Sabe quando bate aquela preguiça fashion? Vai na solução certeira: truques de styling! Macetes descomplicados e valiosos como um simples nozinho na t-shirt ou até mesmo substituir o lenço pelo cinto podem transformar o outfit básico e atualizar o look que tinha tudo para passar batido no street style. O segredo é apostar em acessórios, bolsas e sapatos poderosos que completam a produção do dia a dia e dão um up nas combinações mais simples.

E como dica boa é dica compartilhada, nada melhor do que abrir o jogo e revelar cinco truques de styling fáceis que sempre nos salvam por aqui. Nos atentamos aos looks das fashionistas que usam a criatividade na moda e roubamos as inspirações práticas para colocar em jogo nas composições diárias. Olha só:

1. Usar um cinto poderoso – e nada básico – e ainda arrematar o look com um lenço para um resultado ainda mais intenso e cool.

2. Dar um nozinho na t-shirt deixa o resultado mais fashion e com uma pegada sexy. Aproveite para marcar a cintura com um cinto poderoso.

3. Que tal deixar o cinto de lado e amarrar o lenço na cintura? O detalhe fica muito mais interessante e ainda deixa o outfit despojado.

4. Combinar cores também é uma boa pedida, o vestido estampado fica ainda mais fun com a bolsa vibrante.

5. Inclua uma meia no look. Deixá-las aparente garante a inspiração sporty!

 

Fonte: STL

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

copenhagen_str_rs17_6079

Do pretinho básico ao floral romântico, toda mulher tem um vestido que é xodó do guarda-roupa mas, diferente da calça jeans, tem sua versatilidade impedida por questões meteorológicas (afinal, não há slip dress que sobreviva às noites frias do inverno). Como usar o mesmo modelo durante as quatro estações do ano? A dica é investir no styling – e nas sobreposições inusitadas.

Confira abaixo uma série de truques infalíveis para você usar o seu vestido favorito o ano inteiro, em todos os lugares.

1. Aposte na gola rulê
Se você tem um vestido favorito de verão e quer poder usar ele no inverno, renda-se à malha de tricô com gola alta. Com perfume 1990s, a peça leva belas doses de estilo até aos mais básicos dos looks; para não errar, basta combinar blusas de caimento justo com vestidos de shape mais solto, sempre em tonalidades contrastantes ou complementares.

copenhagen_str_rs17_6064

2. Vestir uma blusa por baixo do slip dress é sempre uma boa ideia
Este truque é antigo – mas não falha nunca. Para renovar o visual do seu slip dress favorito (seja ele liso ou estampado), vista um top, t-shirt ou blusa  (de manga longa ou curta) por baixo do vestido. Old but gold!

copenhagen_str_rs17_2995

3. Que tal acrescentar uma saia no look?
Saia de couro por cima do vestido? A resposta é sim se você estiver usando um modelo tipo chemise: neste caso, aposte nas versões míni feitas a partir de tecidos estruturados, como couro e vinil.

copenhagen_str_rs17_0097

4. Para eliminar o romance da renda, invista na t-shirt podrinha
Quem não tem medo de ousar, pode fazer o styling “reverso” e vestir um top por cima do vestido. Um modelo longo de renda, por exemplo, pode virar uma peça moderna e nada romântica se combinada a t-shirt oversized e tênis esportivo – basta ficar atenta aos tons e manter-se fiel a uma cartela de cores sóbria.

copenhagen_str_rs17_6044

5. Transforme a camisa estampada em protagonista
Tem um vestido decotado e quer usá-lo no trabalho? A boa dica é vestir uma camisa oversized por cima, usada com os botões fechados até a gola e um cinto delicado, garantindo um shape curvilíneo e delicado.

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

É sabido que acessórios são capazes de transformar uma roupa. Mas, em geral, apostamos em bolsas e sapatos para dar um toque a mais de estilo nas produções para o dia ou para a noite. Na semana de Alta-Costura de Paris, no entanto, foram os cintos que roubaram a cena nas coleções de outono-inverno das grifes mais requisitadas, como Atelier Versace, Elie Saab e Jean Paul Gaultier. Além de funcional, o acessório é extremamente versátil, modernizando os casacões de inverno, dando um ar mais arrojado aos vestidos de festa e ainda afinando a silhueta.

No mesmo tom da roupa ou contrastando, de diferentes texturas e tamanhos, os cintos ganharam status de protagonista até mesmo nos elaboradíssimos vestidos rendados e ornados do mago da Alta-Costura Elie Saab, provando que é possível, sim, incorporar o acessório a um look mais luxuoso. Inspire-se no board abaixo para investir em um cinto poderoso e dar cara nova às suas produções!cintos

Fonte: GNT

Tags: , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Pelas charmosas ruas da cidade murada de Cartagena, patrimônio colombiano e também da humanidade, peças ultrafemininas, com rendas, babados e laços, se entregam ao poder do branco, ganham a companhia da alfaiataria e a vida dos tons fluo.

tendencia-branco

Na temporada mais quente do ano, looks claros se tornam escolha indispensável. Para repaginar as produções brancas do trabalho ao passeio, a dica é acrescentar peças ou acessórios fluo. O efeito é divertido, mas ainda assim sofisticado.

Acima, paletó, R$ 4.220, e calça, R$ 2.890, 3.1.Phillip Lim à venda na NK Store. Bolsa, R$ 48.460, camélia e pulseira, preço sob consulta, Chanel.

tendencia-branco-3

À esq., camisa Dolce&Gabbana, R$ 2.600. Saia Colcci, R$ 899. Mochila Jansport, R$150. Pulseira Ivana Salume, R$ 195 cada (usadas de diferentes cores em quase todas as fotos). Cinto Birô, R$ 40. Tênis Superga, R$ 250 (usado em quase todas as fotos). Câmera, acervo. À dir., blusa Corporeum, R$ 320. Saia, R$ 1.888, e cinto, R$ 298, Mabel Magalhães. Câmera, acervo.

tendencia-branco-2

À esq., maiô Amir Slama, R$ 450. Calça Printing, R$ 1.180. Jaqueta (amarrada na cintura) Lauf, R$ 258. À dir., vestido Helo Rocha, R$ 5.681.

tendencia-branco-5

Vestido PatBo, R$ 23.973. Mochila Jansport, R$ 130. Pulseiras Ivana Salume, R$ 195 cada. Tênis Superga, R$ 250. Sombrinha e câmera, acervo.

tendencia-branco-4

À esq., camisa Chanel, R$ 8.830. Top, acervo. Calça Lenny Niemeyer, R$ 650. À dir., macacão
NKStore, R$ 1.690. Pulseira de acetato Chanel, preço sob consulta. Pulseiras coloridas, acervo.

tendencia-branco-1

 

A

À esq., vestido Cris Barros, R$ 2.696. Lenço, acervo. À dir., vestido Lino Villaventura, R$ 2.980. Boné New Era, R$ 179. Bolsa Dior, R$ 12.800.

 

Fonte: Marie Claire

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

A Semana de Moda de Paris acabou. Foram mais de 50 desfiles. Nove dias de evento. Duas reestreias cheias de frisson: a de Raf Simmons na Christian Dior e a de Hedi Slimane na Saint Laurent Paris. Muitos looks, acessórios mil e algumas tendências consolidadas.

Em clima de retrospectiva, elegemos as sete peças-chave da temporada turbinadas por dicas para você incluí-las (sem medo de errar e o quanto antes!) em suas produções de todas as horas!

Ranking: 19 desfiles.

Bola da vez: os mais amplos de corte bem reto, com lapela fina ou os sem lapela.

A cara do verão 2013: os de manga curta com decote transpassado.

Coringa: os paletós ajustados ou acinturados, coloridos com modelagem de peplum e bicolores de decote profundo.

No trabalho: vale a pena investir em looks 100% alfaiataria. Uma boa ideia é aliar camisa de seda, calça de corte reto ou saia e paletó. Lembrando que os visuais monocromáticos estão em alta.

No happy hour: use o paletó para dar um up em camisetas, tops, jeans e shorts. E, claro, abuse das bijoux.

Na balada: invista em versões do paletó com mais brilho. Uma dica? Substituir aquela jaqueta que você tanto ama por ele. As minissaias formam uma dupla imbatível ao lado de versões mais compridinhas, tipo boyfriend e são excelentes pedidas para substituir um vestido.

Alerta vermelho: nunca use essa peça sem passar.

Ranking: 14 desfiles.

Bola da vez: os retos, de comprimento nos joelhos e com ombros estruturados.

A cara do verão 2013: os estampados. Aqui, valem prints florais, gráficos e diferentes tipos de xadrez.

Coringa: os esportivos college – uma versão quente da jaqueta college que virou hit no inverno.

No trabalho: com o colete, você consegue reverter toda a ideia do terno para o verão. O duo saia + colete é uma ótima opção. Invista na alfaiataria leve para passar o dia inteiro bem fresquinha.

No happy hour: quebre a monotonia com os modelos utilitários ou esportivos em couro, compondo produções com peças bem coloridas, transparentes e fluídas. Assim você ganha em modernidade no ato.

Na balada: use os alongadinhos, eles são puro glamour. Ficam bem com saias mídi justíssimas e calças bootcut. Usar o colete longo aberto junto de um top com decote valoriza o colo e alonga a silhueta.

Alerta vermelho: coletes curtos combinados a cinturas mais baixas nem sempre caem bem.

Ranking: 13 desfiles.

Bola da vez: quanto mais grosso, melhor. Não tenha medo!

A cara do verão 2013: os arredondados com aplicações metalizadas.

Coringa: o preto de tressê.

No trabalho: opte por modelos em couro e de tons mais sóbrios. Vale aliá-los a paletós, camisas e calças – ou saias – de alfaiataria.

No happy hour: invista em cintos mais trabalhados, com um jogo de cores que levante o seu visual. Bons cintos são quase joias hoje em dia.

Na balada: abrace com tudo os metalizados gigantes e combine-os com peças de silhueta bem alinhada e sexy, seguindo a linha do corselet.

Alerta vermelho: esqueça os modelos de elástico aparente!

Ranking: 11 desfiles.

Bola da vez: as amplas de cintura média.

A cara do verão 2013: as transparentes para usar com bermudinha de cotton, ou hotpants para as mais ousadas.

Coringa: a de alfaiataria reta, combina com tudo.

No trabalho: tente combinar a sua calça cropped com sandálias ou sapatos com tira no tornozelo. O modelo é mais abusado do que o conhecido escarpim e traz modernidade para o look.

No happy hour: as de modelagem reta ou justinhas são mais informais e funcionam muito bem ao lado de tops amplos. Valem os modelos de algodão ou sarja.

Na balada: procure por modelos de tecidos acetinados ou transparentes. Brilho, noite e sensualidade tem tudo a ver.

Alerta vermelho: a calça cropped termina um pouco antes dos tornozelos, e não logo abaixo dos joelhos.

Ranking: 10 desfiles.

Bola da vez: os cheios de aplicações.

A cara do verão 2013: os de efeito tressê.

Coringa: o de couro envernizado.

No trabalho: não tenha medo de excessos. Se seu look for normalmente mais sóbrio, os casacos texturizados de couro são ideais. Aqui, inclui-se os bichos fake tipo cobra e jacaré.

No happy hour: aposte naquele com aplicações de flores de seda e bordados à maquina. Ah! Combine-os com estampas – esse é o novo hype.

Na balada: os com aplicações de pérolas em tecidos metalizados e os mais amplos dão a dose de glamour exata para o seu look.

Alerta vermelho: evite muitas bijoux.

Ranking: 9 desfiles.

Bola da vez: os modelos de cintura baixa.

A cara do verão 2013: as de tons claros, como branco, off-white, nude…

Coringa: as pretas de alfaiataria e cintura altinha.

No trabalho: crie um contraponto à amplitude da baggy com top mais justo e cinto.

No happy hour: o look total oversized é a riqueza entre as mulheres despojadas que preferem tudo largo.

Na balada: o tipo baggy de cintura bem alta fica excelente com tops cropped.

Alerta vermelho: não é todo tipo de corpo que aceita uma calça baggy, do mesmo jeito que ela disfarça, também deixam formas indesejáveis em evidência.

Ranking: 7 desfiles.

Bola da vez: as de linho orgânico bem levinhas e transparentes.

A cara do verão 2013: as acetinadas porque são muito mais fresquinhas.

Coringa: os modelos de chuva, tipo Sherlock, que agora surgiram desconstruídos.

No trabalho: invista nos clássicos de chuva, tipo Burberry, que combinam com tudo e arrematam bem qualquer look. Os tons da vez? Cáqui, marinho, bege e preto.

No happy hour: pense em peças estampadas e fluídas que vão trazer movimento para o seu visual.

Na balada: as capas mais impactantes, por favor. A de verniz rosa da Miu Miu promete ser um grande must-have – mesmo que vá passar a maior parte do tempo na chapelaria.

Alerta vermelho: capas geralmente são longas, mas as que arrastam no chão podem provocar grandes gafes e acidentes.

Fonte: ELLE

moda, modos de usar, como usar, peças-chave, semana de moda de paris, desfiles, looks das passarelas, paletó, alfaiataria, verão 2013, roupa para o trabalho, roupa para a balada, roupa para o happy hour, colete, cinto, cinturão, calça cropped, casaco texturizado, capa, trench coat, pantalona, calça baggy

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )


A grande maioria das mulheres tem na região imediatamente abaixo dos seios a parte mais estreita do corpo (inclusive porque geralmente o quadril é mais largo). Nesse caso, apertar a roupa nessa ocasião com o cinto ou com modelos tipo impéio é interessante pois marca uma região mais magra.

Mas você deve ajustar abaixo do seio (sem apertar demais!) e usar uma peça que caia soltinha, tipo bata ou evasé, pata não marcar a barriga. O comprimento também deve ser mais largo que a linha do quadril para não mostrar a barriguinha!

Os cintos largos ficam bem e estão na moda, mas cuidado com os modelos de elástico, a ideia não é apertar o corpo e sim ajustar a roupa à silhueta.

Tags: , , ,

Comments ( 0 )