Se depender dos desfiles da semana de alta-costura de Paris, o verão 2018 será mais romântico. Prepare-se para usar laços (e mais laços) nos vestidos de festa da temporada: o efeito decorativista surgiu em profusão nas passarelas de grifes como Chanel, Giambattista Valli e Elie Saab injetando delicadeza imediata a roupas e acessórios.

Na coleção da maison francesa comandada por Karl Lagerfeld, surgem em tom de pink intenso amarrados na cintura ou mesmo arrematando vestidos tomara-que-caia.

Já o rei das festas, Elie Saab, amarrou laçarotes gigantes no pescoço das modelos – truque de styling dramático que acompanhou os vestidos de musselina de seda, chiffon e tule, bordados com motivos geométricos e florais art déco bordados inspirados em Mistinguett, Josephine Baker, Kiki de Montparnasse e outras musas dos anos 1920. Giambattista Valli apostou em laços de cetim sobre seus vestidos espetaculares de tule. Vai se amarrar?

 

Fonte: VOGUE

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Não tem como negar que 2016 foi o ano da gargantilha – peça-chave dos anos 90 que fez seu retorno triunfal pelas mãos de celebridades e influencers. Mas, em 2017, “o jogo vai virar, queridinha”. Colares longos e zero minimalistas vão vir com tudo, no que depender da Chanel, Prada, Givenchy e outras top grifes que investiram no look para as coleções de primavera/verão 2017.

Dica fashion pra não errar no styling: aposte em acessórios no mesmo tom (ou estampa) das roupas, como fez Erin Fetherston e Givenchy.

Já no desfile da Prada o ensinamento é abrir mão de outros acessórios para destacar ainda mais o maxicolar. Nada de anéis e brincos, viu?

Abaixo, Alexis Mabille prova como o dourado é fácil, fácil de combinar. Na dúvida, sempre aposte em colares metálicos.

Fonte: Glamour

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

escape-luxuoso-box

Batizadas de resort ou cruise, as pré-coleções que chegam às lojas em novembro mostram claramente que não tratam mais de roupas que, como indicava o nome, você levaria nas férias, para algum lugar ensolarado do planeta, a bordo de um iate.

Hoje, as marcas mais prestigiosas, pressionadas pela velocidade dos lançamentos – especialmente do fast-fashion e dos e commerces – também aceleram sua produção para seduzir um público que quer apenas renovar o closet.

escape-luxuoso-nota_1

Nesta temporada, cores, formas e estampas, além de muita atitude, sugerem inovação e alguma diversão, mostrando criações de apelo global, mas também em sintonia com as distantes locações escolhidas para seus desfiles, autênticas experiências de escapismo de alto nível para um número reduzido de jornalistas e convidados. Afinal, como já dizia Freud, um pouco de fantasia é elemento indispensável para tornar a vida mais agradável.

escape-luxuoso-nota_2

Assim, a comentada apresentação da Chanel em Havana (Cuba), toda a pompa da Louis Vuitton em Niterói, no Rio, e os cenários nobres da Dior e da Gucci, em Londres, se afastam do cotidiano tedioso (mesmo que não se parta de férias) para disponibilizar roupas que servem tanto para altas temperaturas quanto para qualquer friozinho de ocasião, o que inclui até casaco de pele em desfile.

O exotismo ou o luxo tradicionalista, no caso das apresentações londrinas, acrescentam lustro e interesse aos looks, já que essa é uma temporada que mais confirma do que lança tendências.

escape-luxuoso-nota_3

A mais escapista de que se tem notícia, a década de 70 é resgatada de maneira homeopática, longe da original, com influência de formas radicais e cores saturadas dos anos 80 e 90. Hoje, sabemos, qualquer época na moda é resultado de uma colagem de outras, num exercício cada vez mais intenso de crossing e copy/paste. No resort 2017, nota-se a recuperação do artesanal dos anos 70, que valoriza o que parece ser único, interpretado para o novo milênio.

escape-luxuoso-nota_4

Sempre associados a exuberâncias convencionais, os babados estão de volta, desta vez assumindo ares destemidos, colocando-se nos lugares mais inesperados ou tomando conta da roupa de maneira totalitária.

O crochê também surpreende, ganhando modernidade graças à tecnologia têxtil, e surge em novos contextos para reafirmar sua vocação para o ultrafeminino e o escape. Já a opulência e o vigor da flora tropical dominam até mesmo as coleções das mais poderosas maisons.

escape-luxuoso-nota_5

Camisetas com logo explícito também reaparecem, com os designers estampando na t-shirt sua assinatura para torná-la a mais simples das peças de manifesto de marca. Enquanto isso, o athleisure, que é a tendência de usar no dia a dia as roupas feitas para atividades esportivas, é uma atitude contemporânea – e também tem lá seu espírito escapista ao sugerir recreação no cotidiano.

A moda se apropria desse costume, tornando-o tendência com modelagens originárias das academias e quadras, detalhes como listras nas laterais de shorts e calças ou ainda de forma desconstruída, como fez Nicolas Ghesquière na Louis Vuitton.

O resort 2017 nada tem de discreto: além de seu flerte com o escapismo, parece ter entrado com entusiasmo na era do Instagram e das redes sociais em geral, que privilegia a linguagem extrovertida, ofuscante e extravagante de imagens fortes.

 

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

deu-bandeira-numerado

 

Nas artes plásticas, na música ou em qualquer outra área criativa, os americanos, conhecidos por seu patriotismo, nunca precisaram de “desculpa” para homenagear a bandeira nacional.

Nesta temporada, as listras, cores e estrelas do símbolo máximo dos Estados Unidos migraram com força para as passarelas, trazendo um clima de celebração antecipada ao 4 de julho – em versão deluxe, claro.

As referências surgem não só nas coleções de grifes comandadas por estilistas born in the USA, caso de Marc Jacobs, mas também nas de marcas europeias, como a Lacoste (que fragmentou a bandeira dos Estados Unidos em seus looks) e a Giorgio Armani, que apresentou sofisticada alfaiataria náutica – italianíssima, mas com as cores típicas do Tio Sam.

deu-bandeira-3

 

Para não adotar a tendência de maneira literal, o melhor é apostar num navy revisitado, como fez Armani, e deixar as referências mais explícitas para os acessórios. A bolsa de Marc Jacobs com os elementos da bandeira, que aparece nas mãos da cantora Betty Dito na campanha da grife para esta temporada, já nasce hit e garante estrelas extras ao visual.

deu-bandeira-5

1. Obra Three Flags (1958), de Jasper Johns 2. Sapato Gucci R$ 4.180 3. Look Chanel/ Verão 2016 4. Propaganda da sopa Campbell (1961) 5. Andy Warhol fotografado por Alberto Schommer em 1983 (Foto: Looks de Marc Jacobs/verão 2016 e Lacoste/verão 2016. Na Música: Lana Del Rey, Axl Rose e Madonna)

 

Fonte: Vogue

 

Tags: , , , , , , ,

Comments ( 0 )

val0331

A camisola está de volta – mas esqueça o minimalista e longilíneo slip dress.

Segundo as passarelas de alta-costura, o look noturno da vez é romântico e etéreo, com forte perfume vitoriano. Grifes como Giambattista Valli, Chanel, J. Mendel e Giles Deacon apostam forte na nova trend, que dá um quê de inocência bucólica a looks noturnos (e ousados).

sfsdfdfsd

Em sua passarela de alta-costura inverno 2017, Giambattista Vali investiu pesado no clima etéreo, desfilando a maior gama de interpretações da camisola vitoriana da semana de moda parisiense. Fluidas e volumosas, as românticas criações de Giamba mesclavam também um quê oitentista graças aos conjuntos de calças cigarrete e tops com mangas puff, evolução maximalista do vestuário do século 19.

chanel

Já na Chanel, as camisolas vitorianas aparecem de forma mais sutil. Ao homenagear o savoir-faire dos ateliês da maison, Karl Lagerfeld apresentou uma série de vestidos com decote fechado, mangas bufantes e drapeados românticos. Na cartela de cores, rosa pastel – o resultado é uma interpretação sutil, mas não menos relevante da trend.

arc0107 27-giles-deacon-couture

Fonte: Vogue

 

 

 

 

 

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Isabella Scherer largou a natação para se dedicar ao seu blog de moda e Zoë Kravitz já posou para campanha de marcas como Calvin Klein e Balenciaga. Saiba quem mais está se destacando.

isabella-schererIsabella Scherer
A filha do ex-nadador Fernando Scherer, o Xuxa, até cogitou seguir os passos do pai, mas preferiu deixar as aulas de natação e criar um blog, o The Blonde Cherry, para falar sobre moda e beleza. Na página, a menina de 19 anos divide seus looks do dia, dá dicas de cabelo e maquiagem e faz tutoriais. Os looks estilosos também fazem sucesso no Instagram, rede social em que contabiliza quase 100 mil seguidores.

hailey-baldwinHailey Baldwin
A modelo de 19 anos é filha de Stephen Baldwin, ator e irmão de Alec Baldwin. Ela já vinha chamando atenção há um tempo no mundo da moda: estampou uma campanha da Topshop, desfilou para a Tommy Hilfiger; aparece com frequência na primeira fila de desfiles e costuma apostar em looks ousados para eventos. Além do sucesso no universo fashion, Hailey atrai olhares por ser amiga das caçulas do clã Kardashian, Kendall e Kylie Jenner, e postar fotos no Instagram – rede social em que tem quase 4 milhões de seguidores – ao lado de famosos como Miley Cyrus, Selena Gomez, Jaden Smith e Drake. Recentemente, ela foi apontada com affair de Justin Bieber, já que aparece em várias fotos no Instagram do cantor.

north-westNorth West
Além de esbanjar fofura, North West, filha da socialite Kim Kardashian e do rapper Kanye West, é sempre vista com looks fashion. Suas roupas e acessórios são, muitas vezes, de marcas renomadas, como o casaco marrom da Balmain que ela vestiu sobre a roupa de ballet (foto acima) e as versões miniaturas de bolsas da Chanel e Saint Laurent que leva a eventos. Aos 2 anos, a pequena já tem personal stylist e estrelou um ensaio da revista “CR Fashion Book”, de Carine Roitfeld. “Nunca é tão cedo para se importar com a moda”, registrou Karl Lagerfeld na foto.

zoe-isabella-kravitzZöe Isabella Kravitz
Zöe, de 27 anos, atua e canta como os pais, o cantor Lenny Kravitz e a atriz Lisa Bonet. Além disso, ela tem talento para a moda: já posou para a Coach, Balenciaga e, recentemente, foi fotografada ao lado da mãe para a linha de joias e relógios da Calvin Klein. Sempre vista em fila A de desfiles, ela fez seu debút nas passarelas na temporada de verão 2016 da Semana de Moda de Paris, no desfile da Balenciaga – o último de Alexander Wang, seu amigo, como diretor criativo da grife.

lily-rose-deppLily-Rose Depp
Lily está seguindo os passos da mãe, a atriz Vanessa Paradis, eterna musa da Chanel. Aos 16 anos, ela já desfilou para a marca, foi nomeada uma das embaixadoras e estampou a campanha da coleção de óculos Pear. Fora estar de destacando no mundo fashion, a filha de Johnny Depp se lançou como atriz e já atou em 3 filmes.

willowsmithWillow Smith
Com apenas 10 anos, a filha de Will Smith e Jada Pinkett encantou a todos com a sua voz no sucesso Whip My Hair. A menina também atua, assim como os pais. Desde que se lançou na mídia, ela chama a atenção pelo seu estilo irreverente e ousado – muitas vezes inspirado na cantora Rihanna. Agora com 15 anos, ela tem marcado presença na fila A de desfiles e posou para campanha de Inverno 2016 da grife Marc Jacobs (foto à direita).

sasha-meneghelSasha Meneghel
A filha da apresentadora Xuxa Meneghel e do ator Luciano Szafir roubou todos os flashes ao surgir com um vestido vermelho longo no gala Brazil Foundation. A adolescente de 17 anos estava tão elegante no look da grife Randi & Ralph que foi até comparada com a übermodel Gisele Bündchen. Sasha é discreta, mas está sempre bem-vestida em aparições públicas. Ela quer inclusive seguir a profissão de estilista e já fez estágio na área.

 

Fonte: Marie Claire

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Pelas charmosas ruas da cidade murada de Cartagena, patrimônio colombiano e também da humanidade, peças ultrafemininas, com rendas, babados e laços, se entregam ao poder do branco, ganham a companhia da alfaiataria e a vida dos tons fluo.

tendencia-branco

Na temporada mais quente do ano, looks claros se tornam escolha indispensável. Para repaginar as produções brancas do trabalho ao passeio, a dica é acrescentar peças ou acessórios fluo. O efeito é divertido, mas ainda assim sofisticado.

Acima, paletó, R$ 4.220, e calça, R$ 2.890, 3.1.Phillip Lim à venda na NK Store. Bolsa, R$ 48.460, camélia e pulseira, preço sob consulta, Chanel.

tendencia-branco-3

À esq., camisa Dolce&Gabbana, R$ 2.600. Saia Colcci, R$ 899. Mochila Jansport, R$150. Pulseira Ivana Salume, R$ 195 cada (usadas de diferentes cores em quase todas as fotos). Cinto Birô, R$ 40. Tênis Superga, R$ 250 (usado em quase todas as fotos). Câmera, acervo. À dir., blusa Corporeum, R$ 320. Saia, R$ 1.888, e cinto, R$ 298, Mabel Magalhães. Câmera, acervo.

tendencia-branco-2

À esq., maiô Amir Slama, R$ 450. Calça Printing, R$ 1.180. Jaqueta (amarrada na cintura) Lauf, R$ 258. À dir., vestido Helo Rocha, R$ 5.681.

tendencia-branco-5

Vestido PatBo, R$ 23.973. Mochila Jansport, R$ 130. Pulseiras Ivana Salume, R$ 195 cada. Tênis Superga, R$ 250. Sombrinha e câmera, acervo.

tendencia-branco-4

À esq., camisa Chanel, R$ 8.830. Top, acervo. Calça Lenny Niemeyer, R$ 650. À dir., macacão
NKStore, R$ 1.690. Pulseira de acetato Chanel, preço sob consulta. Pulseiras coloridas, acervo.

tendencia-branco-1

 

A

À esq., vestido Cris Barros, R$ 2.696. Lenço, acervo. À dir., vestido Lino Villaventura, R$ 2.980. Boné New Era, R$ 179. Bolsa Dior, R$ 12.800.

 

Fonte: Marie Claire

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

slip-dress-nas-colecoes-de-pre-fall-2016

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ícone dos anos 90, o slip dress se confirma como a peça must have de 2016. Depois de fazer seu comeback nas passarelas internacionais de verão 2016 e dar pinta nas coleções nacionais no último SPFW de inverno 2016, o modelo com perfume boudoir invade o pre-fall, provando que não deve sair da wish list fashionista tão cedo.

Chanel e Michael Kors exibiram versões glam perfeitas para usar do casamento ao gala. Já Riccardo Tisci levou um toque grunge aos modelos com detalhes rendados da Givenchy ao combinar com parkas e coturnos pesados. Na italiana Philosophy, de Lorenzo Serafini, o vestido-camisola aparece com estampas delicadas e acento boho, para agradar em cheio as mais românticas. Aposte nas layers ou no minimalismo cool à la Kate Moss e atualize o visual com “o” modelo da vez.

Slip dress nas coleções de pre-fall 2016

Slip dress nas coleções de pre-fall 2016

Slip dress nas coleções de pre-fall 2016

Slip dress nas coleções de pre-fall 2016

Slip dress nas coleções de pre-fall 2016

Slip dress nas coleções de pre-fall 2016

 

 

Fonte: Vogue

 

 

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

gargantilha-metalica_1      Deu uma olhada no seu feed do Instagram nos últimos tempos? O que tem de mulher bacanuda postando look com choker metálico é demais! Camila Coelho, Thássia Naves, Juliana Paes e Marina Santa Helena, apresentadora da Mix TV e namorada de Emicida, por exemplo. Lá fora, Jessie J usou a peça-desejo pra viajar de avião na semana passada e Hailee Steinfield cruzou o red carpet do VMA 2015 com uma versão maxi do look.Ah, e claaaro, tem a vilã Atena na novela das 9 “A Regra do Jogo”. E pra não te deixar fora do loop, saiba que Balmain, Chanel e Louis Vuitton mostraram a mesma tendência nos desfiles prêt-à-porter de inverno 2016. Tá esperando o quê, amiga? Vista essa peça now!

1) Atena (Giovanna Antonelli)

giovanna-antonelliGiovanna Antonelli fez sua estreia no primeiro episódio de “A Regra do Jogo”, nessa segunda-feira, com colar dourado de Priscilla Schiavinato (R$ 148,50). A peça foi a cereja do bolo de um look supersexy a la Versus Versace: cortes e recortes de sobra.

2) Hailee Steinfield

hailee-steinfield

Hailee Steinfield ficou uma gata no red carpet do VMA 2015 vestida de jumpsuit branco Stella McCartney. Mas o foco total foi o maxi choker meio futurístico. Fica a dica: a peça dá um up em qualquer produção clean.

3) Juliana Paes

juliana-paes

Qual make usar com a peça? Ju Paes mostra que uma beleza básica fica superchique. Mas olho power, tipo o da Atena, também pode. Aí é só não abusar do batom!

4) Jessie J

jessie-j

Se a tira do colar for fina, por que não usar no look do dia? Ou no caso de Jessie J, no look do aeroporto! A cantora inglesa deixou a produção básica esporte chic com o acessório-desejo.

5) Marina Santa Helena

marina-santa-helena-gargant

E não tenha medo de usar com outros acessórios metálicos, como mostra Marina Santa Helena. Fica ainda mais descolado.

6) Camila Coelho

camila-coelho-maquiagem-roc

Olha aí mais um olho power pra apostar com o acessório, dessa vez pelas mãos da top beauty blogger Camila Coelho. E viu como ela usou outro colar em conjunto? Se for fininho e discreto, superrola. Sobreposição de colares finos é tendência!

7) Thássia Naves

thassia-naves

Tanto a Camila quanto a Thássia estão usando o mesmo colar da Atena na novela. Tratando-se de uma peça tão statement, A nossa dica é fugir de estampas e apostar em looks monocromáticos em tons clássicos como preto, cinza, branco ou vinho, como fez Giovanna Antonelli.

Siga a tendência:

colar-metalico
1) Colar ouro velho, lá no alto esquerdo: Juliana Manzini R$ 142, (11) 5542-6935
2) Gargantilha leão: Cosmopolitan R$ 248, (11) 3062- 4069, contato@nadiagimenes.com.br
3) Colar no meio: Priscilla Schiavinato R$ 148,50, (34) 3219-7010 / @PriSchiavinato
4) Choker no alto direito: Aro Atlantis, da Francesca Romana Diana R$ 250, francescaromanadiana.com.br
5) Gargantilha prata: Steff R$410, (11) 5908.8090

 

Fonte : GLAMOUR

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Enquanto muitos torcem o nariz para a estética dos anos 1990, outros são verdadeiros fãs do visual que reúne muito jeans, a mistura de peças coladas com outras oversized e alguns elementos herdados dos 1980. Quer você ame ou odeie, a verdade é que várias tendências da época estão de volta e pipocam dentro e fora das passarelas. Veja abaixo como algumas delas foram atualizadas e outras usadas exatamente como antes:

Macacão Jeans
A peça unissex, que era queridinha até da boy band ‘N Sync, virou febre novamente há mais ou menos três anos. Primeiro, voltaram os macaquinhos jeans, logo depois, as jardineiras e, agora, o modelo que cobre as pernas inteiras. O macacão remete aos anos 1990 imediatamente e é difícil fazer com que ele perca o ar nostálgico. Vale apostar em blusas e casacos trabalhados para um visual mais moderno.

tendencias-anos-1990-voltaram_1

Tops Curtinhos
O conhecido top cropped também já está na pista há algumas temporadas. O tipo que está fazendo a cabeça das fashionistas no momento, porém, é exatamente aquele que fez sucesso há cerca de vintes anos: justinho, podendo ser regata, de mangas curtas ou longas, como o usado pela fotógrafa Hanneli Mustaparta. A ex-modelo aproveitou para resgatar outra tendência da década com um conjuntinho de mesma cor e material.

tendencias-anos-1990-voltaram_4

 

Jaqueta Jeans Oversized
Para contrastar com as peças coladas, muitas meninas eram fãs das jaquetas jeans folgadas, que pareciam ter sido roubadas do irmão mais velho. Atualmente, aquelas que possuem desenhos animados e outros tipos de bordados estão sendo muito procuradas por quem adora uma peça vintage.

tendencias-anos-1990-voltaram_0

 

Calça Jeans de Cintura Alta

Assim como a jaqueta acima, a calça jeans da época estava longe das skinnys que são moda atualmente. Elas são chamadas de mommy jeans, porque provavelmente sua mãe usava um modelo parecido. De cintura alta, mais reta e ajustada, elas ganharam rasgos expressivos pelas mulheres que adotam o visual em 2015.

tendencias-anos-1990-voltaram

 

Vestido de Alcinhas
O modelo vermelho da Calvin Klein abaixo, usado por Alicia Silverstone em As Patricinhas de Beverly Hills, foi tão marcante, que Rihanna decidiu repetir a dose. Ele é superminimalista, tem alcinhas finas e delicadas e lembra uma camisola. Outros modelos de slip dresses também estão em alta.

tendencias-anos-1990-voltaram_3

Gargantilhas
Também conhecidos como chokers, estes colares eram o acessório mais adorado dos anos 1990. Além da gargantilha de veludo com pingente prateado, também eram sucesso as de plástico, que pareciam tatuagens, as que eram apenas uma faixa preta e também os fiozinhos com strass. Muitas celebridades no red carpet decidiram atualizar a peça e começaram a apostar em versões metalizadas, superelegantes. Ainda assim, os modelos originais também voltaram com tudo.

tendencias-anos-1990-voltaram_2

 

Pochete
Talvez o item mais polêmico da lista, a pochete está fazendo um retorno lento ao mundo da moda. Ainda que tenha surgido na passarela da Chanel e de Marc by Marc Jacobs (foto) em diferentes versões, parece que seu passado como item banido do closet continua presente.

tendencias-anos-1990-voltaram_7

Saia Xadrez
Outra roupa que poderia ter saído do closet de Cher Horowitz é a minissaia xadrez. O item também foi peça marcante no figurino de Liv Tyler no filme Império dos Discos, Uma Loja Muito Louca, junto com os coturnos, especialmente Dr. Martens, outra tendência forte da década. Tanto um quanto o outro voltaram exatamente como antes.

tendencias-anos-1990-voltaram_5

Fonte: M de Mulher

 

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )
Página 1 de 512345