As coleções de primavera-verão 2010/11 brasileiras apresentam sandálias com cabedais bem fechados, como peep toes abotinados, sandal e opens boots. Confira…

Bottero traz solados em materiais naturais, como madeira e cortiça. Os cabedais trazem couros lisos e com texturas de cobra, além de tecidos com estampas, laços, pérolas, tachas, fivelas. A cartela de cores abre espaço para tons terrosos, nude, oliva e caramelo.

Paquetá apresenta construções em couros vazados, cobra fosca nobucada, couro atanado e camurça. Os saltos médios tem base um pouco mais larga, e aplicações de tachas, correntes e zíperes de metal. A linha ainda mostra peças rústicas, em tons naturais e couros transpassados e dourados.

Inpirada no romantismoVia Marte alcança variados formatos com detalhamento de flores e pedras. Os formatos aparecem em aplicações de tachas, fivelas, cadarços e metais. Cartela de cores apresenta tons terrosos, branco, malva, turquesa e cereja.

Inovando com conceito customização em calçadosMelissa + Gaetano Pesce traz estes círculos vazados, ligados entre si apenas por suas bordas. O modelo se transforma com a criatividade do consumidor utilizando uma tesoura.

Na Europa, a coleção de inverno 2010/11 ALDO by Julian Louie mostra que ainda haverá fôlego para estes modelos fechados e pesados nas próximas estações. Estão são feitos com camurça e tecidos, ganhando estética tribal.

Fonte: USEFASHION

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 2 )
Coleção Buddha Beach traz peças em malha PET e estampas urbanas
A Speedo se uniu ao movimento grafite para apresentar a coleção Buddha Beach 2010. Para o lançamento dos produtos, um evento realizado na semana passada traçou o conceito da linha, que tem preocupação ambiental e é ligada ao estilo urbano.
“Para esta coleção, foi escolhida a malha PET como principal material. Produzida com 50% de poliéster reciclado, ela simboliza um tema atual das grandes cidades: o reaproveitamento do lixo”, explica Renato Hacker, diretor de marketing da Speedo.
As peças da coleção são casuais: camisetas soltinhas para o público feminino e T-shirts para o público masculino. A bolsa reversível, com bolso frontal e alças vermelhas, completa os lançamentos.
Nos detalhes, destaque para o efeito devorê. Com cores claras, predominantemente tons crus, os lançamentos trazem desenhos de Paulo Ito e Ciro Schu.
“Percebemos uma grande proximidade dos consumidores com a arte do grafite e a preocupação com o ambiente. Decidimos criar um conceito que misturasse a alegria da praia com o clima um pouco mais sério e sóbrio das metrópoles”, comenta Allan Goldberg, coordenador do projeto.

Coleção Buddha Beach traz peças em malha PET e estampas urbanas

coleção-buddah beach-pet-speddo

A Speedo se uniu ao movimento grafite para apresentar a coleção Buddha Beach 2010. Para o lançamento dos produtos, um evento realizado na semana passada traçou o conceito da linha, que tem preocupação ambiental e é ligada ao estilo urbano.

coleção-speedo-buddah beach-pet-blusa

“Para esta coleção, foi escolhida a malha PET como principal material. Produzida com 50% de poliéster reciclado, ela simboliza um tema atual das grandes cidades: o reaproveitamento do lixo”, explica Renato Hacker, diretor de marketing da Speedo.

eco-bag-speddo-buddah beach

As peças da coleção são casuais: camisetas soltinhas para o público feminino e T-shirts para o público masculino. A bolsa reversível, com bolso frontal e alças vermelhas, completa os lançamentos.

coleção-speedo-buddah beach-blusa

Nos detalhes, destaque para o efeito devorê. Com cores claras, predominantemente tons crus, os lançamentos trazem desenhos de Paulo Ito e Ciro Schu.

“Percebemos uma grande proximidade dos consumidores com a arte do grafite e a preocupação com o ambiente. Decidimos criar um conceito que misturasse a alegria da praia com o clima um pouco mais sério e sóbrio das metrópoles”, comenta Allan Goldberg, coordenador do projeto.

fonte: www.usefashion.com.br

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 1 )