Sucesso nas passarelas internacionais de verão 2012 e no tapete vermelho de eventos importantes como o último Oscar, o peplum nada mais é do que um babado estrategicamente posicionado um pouco acima dos quadris. Apesar de estar em alta hoje, ele surgiu no final dos glamourosos anos 1930. Por volta de 1941, com o início do racionamento de tecido na Europa, devido à Segunda Guerra Mundial, o peplum foi considerado um verdadeiro inimigo, menos na França, onde seu uso foi tomado como um ato de rebeldia contra os nazistas.

O mais interessante é que o peplum parece surgir sempre em períodos da história entre o excesso e a catástrofe. Assim aconteceu com Christian Dior em sua coleção de verão de 1947, logo depois da Segunda Guerra, com sua inigualável jaqueta Bar. No final dos anos 1980, chamados de “a década perdida” por conta das crises econômicas vividas por diversos países, o babado fez uma nova aparição enfeitando tops, vestidos e saias.

E como não poderia ser diferente, em seu novo retorno o peplum faz sucesso em tempos de crise. Desde 2008, o mundo vem enfrentando uma grande crise financeira, que abate principalmente as economias dos países desenvolvidos. E foi nas passarelas de maior prestígio internacional – localizadas nas nações acometidas pela turbulência econômica, como Estados Unidos, Inglaterra, Itália e França –, que o peplum retornou de forma repaginada em setembro de 2011, durante a temporada de verão 2012. Badgley Mischka, Jason Wu, Giorgio Armani e Yves Saint Laurent foram algumas das marcas que apostaram no saiote. E se enganou quem achou que a moda não ia pegar. Em março deste ano, nos desfiles de inverno 2013, o peplum surgiu novamente em versões discretas, como no desfile de Roland Mouret, mais rebuscadas, como na passarela da Emporio Armani, e até com pegada arquitetônica, como mostrou Mary Katrantzou.

Abaixo, veja diferentes looks com peplum ao longo dos anos e como ele está sendo usado hoje nas passarelas e tapetes vermelhos.

 

 

 

Fonte: MODA SPOT

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags: , , , , , , ,

Leave a Reply