No 2º dia de Fashion Rio, a tendência das sobrancelhas selvagens ganhou força. As mulheres da Coven, inspiradas nas guatemaltecas, usaram batom na pele para reforçar o aspecto de queimada de sol. Coque molhado, fios rebeldes e muito rímel completam.

 A beleza da Melk Z-Da foi a única não assinada por Robert Estevão até agora. Mas Helder Rodrigues também não quis sobrancelhas arrumadinhas ou marcadas, e as penteou para cima para criar suas bonecas de barro. Base no lugar de blush reforçou o tom terra.

Para a 2nd floor, o visual escolhido foi sexy e mais suave. Cabelo liso e preso junto à cabeça, sombra metalizada e lábios em tom de rosa.

O desfile de Herchcovitch foi o único a trazer cabelos crespos no primeiro dia de Fashion Rio. Aqui, a ideia é usar com volume e franja quase até os olhos. A maquiagem é suave e iluminada.

Como todas as maquiagens do primeiro dia, a da Acquastudio é bem suave e assinada pelo beauty artist Robert Estevão. O destaque são os olhos, com sombra dourada quase amarela. O cabelo é preso em um coque amador, como os feitos em casa.


Como a inspiração da Patachou tinha toques orientais, maquiagem e cabelo seguiram uma versão não-literal dessa estética: cabelos presos atrás para um visual limpo na frente e boca vinho.

Com cabelos no rosto, a Alessa teve uma inspiração folk. A maquiagem escolhida por Robert Estevão foi a tradicional ‘cara de bonita’: marrom nos olhos e pele bem cuidada.

O look da Cantão foi uma versão ainda mais natural da beleza da Alessa. O cabelo ficou liso e reto e, no rosto, apenas a pele ganhou tratamento. Nada de sombra ou máscara nos cílios,

Leave a Reply