A temporada de semanas de moda internacionais já está na metade e nós, look stealers que somos, estamos desde o primeiro dia de olho em quais tendências apostaremos nossas fichas e o que podemos aprender das grandes maisons e dos melhores clicks do street style.

As semanas de moda são o momento perfeito para se jogar e apostar em produções que talvez não funcionem tão bem para os looks do dia-a-dia. Prova disso, são as combinações de cores que aparecem tanto na passarela, como nas ruas.

Logo, hoje viemos te mostrar 6 formas de como não errar combinando cores, sejam elas neutras ou nem tanto. Vem ver:

Para não errar na hora de combinar e misturar cores, aposte em um mix de cores quentes. Como tons de laranja, vermelho, marrom, bege, e assim vai.


Quer adicionar pontos de cor no seu look e tem medo ou não pode ousar muito? Aposte em acessórios de cores inesperadas!

Misturar cores opostas do circulo cromático, como roxo com amarelo ou azul com laranja, é um bom caminho para um look estiloso, equilibrado e harmônico.

Ainda é um pouco insegura na hora de combinar cores? Aposte em peças estampadas e adicione cores a partir da cartela encontrada na estampa. Assim fica impossível errar.

O ton sur ton é usarmos vários tons da mesma cor, e é um truque perfeito para quem prefere manter uma pegada mais básica e clássica na produção.

Se você quer se jogar nas cores, aposte no color-blocking! Ele nada mais é do que adicionar blocos de diversas cores no mesmo look. Se jogue e se sinta livre na hora de montar as combinações, no color block não tem regras!

Fonte: STEALTHE LOOK

Tags: , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

oitentista-qual-e-a-sua-1

                 

Shantung, tafetá, veludos e brocados maximalistas farão seu guarda-roupa brilhar – inclusive à luz do dia. À noite, troque bordados por amarrações de moulage criadas a partir de tecidos igualmente encorpados.

oitentista-qual-e-a-sua-2

Luz própria
Decoração de cristal com os dois pés no kitsch enfeita escarpins e mules de salto fino revestidas de cetim em tons preciosos – para as mais ousadas, vale arriscar o recurso no make.

No guarda-roupa: PatBo e peças Saint Laurent da época adquiridas na vintage store Decades, em LA.

Onde encontrá-la: no Frank Bar, dentro no hotel Maksoud Plaza, ícone dos anos 80 em São Paulo.

Sonha ser: Sabine Getty, quem melhor encarna a alfaiataria power oitentista nas primeiras filas atualmente.

O que faz secretamente: ouve os hits antigos de Madonna e experimenta todas as cores de sua paleta de sombras.

oitentista-qual-e-a-sua-3

Acessórios para mergulhar no mood
Aposte em cinto largo com fivela de metal – inclusive sobre minivestido – para incorporar a cintura dramática que era onipresente na década. O veludo molhado colorido aparece agora em ótimos sapatos de salto grosso. Troque os clássicos brincos de argola dourados por versões que combinam pedras de cores e lapidações diferentes.

oitentista-qual-e-a-sua-4

True colors
Musa absoluta dos 80, Diana quebrou todos os protocolos reais, abraçando a moda de vanguarda e mostrando que princesa também sai suada da academia

oitentista-qual-e-a-sua-5
Da esquerda para a direita: Suéter Decorado: Emilio Pucci, Tartan: Barbara Bui e Decote ombro a ombro: Moschino (Foto: Divulgação)

 

Fonte: Vogue

 

 

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

A Semana de Moda de Londres é conhecida como a mais sóbria das fashion weeks. Os desfiles têm sempre um toque moderno, mais sério e sofisticado. E, mesmo sendo a temporada de verão, jaquetas e calças são destaque. Por esse motivo, as passarelas surgiram recheadas de alfaiatarias descontruídas e em shapes inovadores, recortes transgressores e peças de muita atitude. Dessa amostra avant garde, as editoras  elegeram os looks, itens e silhuetas que vão fazer sucesso nas ruas. Anote!

20150923_lfw_oqvestir_01

Mary Katrantzou, Barbara Casasola, Roksanda Ilincic.

Blazers e coletes apareceram em versões máxi, de pegada boyfriend. O mix com saia de fenda deixa o look feminino. Mas, no geral, as peças foram usadas criando contrastes com calças fluidas, no melhor estilo office cool.

20150923_lfw_oqvestir_02

Barbara Casasola, Erdem e Issa.

As passarelas de Londres confirmaram a maior tendência da temporada: o decote ombro a ombro vem com tudo! Aqui, em versões mais minimalistas, fugindo do toque romântico do babados. Ainda mais fresh, o detalhe surgiu também em tops cropped.

20150923_lfw_oqvestir_03Jonathan Saunders, Roksanda Ilincic, Paul Smith.

O toque delicado das passarelas ficou por conta de slip dresses de shapes mais soltinhos e barras assimétricas. Fugindo do óbvio, os modelos trouxeram um color blocking fun, dando aos looks passagem livre para festas durante o dia.

20150923_lfw_oqvestir_04Christopher Kane e Topshop Unique.

Se o mood atual pede calças flare com barras bem largas, as passarelas londrinas foram na contramão, apostando nos modelos cigarettes. Mais sequinhas e parando acima do joelho, os modelos fizeram par com camisas de alfaiataria delicada.

 

Fonte: Blog OQVestir

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

etnico3

 

Após o reinado das cores sólidas em produções monocromáticascolor blocking, as estampas estão invadindo o guarda-roupa das mulheres. E, em meio a ascensão de estilos que misturam folk, indie e boho,estampa étnica é uma das grandes promessas dessa e da próxima temporada.

Os motivos étnicos pegam carona no sucesso da tendência das estampas geométricas, mas com uma pegada bem mais descontraída e urban. Inspiradas nos desenhos das civilizações maia e asteca, a estampa étnica brinca principalmente com cores extravagantes e, por outras vezes, com os tons sóbrios da temporada: preto & branco.

etnico2

Nos desfiles nacionais, a estampa étnica ganhou destaque na coleção verão da carioca OH BOY!, que soube trabalhar muito bem a tendência. Tão bem que, apesar de serem looks de passarela, as produções cabem perfeitamente em eventos casuais.

A dica para não errar é investir em cores sólidas, e principalmente neutras se a estampa for colorida, para combinar. Vale ainda investir em acessórios poderosos e, para quem quiser arriscar, em um mix’n’match com a estampa étnica e outras opções. Inspire-se:

etnico1

 

Fonte: AREMO

 

Tags: , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

combinar01

Se não quiser cair no lugar-comum, a escolha do esmalte ideal para um look de festa exige criatividade, senso estético e um pouco de ousadia. Inspire-se em nossas sugestões:

. Barroco: Vestidos super-rebuscados como este Balmain (foto acima), cheio de detalhes e texturas, ficam mais elegantes quando combinados a um esmalte clarinho, mas com bastante brilho, como o Beyond Cozy, US$ 8 (R$ 16),da Essie, um prata antigo com micropartículas de glitter.

. Color blocking: Escolheu um vestido de cor ultravibrante? Fuja do óbvio e opte por um esmalte de tom oposto ao da roupa, mas que seja complementar segundo a tabela de cores. No caso do longo amarelo Rachel Roy usado por Solange Knowles, o roxo é a escolha ideal, como o Vernis in Love cor 481, R$ 75, da Lancôme.

. Cyber: Para compor um visual futurista como o de Gwyneth Paltrow, que foi ao Baile do Met de 2012 de míni prateado Prada, aposte em unhas metálicas em tom mais escuro e da mesma família da cor da roupa – o prata de Gwyneth ficaria ótimo com o Petróleo, R$ 5, da Cocarte.

. Poderoso: O look de Poppy Delevingne já tem bastante informação, e ela acertou ao apostar no make simples, mas com batom vermelho: impactante sem ficar over. Um clássico esmalte no mesmo tom, como o Fire, R$ 29, da NYX, completa a produção.

esmaltes_02

. Girlie: Se o vestido for neutro com bordado colorido, como o Chanel do resort 2012-2013 usado por Emma Stone, que tal escolher uma cor de esmalte que combine com esse detalhe? Nossa sugestão é o Fúcsia, R$ 3, da DNA Italy.

. Novo neutro: O vestido givenchy couture de Anne Hathaway tem shape que lembra Vionnet e é todo com minipérolas. O decote inusitado confere ar sexy e pede um esmalte sóbrio e elegante, mas de personalidade, como o na cor Trend, R$ 5, de Ana Hickmann.
. Vibrante: Prepare-se para uma invasão pink na moda – a cor foi unanimidade na última temporada de desfiles no Hemisfério Norte e apareceu nas passarelas da Lanvin (foto acima) e Dior. Para sair do lugar-comum, Vogue recomenda: combinar o rosa do vestido com o esmalte azul Bic vibrante Bleu Majorelle, R$ 78, da YSL.

. Geométrico: Escolher o esmalte que mais combina com uma roupa toda listrada, como a deste inverno de Vitorino Campos, não é nada fácil. Para não errar,mantenha as unhas na mesma cartela de cor do look – nesse caso, ficaria ótimo o terroso levemente metálico (como o tecido) Segunda de Paetês, R$ 3, da Avon.

 

Fonte: VOGUE

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

O WGSN preparou um guia de compras para o verão 2012. Com a temporada de liquidações batendo à porta, é uma boa oportunidade para rever quais são as macrotendências, as cores, cortes e peças chave da estação e garimpar looks na medida para curtir a estação. O futurismo aparece nas linhas retas, no brilho dos metalizados e dos paetês e no toque Mad Max de algumas produções. E as cores fortes continuam com tudo. Aproveite já, antes da temporada de frio começar!

Se você não quer arriscar um look total em amarelo ou azul, por exemplo, escolha um ponto, um acessório ou uma peça para investir no tom forte. As mesmas cores, em tons lavados, podem se tornar uma alternativa.

 

Emilio de la Morena spring/summer 2011

Emilio de la Morena spring/summer 2011

O color blocking também aparece como uma opção forte para as festas. Verdes, amarelos, roxos e azuis dão o tom às noites de balada. As mais ousadas podem apostar num mix de cores fortes (inclusive nos acessórios).

Acessórios fortes, com detalhes inusitados, que tornam o look moderno no ato, são boas pedidas. Construções com um toque de excentricidade são bem vindas.

WGSN

Carolina Herrera spring/summer 2011 / Tommy Hilfiger spring/summer 2011

Carolina Herrera spring/summer 2011 / Tommy Hilfiger spring/summer 2011

Atenção aos decotes, assimétricos, com novas amarrações. Eles estão com tudo nesta temporada. Bons exemplos nas coleções de Yigal Azrouel, J.Mendel e Erin Featherston.
As assimetrias, aliás, percorrem também as silhuetas dos vestidos.

Yigal Azrouel / WGSN / J.Mendel

Yigal Azrouel pre-summer 2012 / J.Mendel pre-summer 2012 / Erin Featherstone for Erin pre-summer 2012

Yigal Azrouel pre-summer 2012 / J.Mendel pre-summer 2012 / Erin Featherstone for Erin pre-summer 2012

WGSN/ J.Mendel / Derek Lam

Diane von Furstenberg pre-summer 2012 / Derek Lam pre-summer 2012 /  DKNY pre-summer 2012

O toque vintage também tem espaço neste verão. A paleta de cores é inspirada em filmes antigos. As estampas também garantem o tom nostálgico. A influência mais forte vem das décadas de 1950 e 1970, especialmente nas coleções resort. Os lenços de seda coloridos, amarrados na cabeça, e os chapéus reforçam o estilo lady like.

Numéro Tokyo, June 2010

Os looks mais formais são um pouco pretensiosos e com um certo mood decadente. O ar glamouroso fica por conta das cores e estampas. Os vestidos continuam fortes também nesta vertente, mas balanceados com camisas, saias e calças.

Tank volume 6 issue 4 / The Room spring/summer 2010

The Room

The Room

WGSN

Jonathan Saunders spring/summer 2011 / Mulberry spring/summer 2011

Jonathan Saunders spring/summer 2011 / Mulberry spring/summer 2011

A alfaiataria estampada em looks totais também tem força (e um certo espírito dos anos 1970, época em que os “conjuntinhos” ganharam fama).

WGSN / Tush autumn/winter 2010/2011

Diane von Furstenberg spring/summer 2010 /

Diane von Furstenberg spring/summer 2010 /

Na mesma onda retrô, entram alguns florais em looks bem comerciais. Estampas que imitam pinturas e listrados também marcam presença.

WGSN / The Room

Marni spring/summer 2010 / The Room spring/summer 2010 / Clements Ribeiro spring/summer 2011

Marni spring/summer 2010 / The Room spring/summer 2010 / Clements Ribeiro spring/summer 2011

Invista sem medo nas calças estampadas, como mostraram Louis Vuitton, Jill Stuart, Gucci e Marc Jacobs. As jaquetas cropped (curtinhas), itens chave nas coleções da Erdem e de Antonio Marras, e as saias com cortes diferenciados são bons investimentos.

Louis Vuitton / Jill Stuart

Louis Vuitton pre-summer 2012 / Jill Stuart pre-summer 2012

Louis Vuitton pre-summer 2012 / Jill Stuart pre-summer 2012

Gucci / Marc Jacobs

Gucci pre summer 2012 / Marc Jacobs pre-summer 2012

Gucci pre summer 2012 / Marc Jacobs pre-summer 2012

Erdem/ Francesco Scognamiglio/ Antonio Marras

Erdem pre-summer 2012/ Francesco Scognamiglio pre-summer 2012/ Antonio Marras pre-summer 2012

Erdem pre-summer 2012/ Francesco Scognamiglio pre-summer 2012/ Antonio Marras pre-summer 2012


O tricô tem lugar de destaque nesse verão. Em especial, o macramê. O efeito tie dye, incluindo o ombré e as cores lavadas, trazem um efeito moderno ao trabalho. Atenção ao mix de padrões e aos tecidos naturais, inclusive o couro, tratado com leveza.

WGSN / www.scotttrindle.com

Matthew Williamson spring/summer 2011 / Gucci spring/summer 2011 / Photography by Scott Trindle

Matthew Williamson spring/summer 2011 / Gucci spring/summer 2011 / Photography by Scott Trindle

WGSN

Proenza Schouler pre-fall 2011 /

Proenza Schouler pre-fall 2011 /


BCBG Max Azria e Derek Lam apostaram nos decotes amarrados ao pescoço nos vestidos de verão. Linhas simples e despojadas também marcam as produções, sempre repletas de cores fortes e com motivos étnicos. O crochê marcou presença na Dior.

BCBG Max Azria / Derek Lam / Dior

BCBG Max Azria pre-summer 2012 / Derek Lam pre-summer 2012 / Dior pre-summer 2012

BCBG Max Azria pre-summer 2012 / Derek Lam pre-summer 2012 / Dior pre-summer 2012

WGSN / Vionnet / Yves Saint Laurent

Diane von Furstenburg pre-summer 2012 / Vionnet pre-summer 2012 / Yves Saint Laurent pre-summer 2012

Diane von Furstenburg pre-summer 2012 / Vionnet pre-summer 2012 / Yves Saint Laurent pre-summer 2012
Fonte: MODA SPOT

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )