salada-mista-1

Ao misturar roupas estampadas com acessórios que mimetizam as formas das frutas, mantenha a mesma cartela de cores para garantir a harmonia do visual.

Confira ao longo desta página uma seleção de roupas e acessórios que são pefeitos para esta tendência quente do verão 2017.

salada-mista-2

1. Mormaii Original R$ 198 2. João Sebastião R$ 338 3. Fátima Scofield R$ 948 4. Dolce &Gabbana R$ 10.900 5. Loft 747 R$ 401 6. Farm R$ 498 (Foto: Robert Astley-sparke/Arquivo Glamour e Rafael Evangelista (Stills))

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

glamour_hothot_outubro-006-editar

 

O rei das frutas é também, veja você, soberano na moda. Deu abacaxi em todo lugar e pra todos os gostos: navy, kitsch, tropicaliente… Pinçamos as peças mais suculentas do momento, como o top e short Dolce & Gabbana + os brincos (R$ 169), da Farm, na foto acima. Veja mais opções:

Usaríamos os brincões da Cosmopolitan também como broches numa camisa branca ou na jaqueta jeans…R$ 177.

cosmopolitan_r_177

O maiô com pitada navy da Farm + pantalona branca = produção facinha e chique pra um evento al mare. R$ 279

farm_-_linha_praia_-_r27900

Como deixar seu look mais fun em segundos? Adicione as flats da Vicenza e voilà! Ah, elas são feitas sob encomenda no site da marca. R$ 290

vicenza_4

Para usar o abacaxi no escritório (yes, you can), mescle top (R$ 400) ou saia (R$ 480) com outras peças neutras. Ambos da Le Lis Blanc.

le_lis_blanc_r_480 le_lis_blanc_r_400

Objeto de decoração com pegada fun também tem: boia da Farm divertidíssima (preço sob consulta)!

image2

Quem é mais discreta, pode escolher um par de brincos um pouco menor, como este de João Sebastião. Custa R$ 129.

joao_sebastiao_r_129

Tem estilo mais esportivo? Tênis estilo iate, com bônus da melancia, da Vicenza. E ainda adiciona pontos na corrida do tênis branco. Custa R$ 350.

vicenza_3

Para eventos especiais, um abacaxi de impacto: clutch da Isla (R$ 2.275). Dá pra sofisticar – e muito – o ícone tropical.

isla_r_2-275

Pochete também pode. Ainda mais com pegada tão fun assim. Essa é da Farm e custa R$ 219.

farm_r219

Lembra da coleção praia da Osklen na temporada Verão 2015? A gente refresca sua memória:

osklen
Osklen Praia (Foto: Divulgação)

Fonte: Glamour

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

farm_-_alto-inverno_-_nas_estrelas_3

A gente adora uma notícia fresquinha, em primeira mão! Pois a da vez é que a Farm lança na quarta, 13, sua primeira coleção de alto-inverno. Batizada de “Nas Estrelas“, tem peças que brilham no escuro! A inspiração, claro, é celestial. Galáxias, corpos celestes… “É uma coleção jovem e mais invernal, que reverencia elementos da natureza como o sol, o céu e, claro, as estrelas. Nesse alto-inverno, a Linha Quero é um dos pontos de destaque e recebe vários novos produtos”, conta a Katia Barros, diretora criativa da FARM. Ou seja, dá pra vestir o corpo e a casa também.

A cartela de cores passeia entre o preto, o azul e o cinza mescla, trazendo pontos de amarelo, turquesa e rosa. Destaque pras peças jeans destroyed, moletons com silk e pro macaquinho abaixo que já deixou a gente apaixonada:

farm_-_alto-inverno_-_nas_estrelas_7 farm_-_alto-inverno_-_nas_estrelas_2 farm_-_alto-inverno_-_nas_estrelas_4

Fonte: Glamour

Tags: , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

14w2136_rgb

Em primeiríssima mão, a parceira adidas Originals + Farm acaba de anunciar o seu primeiro lançamento de 2016, uma continuação das coleções desejo inspiradas na tropicalidade brasileira. Sim, vem mais padronagem com frutas e flores por aí, misturando tons pastel e cores vibrantes. 

As estampa da vez são Bananas: colorida e divertida, perfeita pra quem curte maxiprints, e Jardineto: romântica e esperta, com mix de flores e muito pink.

14w3092_rgb

Nesta 4ª edição da colaboração, a campanha foi feita em quatro regiões do País, com modelos locais. Os novos prints foram fotografados em Alagoas e no Rio Grande do Sul.

Além das peças clássicas como jaquetas, camisetas, bermudas e croppeds, a nova linha conta com os tênis Superstar e Adilette, o chinelo da Originals que os fashionistas andam desfilando por aí.

Com lançamento previsto pra 15 de abril, as roupas e Superstars poderão ser encontrados nas lojas adidas Originals e Farm, além das lojas online das marcas. Já os Adilettes devem estar à venda no final de abril.

Veja algumas peças:

adidas_originals_e_farm_r_37400_aj8171_fr_flat_ecom adidas_originals_e_farm_r_33600_aj8060_fr_flat_ecom adidas_originals_e_farm_r_29900_s75129_sl_ecom adidas_originals_e_farm_r_26200_aj8157_fr_flat_ecom adidas_originals_e_farm_r_1

 

FONTE: GLAMOUR

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

de-acordo-com-simone-ambrosio-a-marca-ocultou-comentario-criticando-a-atitude-das-funcionarias-1452190395555_v2_615x300

 

De acordo com Simone Ambrósio, a marca ocultou comentário criticando a atitude das funcionárias

A Farm está mais uma vez dentro de uma polêmica relacionada a minorias. Após ser acusada de apropriação cultural por mostrar modelo branca como Iemanjá, a marca está sendo criticada por gordofobia depois de a mãe de uma cliente de São Paulo (SP) alegar que sua filha foi ignorada e alvo de piadas de vendedoras da loja na capital paulista.

A psicanalista Simone Ambrósio, 52, e sua filha Walquíria Poiano, 26, visitaram uma unidade da marca no shopping Iguatemi no último dia 29 para dar uma olhada nas araras de roupa. O local estava com pouco movimento de clientes e Simone percebeu que, no momento em que as duas entraram na loja, as funcionárias, ao invés de atendê-las, se direcionaram ao fundo do estabelecimento e iniciaram uma troca de comentários com risadas. “Eu, então, compreendi que era pelo fato de a minha filha ser obesa”, conta em entrevista ao UOL. “Este tipo de coisa acontece muitas vezes e de muitas maneiras, mas nunca de uma forma tão hostil”.

Diante da situação constrangedora, a psicanalista preferiu não tomar nenhuma atitude naquele momento para não expor ainda mais a filha. “Fiquei brava, furiosa, mas não quis penalizá-la”. A saída encontrada foi mandar um comentário na página no Facebook da Farm, pedindo algum tipo de providência. “Uma supervisora me ligou e perguntou o que eu queria que eles fizessem. Eu disse que não queria dinheiro nem roupas, mas uma retratação”.

Ao ficar sabendo do caso, a publicitária Beatriz Poiano, 27, filha mais velha de Simone e irmã de Walquíria, procurou o comentário de sua mãe e descobriu que os administradores da página haviam ocultado o texto para que outros clientes não pudessem lê-lo. “Foi quando eu tive a ideia de usar a ferramenta que tenho em mãos, que é a internet”, afirma a garota. Até a publicação desta nota, o post publicado por Beatriz já teve cerca de 180 compartilhamentos. “A marca tem um posicionamento de gratidão, ‘good vibes’, mas contrata vendedoras com este tipo de comportamento?”, questiona.

 “Não tinha passado por uma situação dessas, mas ser gorda é se acostumar com olhares de deboche e de cegueira –você não é vista, você não existe como mulher”, comenta Walquíria, em entrevista realizada nesta tarde de quinta-feira (7). “A comunicação da marca é toda fofa, descolada, simpática, mas na vida real não é isso que acontece. Depois de publicarmos o meu caso, outras pessoas falaram que já sofreram preconceito social, econômico ou racial nas lojas da Farm”.

A reportagem entrou em contato com a marca, que soltou um comunicado oficial dizendo estar “muito triste” com a situação. “Todos os nossos funcionários sabem que nenhum tipo de preconceito é aceito por nós, não faz parte do que vivemos no dia a dia e nem da nossa cultura”, diz o texto. “O ocorrido será usado em toda empresa como uma oportunidade de reforçar esses valores. Acreditamos que as redes sociais não sejam o melhor ou único ambiente para que essas questões sejam resolvidas de forma clara e humana com os envolvidos. Por isso, entramos imediatamente em contato com a Simone por telefone para pedir desculpas e dizer que ela é sempre muito bem-vinda em todas as nossas lojas.”

Apesar da repercussão, Simone e Walquíria não pretendem entrar com uma ação judicial contra a marca, porém acreditam que o caso deve continuar a ser debatido. “Aquelas roupas cabem apenas em meninas que vestem 36, 38. Só isto já é uma política de exclusão”, fala a psicanalista. “Temos que expor as agressões que as pessoas fora dos padrões Farm sofrem dentro das lojas”. E Walquíria completa: “a marca realmente precisa rever conceitos e fazer um treinamento com todos os seus funcionários que reflita os valores éticos e morais de sua comunicação”.

Fonte: Mulher UOL

 

Tags: , ,

Comments ( 0 )

farm0
A Carmen Miranda (R$ 229) (Foto: Divulgação/ Raphael Lucena)

Desde 2007, a mais carioca das marcas lança nesta época do ano a mais carioca das coleções – e em 2014 não seria diferente. A Farm apresenta nesta quarta-feira (05.02) a sua já tradicional linha de fantasias de carnaval, desta vez com uma adição brasileiríssima ao clássico menu carnavalesco: o look Carmen Miranda.

Um mix de dois prints florais, sendo um mini e outro máxi, estampam a saia de cintura alta e fenda poderosa que é acompanhada de um top com mangas curtas bem soltinhas. Colorido, fresco e excelente pedida para cair na folia fantasiada, mas sem ficar caricata. Além da Carmen, outras novidades da Farm são as temáticas gueixas, índias e ciganas e as tarimbadas pierrot, palhaço, melindrosa e anjinha.

Mas não se acanhe: se sua veia foliã for ligeiramente mais discreta, aposte nos acessórios de cabelo avulsos como cocares de penas e casquetes e monte seu próprio personagem.Os preços vão de R$ 198 a R$ 319.

farm2Índia (R$ 319), Melindrosa (R$ 298), Pierrot (R$ 198) e Anja (R$ 259) (Foto: Divulgação/ Raphael Lucena)

farm3Cigana (R$ 259), Palhaça (R$ 198) e Gueixa (R$ 249) (Foto: Divulgação/ Raphael Lucena)

farm1

 

FONTE: VOGUE

Tags: , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

az-p3
Vanessa Adamatti usa  top Daslu, R$ 362; calça Nem, R$590; pulseiras de madeira Andrea Marques, a partir de R$ 140; cinto Lily’s Closet, R$ 70; bolsa Têca, R$ 390 (Foto: Renam Christofoletti)

Os tradicionais azulejos portugueses viraram febre fashion e transformaram o azul na cor número 1 do verão 2014. Destaque nas páginas da edição de agosto da Vogue, o editorial “Além-mar”, com styling de Karine Vilas Boas, traz opções de lookstendência para vestir o print da vez com estilo. Animou? Confira abaixo algumas boas dicas da stylist e inspire-se.

. Toque natureba: a dobradinha branco e azul pede acessórios em tons terrosos como sandálias gladiadores de couro, bolsas de palha e pulseiras de madeira.

. Cintura fina: conquiste um look harmônico combinando casaquetos cropped com saias volumosas de cintura alta, de maneira que a jaqueta jamais cubra o quadril.

. Quarto poder: três itens com estampas parecidas em uma mesma composição pedem uma quarta peça que se destaque, vide a saia rodada mídi, tingida de dois tons de azul.

az-p1
Jaqueta Damyller, R$ 700;  top, R$ 198, e saia, R$ 298, ambos Farm; óculos Prada, R$ 950, na Sunglass Hut; pulseiras Turpin, R$ 25 cada; clutch Morena Rosa, R$ 560. À direita, jaqueta Renner, R$ 159; top Spezzato, R$ 399; shorts Seiki, R$ 130; pulseiras, R$ 52 cada, e bolsa, R$ 368, tudo Area Objetos; sandália Schutz, R$ 380 (Foto: Renam Christofoletti)

az-p4
Blazer Larissa Minatto, R$ 490; top Iódice, R$ 268; saia Damyller, R$ 500; pulseira de tressê Camaleoa, R$ 240; pulseira de acrílico Renner, R$ 33; bolsa Têca; rasteira Arezzo, R$ 200. À direita, blazer Topshop, R$ 359; camisa Carlos Miele, R$ 698; shorts Moikana, R$ 250; pulseiras Diferenza, R$ 169 cada; sandália Schutz, R$ 680(Foto: Renam Christofoletti)

az-p2
Top Ateen, R$ 678; saia Jodri, R$ 399; óculos Andrea Marques, R$ 490; pulseiras Cori, R$ 219 cada; cinto, Têca; e bolsa Glorinha Paranaguá, R$ 890 (Foto: Renam Christofoletti)

 

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Rio de Janeiro combina com bota. Parece estranha essa afirmação, mas não é. Com os ares de outono dominando o clima da cidade no primeiro dia de desfiles do Fashion Rio, a saída das fashionistas para enfrentar o leve friozinho foi aderir a elas. Em todos os estilos, elas dominaram os looks de quem passou pela Marina da Glória nesta segunda-feira (15). Veja as produções e escolha a que mais se adequa ao seu estilo para essa estação.

botas-tachas-1
OS SPIKES SÃO O DESTAQUE DESTA BOTA (Foto: Eduardo Zappia)

 

UP NO VISUAL
A escolha do look deste primeiro dia de desfiles da jornalista Luisa de Paula Machado, 26 anos, começou com a escolha da bota com detalhes em spikes, da marca Jeffrey Campbell. “Essa bota é superconfortável e, além disso, não passa despercebida. Adoro o preto básico do look e ela dá um tchan no visual, nunca passa despercebida”.

botas-carla
COMODIDADE É O SINÔNIMO DESTA PEÇA (Foto: Eduardo Zappia)

 

COMODIDADE É O SEGREDO
Andar de um lado para o outro na Marina da Glória cansa. Nesses dias, a opção tem que ser pela comodidade. Foi nisso que pensou a assessora de imprensa Carla Moreira, de 27 anos, quando escolheu sua bota preta da marca Schultz. “Escolhi ela porque é muito cômoda e me acompanha. Sempre compõe os meus looks quando trabalho muito”.

botaa-thais-pimenta
MIX DE ESTILOS FUNCIONA BEM NA HORA DE CRIAR UM LOOK (Foto: Eduardo Zappia)

 

MISTURANDO ESTILOS
A assessora Thais Pimenta, 26, apostou no mix de tendências. Misturou a sua blusa Jeremy Scott para Adidas com ares divertidos ao coturno detonado. “Só ele (a peça estampada) já chama atenção sozinha”, justificando as botas como complemento ao look.

botas-ca
FEMININA E DESCOLADA: POR QUE NÃO? (Foto: Eduardo Zappia)

 

FAST FASHION É TUDO
A produção da estudante Manuella Lacerda começou pela escolha das botas. “Queria sair de casa com elas”, afirma a estudante de 20 anos, referindo-se aos sapatos da C&A. Ela montou seu look de forma feminina, mas não menos descolada. “Queria muito vestir esta saia também”, diz ela sobre sua peça da Farm.

botas-fivela
OS PEQUENOS DETALHES, COMO AS FIVELAS, FAZEM A DIFERENÇA DO ACESSÓRIO (Foto: Eduardo Zappia)

 

FIVELAS QUE FAZEM TODA A DIFERENÇA
A estudante Bruna Sussekind montou seu look de forma básica e descomplicada. As botas da Espaço Fashion dão um upgrade no visual por conta das fivelas. “Básico com charme”, descreve.

DETONADA COMO DEVE SER

Se os sapatos são os “melhores amigos” das mulheres, nada mais justo do que carregá-los para onde for, certo? Pois foi assim que a designer pensou na hora de montar seu look com as botas da Renner. Práticas, elas combinam com tudo. “Todas as minhas amigas compraram igual depois que me viram com elas. São muito confortáveis”, diz.

 

Fonte: MARIE CLAIRE

Tags: , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )