Fotos-Rosa-Cha-Alexandre-Herchcovitch-colecao

Em maio deste ano o mundo da moda recebeu uma notícia importante: o estilista Amir Slama se desligou da Rosa Chá, grife que fundou em 1993, meses depois de vendê-la completamente ao grupo Marisol, que já possuía 75% da marca desde 2006. No seu lugar, e por indicação pessoal, entrou Alexandre Herchcovitch – não só por seu talento e criatividade, mas também por seu prestígio internacional. Afinal, nos últimos anos a grife investiu pesado no mercado externo, onde conseguiu um bom posicionamento no segmento de moda praia.

Agora, em nova fase, a Rosa Chá pretende expandir seus horizontes, intensificar sua atuação no mercado interno e ir muito além do beachwear. Segundo Ronaldo Mattos, diretor executivo da unidade de luxo da Marisol, “a Rosa Chá passou 3 anos com uma forte atuação no exterior, participando da semana de moda de NY, esperando que com isso houvesse uma certa reverberação no mercado nacional”. Contudo, como ele mesmo explica, “no negócio, nas lojas, a gente viu que isso não é tão forte assim”. Justamente por isso neste novo período a grife dá início a um “direcionamento um pouco mais forte para o mercado nacional em termos de comunicação”. O que isso significa? Maior presença nas principais publicações de moda do país, um possível desfile ou eventos de lançamentos aqui no Brasil, e até uma grande loja conceito, que serviria também para reforçar que a marca não é apenas uma grife de moda praia.

Visto no About Fashion

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Leave a Reply