posicioná-las sobre uma região que você não se incomode de destacar.

VERMELHOS


Jennifer Lawrence, Zooey Deschanel, Claire Danes, Marion Cotillard, Megan Hilty, Melissa Rauch, Jennifer Garner e Amy Poehler.

Se depender das famosas, o vermelho é o novo pretinho básico. Muitas delas resolveram imitar o red carpet e apareceram usando a cor na cerimônia. Mas repare que todas elas usaram modelos simples, sem fendas ou decotes muito profundos. E estão certas: como a cor já chama muita atenção por si só, é bom pegar leve no resto do look.

AZUL


Nicole Richie, Julie Bowen, Sally Field, Jodie Foster, Morena Baccarin e Glenn Close

Contrariando a Pantone, que anunciou o verde-esmeralda como a cor do ano de 2013, as famosas apostaram mesmo é no azul. A tonalidade escura dominou, mas também teve espaço para o azul clarinho de Nicole Richie e para o azul petróleo de Julie Bowen. Chique!

NUDE


Megan Fox, Amanda Seyfried, Helen Hunt, Connie Britton e Kaley Cuoco.

Quer acertar? Vai de nude. A cor se confunde com a pele e, por isso, alonga a silhueta e disfarça possíveis erros de styling. Além disso, é sinônimo de elegância e pode ganhar ainda mais sofisticação com aplicação de paetês e outros brilhos.

FENDA NA PERNA


Katharine Mcphee, Eva Longoria, Aly Raisman, Lea Michele, Halle Berry e Heidi Klum

A julgar pelo tapete vermelho do Globo de Ouro, a “temporada do pernão”, aberta por Angelina Jolie no Oscar de 2012 (lembra?), continua a todo vapor. A tendência ousada, infelizmente, não é para todas, já que exige visitas constantes à academia. Mas, se a intenção for sensualizar mesmo… Vai na fé!

 

Fonte: GNT

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Não tem para ninguém. Quem anda bombando no armário das famosas são os vestidos transparentes. Kristen Stewart, Katy Perry, Lea Michele e Sabrina Sato são algumas das que já desfilaram os modelitos ousados sem medo.

     

Como o look é baseado na transparência, é preciso alguns cuidados na hora de usá-lo. A consultora de moda do EGO, Heloisa Marra, lembra que, como as pernas estarão muito à mostra, as longilíneas ficam melhor: “Fica bem nas magrinhas e longilíneas como a Kristen Stewart. Na verdade, se a pessoa não for muito alta, mas tiver uma silhueta fina e alongada, vai vestir bem.”

Para quem ainda não se sentir segura em expor o corpo numa transparência total, uma opção é combinar texturas, como Katy Perry. Sem exageros – já que o visual já chama atenção -, é possível esconder um pouco mais o corpo e até mesmo disfarçar alguns pontos indesejáveis, como uma marca roxa ou até mesmo celulite.

O segredo da produção
A peça que será usada por baixo é a grande estrela do visual: “O segredo do look transparente está na base, na lingerie. É um visual que recorre aos truques usados nos anos 50, como sutiãs de bojo estruturado e moldado, hot pants (aquelas calcinhas na cintura) e corselets. Nessa época, o esperto Christian Dior já dizia: ‘A lingerie é a fundação, a base da roupa’. Portanto, o cuidado maior é na escolha dessa base. Deve vestir, moldar bem o corpo, conter gordurinhas e deixar a mulher segura”, explica Heloisa.

Os bodies se apresentam como uma das melhores opções de base principalmente para quem não quiser usar a lingerie com a transparência. Em ambos os casos, é bom lembrar: se a peça usada por baixo chamar atenção, a transparência que for por cima deve ser o mais simples possível.

E nada de improvisos: “Usar uma calcinha estranha, por exemplo, ou o maiô com o qual se costuma ir à praia não funciona”, alerta Heloisa. Também é bom ficar atenta ao comprimento do vestido: É preferível que ele seja longo, já que você já estará mostrando o corpo. E, por fim, saber escolher a ocasião: nada de chegar no aniversário de um ano da prima com seu look ousado.

 

 

 

Fonte: Ego

Tags: , , , , , ,

Comments ( 0 )


Idoso veste diferentes combinações de roupas (Foto: Divulgação)

O senhor Liu Xianping, de 72 anos, virou febre na Internet. O idoso atua como modelo da loja YueKou, porém vestindo roupas de mulheres. As imagens do catálogo da empresa são cada vez mais compartilhadas nas redes sociais da China, especialmente no site Sina Weibo, que é o equivalente ao Twitter no país. E depois de tanto sucesso local, agora o vovô também está ficando conhecido em todo o mundo.


Vovô posa cheio de estilo para catálogo de loja (Foto: Divulgação)

A loja foi fundada por cinco jovens recém-formados na China – um deles é neta do senhor Xianping. O curioso é que tudo começou de maneira experimental. O idoso decidiu pegar algumas peças da coleção e vestir para mostrar diversas opções de combinação entre as roupas. Surpresas com o know-how dele sobre o mundo fashion, as pessoas acharam a situação muito engraçada e começaram a fotografar.

“Por que seria inaceitável para alguém como eu vestir roupas de mulheres? Fazer isso está ajudando minha neta e eu não tenho nada a perder. Estávamos muito felizes no dia das fotografias. Estou muito velho e a única coisa que me importa é ser feliz”, disse Xianping em entrevista a um jornal local traduzida pela página “Offbeat China”.

As vendas da loja aumentaram cinco vezes, desde que as fotografias dele se tornaram sucesso na web. Foram realizadas diversas promoções com o senhor como garoto-propaganda e a repercussão foi ótima, o que chega a ser uma surpresa pelo fato de a sociedade chinesa ser conhecida por sua rigidez. A confiança e descontração de Xianping foram bastante elogiadas e agora só resta saber se ele vai seguir a carreira de modelo.

Tags: , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Quem vai fugir da casualidade de um réveillon na praia e já tem na programação uma super festa de ano novo, vai poder se jogar no brilho nas festas de fim de ano.

Dourado, prata e branco são fortíssimos para o Verão 2013 e em vários níveis de brilho, desde os mais discretos aos mais ofuscantes. Aposte em paetês, canutilhos, vidrilhos e em diversos outros tipos de bordado que agreguem glamour e riqueza ao seu look. Franjas e plumas também aparecem para reforçar esse time da moda festa.

Os vestidos de festa curtos aparecem, em sua maioria, com a modelagem mais ajustada, ótimo para exibir o corpão e emanar sensualidade. Já para quem não se preparou para o verão, há também as opções mais fluidas e soltinhas, com saias em modelagem A, estilo ladylike, e até os kaftans, peças-chave no look de qualquer plus size.
Vestidos curtos dourados, em modelagens mais soltinhas, cheios de paetês ou apenas em detalhe


Brilho prateado em abundância ou em detalhes nos vestidos curtos para o réveillon.
Vestidos brancos curtos para o look de ano novo com drapeados e detalhes de brilho.

Vestidos de festa curto para um réveillon com glamour – brilhos e plumas

Vestidos de festa tomara que caia dourados.

Vestidos de festa curtos de um ombro só

Vestidos de festa curtos com muito brilho e decotes profundos.

Vestidos dourados para o look de réveillon.

Fonte: FASHION BUBBLES

Tags: , , ,

Comments ( 1 )

O lado de dentro da roupa quer aparecer. É isso o que nos dizem as coleções internacionais de inverno 2013, cujos casacos trazem a parte interna feita em tecidos de cores contrastantes com as externas. Mais do que um forro, trata-se de uma informação de moda adicional para a indispensável peça.

Coincidência ou não, o detalhe atravessou as passarelas do eixo Nova York-Londres-Milão-Paris aquecendo os desfiles da Jil Sander (na última coleção assinada pelo estilista Raf Simons, agora no comando criativo da Christian Dior) em belos mantôs em tons de camelo, rosa e branco, Stella McCartney, em versões estruturadas com acento esportivo nos recortes, e Balenciaga, com sua modelagem edgy em camadas, criada pelo estilista Nicolas Ghesquière.

Até as mais joviais e cool Proenza Schouler e Alexander Wang apostaram no detalhe-tendência, ambos em versões texturizadas. Completando a lista: Yves Saint Laurent (na última coleção de Stefano Pilati, que deixou o posto para Hedi Slimane), Rodarte e Matthew Williamson que, cada um a sua maneira, também investiram na pala de outra cor.

 

Fonte: VOGUE

Tags: , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

 

Mais curtas na frente, seu uso exige certos cuidados.

Aagora o hit da moda é a saiamullet”. Para quem não sabe, esse era o nome dado para o cabelo usado pela dupla Chitãozinho e Xororó e muitos outros cantores, febre nos anos 80, que consistia em um corte de cabelo assimétrico, curto na parte da frente e comprido atrás, na nuca. O corte de gosto duvidoso chamava-se mullet, o mesmo nome que leva a saia curta na frente e comprida atrás.

Logo que surgiram, as reações a esse tipo de saia não foram muito favoráveis, sendo que alguns editores de moda a criticaram bastante. Entretanto, já no início do outono, elas apareceram em vários modelos, desde os mais longos aos mais curtos, comportadas, ousadas, plissadas, lisas ou estampadas.

“Assumo que de primeira não me apaixonei loucamente pela ideia, mas agora, em fase de franca adaptação, comecei a achar graça em alguns modelos”, explica a stylist Marcia Jorge.

De acordo com ela muitos estilistas brasileiros que apresentaram suas coleções na São Paulo Fashion Week criaram belíssimas versões da tendência tanto para a moda casual, como para a moda festa.

Segundo Marcia, para usar as peças que têm a parte da frente bem curtinha, é legal estar com as pernas em dia, bem torneadas e depiladas. Quem quiser criar um estilo rock and roll pode usar com meias trabalhadas e ankle boots. “Também ficam super lindas com camisa, regatinhas e t-shirts”, diz ela.

Estas saias podem ser usadas tanto com salto baixo como com alto, dependendo apenas do estilo de cada uma. “Ficam lindas com rasteirinhas, sapatilhas e até com abotinadas ou sandálias altíssimas”, complementa a profissional.

Marcia adverte que as saias confeccionadas com tecidos leves e sem babados são mais indicadas especialmente por que evitam o efeito visual de aumento de volume dos quadris.

“A assimetria virá ainda em decotes, mangas e barras, quanto menos óbvio mais interessante; quem não se acostuma com a proposta deve ver fotos e formas de se usar essa assimetria por que a moda fica bem mais divertida sem preconceitos!” justifica a stylist.

 

 

 

Fonte: Fashion Bubbles

Tags: , , , , ,

Comments ( 0 )


A blogueira Jeannie, de Baltimore, nos Estados Unidos, começou um projeto para criar um vestido por dia com os mais diversos materiais, durante um ano inteiro. Suas criações são publicadas diariamente no blog intitulado 365 Dresses (365 vestidos), criado em janeiro deste ano.

Jeannie já criou vestidos com cascas de banana, palitos de fósforo, lixas, repolho e até uma combinação com bacon e ovos. Todas as produções são versões em miniaturas, ou simples versões em 2D. A inspiração para o projeto veio do livro “365: A Daily Creative Journal” (365: Um Registro Criativo Diário), de Noah Scalin, que propõe que seus leitores comecem um projeto que tenha 365 propostas inovadoras em alguma área do conhecimento.

Mais fotos do projeto podem ser vistas no blog oficial de Jeannie.

Tags: , ,

Comments ( 0 )
Página 2 de 212