Usar peças que não valorizam o corpo só porque está na moda não faz o menor sentido assim como sair de casa com sapatos que machucam os pés. O que as it-girls e famosas valorizam agora é o bem-estar. Saiba como as celebridades fazem para se manterem elegantes sem abdicar do conforto.

diane_kruger

USE ACESSÓRIOS
Um ou dois acessórios são suficientes para montar um look elegante e despretensioso para o dia a dia. Diane Kruguer, segundo o site “Who What Wear”, apostou em um par de brincos discretos e um óculos escuro estiloso.

olivia_palermo

 

MISTURE ESTAMPAS
As famosas que gostam de sair do básico não têm medo de misturar várias estampas para criar um visual divertido. Quando feito corretamente, este truque não deixa o look confuso, como fez a it-girl Olivia Palermo.

alexa_chung

APOSTE NO BRANCO
Não tem como errar. Assim como o pretinho básico, o branco é a escolha correta quando o objetivo é se destacar em uma foto. A tonalidade não sai de moda, é moderna e elegante.

maria_casadevall

 

NÃO LEVE A MODA TÃO A SÉRIO
A diversão é, também, uma tendência recorrente entre as famosas, especialmente aquelas que não levam a moda tão a sério o tempo todo. A dica é usar o que você realmente se sente bem.

kate_middleton

 

REPITA A ROUPA
Não há nada errado em repetir a mesma calça, saia, camisa, vestido, bota, ou qualquer outra peça do guarda-roupa. Todos os ícones da moda atualmente, como Kate Middleton e Kim Kardashian, fazem isso e sem a menor preocupação.

rihanna_4

USE TÊNIS PARA SAIR
Já basta ter que usar salto no trabalho! no fim de semana, a palavra chave é conforto. Pelo menos é assim que pensam muitas famosas que não dispensam um par de tênis estiloso para sair de casa.

Fonte: Marie Claire

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Ao longo dos anos, acompanhamos a evolução artística das famosas – sejam elas atrizes, cantoras, modelos… Mas, quando paramos para ver, os anos se passaram e aquele ídolo de tempos atrás não é mais o mesmo, e não apenas por causa da arte. O estilo delas também muda (e muito!), é óbvio, mas você já parou para pensar nas mudanças megaradicais pelas quais algumas famosas passaram? A gente já, e reuniu todas na galeria abaixo:

 Christina Aguilera começou a carreira investindo no street style, passou pelo burlesco e, hoje, usa roupas justas mesmo com suas formas… maiores. / Foto: Agência AP
  Katie Holmes já teve o cabelo de todos os comprimentos e, no início de carreira, usava roupinhas sem sal. Hoje, se tornou fashionista fervorosa e dita moda por aí, inclusive com a ajuda da filhinha Suri, um primor de estilo. / Foto: Agência AP
Emma Watson era, para todos, a criança bonitinha que interpretava a Hermione de ‘Harry Potter’. De uma hora para a outra, cortou o cabelo no estilo ‘Joãozinho’ e virou ícone fashion, além de se aventurar em empreitadas como estilista. / Foto: Agência AP
 Kristen Stewart chocou todo mundo quando apareceu no tapete vermelho usando all star. Mas, com o crescimento da fama, virou peruinha e hoje aparece superelegante e cheia de pose. / Foto: Agência AP
Victoria Beckham alcançou o estrelato com o fenômeno Spice Girls, a síntese de toda aquela breguice gostosa dos anos 90, e hoje – quem diria – virou estilista e também ídolo das meninas ligadas em moda. Chiquérrima! / Foto: Agência AP

 Nicole Kidman não mudou muito de rosto ao longo dos anos, mas seus cabelos… quanta diferença! / Foto: Agência AP

Tags: , , , , , , , ,

Comments ( 0 )


No interior de Goiás, uma promotora de justiça está travando uma batalha contra donos de confecções, contadores, policiais e fiscais da Receita.

Ela acusa fabricantes de roupas de falsificar grifes famosas, vendidas depois para todo o país.

A promotora Juliana França passou a sofrer ameaças depois que começou a investigar, há um ano, um esquema de falsificação de roupas na cidade de Jaraguá, que fica a 120 quilômetros de Goiânia.

“O pneu do meu carro foi rasgado com canivete. A minha cachorra foi envenenada, jogaram uma cobra na minha casa”.

No fórum recém-construído, o depósito com os produtos apreendidos já está lotado de matéria-prima e roupas falsificadas de marcas conhecidas, nacionais e internacionais. Entre elas 100 mil peças apreendidas em janeiro que estavam em 30 depósitos espalhados pela cidade.

Um deles escondia atrás da fachada de uma casa, a poucos metros do fórum. Em uma operação, a máquina de costura foi apreendida justo na hora em que as camisas eram bordadas com a marca de uma grife famosa.

Segundo os investigadores, a máquina e as roupas que estavam sendo bordadas pertencem a Cláudio Crisóstemo, que é dono de uma confecção na cidade. Ele nega produzir roupas falsas.

“O povo está fazendo tempestade em copo d´água, coisa que não existe, ou, às vezes, um e outro está difamando a cidade inteira”, afirma Cláudio.

Em outra confecção, também investigada por falsificação, o dono não permitiu a entrada da equipe do Jornal da Globo. João Alberto Ribeiro, que responde ao processo em liberdade, também alega inocência.

Segundo o Ministério Público, a indústria de falsificação em Jaraguá chega a produzir um milhão e meio de peças por mês. 80% dos 800 fabricantes de roupa da cidade estariam envolvidos com a pirataria.

Na lista dos investigados estão 41 pessoas: são donos e gerentes de confecções, fornecedores de peças, fiscais da Receita, contadores e até policiais estariam agindo como informantes, fornecendo dados sobre operações de combate à pirataria ou ajudando a esconder a produção ilegal.

Apesar dos fortes indícios, na cadeia de Jaraguá não existe nenhum preso condenado por algum tipo de envolvimento com a falsificação de roupas.

O Ministério Público e a polícia civil ainda estão investigando esse comércio ilegal para concluir o que já está sendo chamado de o maior inquérito aberto até hoje na cidade sobre o assunto.

No inquérito foram incluídas conversas telefônicas gravadas com autorização da Justiça.

Comprador: “eu trabalho aqui na região do Tocantins”;
Falsificador: “certo”;
Comprador: “ele disse que você fornece, que você faz uma calça boa, né?”;
Falsificador: “ahã!”;
Comprador: “é marca própria ou é só falsificada, Mário?”;
Falsificador: “uai, tenho as duas”.
Mesmo depois de flagradas, produzindo roupas piratas, as confecções voltam a funcionar. Sinal de que só a fiscalização já não intimida mais.
Compradora: “e aí, pegaram roupa sua?”;
Falsificadora: “pegou, uai!”;
Compradora: “mesmo?”;
Falsificadora: “pegou foi de todo mundo aqui!”;
Compradora: “nossa!”;
Falsificadora: “então, agora na semana que vem a gente começa, está começando de novo, semana que vem já tem de novo, né”.

“Isso é vergonhoso para a cidade e para os cidadãos de bem que estão de certa forma presos nessa cadeia de falsificação mais que tem a possibilidade de passar para a legalidade e conviver de uma forma tranquila, pacífica, sem medo de mais cedo ou mais tarde baterem na sua porta e fazer uma apreensão de mercadorias ilícitas em sua casa”.

Visto G1

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 2 )

Danielle Winits, Mariana Rios e Vitória Frate mostraram que estão antenadas com o estilo da próxima estação

As famosas já embarcaram na moda do próximo verão: acessórios com cores neon. Danielle Winits, Mariana Rios e Vitória Frate apostaram no scarpin pink para o prêmio Multishow, na noite de terça, 18. E já deixaram a dica: para quem não quer ousar muito no “look“, basta combinar os acessórios chamativos com roupas neutras. Arrasaram!

Fotos-Danielle-Winits-Mariana-Rios-Vitoria-Frate-mostraram-que-estao-antenadas-com-estilo-da-proxima-estacao-neon

Danielle Winits, Mariana Rios e Vitória Frate mostraram que estão antenadas com o estilo da próxima estação

Visto do EGO

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 63 )

Se antes a corrida até o altar implicava apenas em dizer o “sim”, hoje a história é um pouco diferente. Casamentos se transformaram em grandes eventos, e uma simples cerimônia seguida de uma simples celebração não é a opção de grande parte dos noivos.

Novas tendencias de vestidos de noiva

Novas tendencias de vestidos de noiva

E, dessa mudança, nem o vestido branco escapou. Costumava ser apenas um, utilizado durante todo o evento. A grande tendência agora é usar dois vestidos. Se a celebração tem sua importância, e a festa deve durar a noite inteira, nada mais justo que a noiva se sinta confortável com um modelo para cada momento.

A estilista Gabriela Piccoli, do ateliê Solaine Piccoli, afirma que as noivas querem aproveitar ao máximo a festa, já que este é um dia muito esperado. “Elas querem inovar e curtir a hora da balada”, garante. Sérgio Pacheco, também estilista, vai mais além, e garante que o desejo atual é ter mais liberdade de locomoção: “Isso geralmente não é possível com o vestido longo e tradicional”.

E como costuma ser essa segunda peça? Ambos entram em consenso ao afirmar que o vestido é mais despojado e versátil, já que é feito para a noiva se movimentar. “Gosto do modelo mais sensual, mas que seja prático”, explica Sérgio.

Para Gabriela, o vestido curto costuma ter corpo bem desenhado até a cintura ou o quadril, com saia mais leve, de camadas ou babados pequenos. Pode ser também justo no corpo, acima do joelho. Para os tecidos, organza, chiffon e sedas para as saias; zibeline, cetim italiano, crepe e seda lunar para o corpo. Sérgio destaca as rendas ou crepes leves. Nos detalhes, os estilistas sugerem bordados, fitas e flores.

Tanta inovação não causa receio quando se pensa que, depois de anos de casados, os noivos terão de se agradar do que verão nas fotos do grande dia? Sérgio Pacheco explica que o ideal é achar um modelo clássico, que tenha toques de ousadia e modernidade. “Não se deve esquecer nunca que um vestido de noiva deve ser atemporal, já que as fotos estarão à vista na estante da casa para sempre, ou, pelo menos, enquanto durar o casamento. Considero ousadia um decote mais profundo, uma transparência inusitada, um movimento de corte diferente. Detalhes exagerados apenas comprometem a elegância de uma noiva”, e ainda alerta: “O casamento com exageros está a um passo da cafonice”.

A escolha das famosas

Algumas celebridades nacionais já provaram que a moda de usar um vestido mais curto na hora da festa veio para ficar. Primeiro foi Juliana Paes, com seu modelo desenhado por Samuel Cirnansck. Muitas rendas, babados e flores deram o tom da peça.

Juliana Paes com vestido do casamento

Juliana Paes com vestido de Samuel Cirnansck

Protagonista de um dos maiores casamentos do ano, a atriz Sthefany Brito deixou de lado o vestido volumoso da cerimônia e optou pelo “enxuto” para cair na dança. Com um corpete bem estruturado, flores e uma saia mais rodada, a noiva de Alexandre Pato aproveitou a celebração do enlace .

Shephanie  Brito com vestido do estilista

Shephanie Brito com vestido do casamento

Outra famosa que aderiu à tendência foi Laura Guimarães, esposa do jogador do Internacional Nilmar. Desenhada pelo estilista Sérgio Pacheco, a peça escolhida por ela foi ideal para dançar a noite inteira ao som do DJ Marlboro.

Esposa do jogador Nilmar

Vestidos de Noiva curto

Fonte: www.usefashion.com.br

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )