PLUMAS EXUBERANTES
Em alta desde que o glamour retrô voltou à moda, há um ano, elas invadem o guarda-roupa festivo. Enquanto no verão 2017 da Prada (grife precursora da tendência), o decorativismo enfeitava looks pijama, ele surge agora de maneira mais exuberante, misturado inclusive com paetês. Quer investir em uma joia poderosa sem “emperuar” a produção? Escolha peças bold de cristal de rocha.

PAETÊ RETRÔ
Siga brilhando! Após dominar o dia a dia em versões que passeavam do boho ao artsy, o paetê reassume sua vocação para a noite. A graça é optar por peças com ares vintage, caso do vestido com modelagem 40’s.

FLORAL OITENTISTA
As flores são “o” print das coleções internacionais e ganham refresh estampando vestidos de mood oitentista – pense em mangas volumosas e microcomprimento. Em versão lavada, a estampa é ótima opção para fugir do branco total no Réveillon. Quem também ressurge é o efeito ruched, conhecido por aqui como franzido, como no vestido Iorane da foto acima.

LAYERING DE PLISSADOS
Nem só de micropeças 80s vive esta temporada de festas: para quem curte um look amplo e fresco, a bola da vez são os vestidos com camadas de plissados, que substituem os babados que foram tendência na estação passada. Valem tanto os brancos quanto os coloridos (perfeitos para as celebrações que antecedem o Natal).

VELUDO DRAMÁTICO
O tecido feminino e confortável segue em alta por mais uma estação, agora protagonizando peças opulentas, vide o vestido da Gucci com plissados dramáticos, uma ótima pedida para atualizar o little black dress. Acessórios em tons metálicos garantem o mood festivo – nos pés, troque o salto fino por um modelo plataforma.

CORSET COOL
Após cruzar a passarela do inverno 2018/19 da Louis Vuitton, o corset promete retorno triunfal à moda – o acessório é truque quente para contrapor vestidos festivos de shapes volumosos. Mas fuja radicalmente de opções que remetem a uma lingerie: o item da vez é mais luxuoso e cool. Dica de styling: é hora de resgatar a meia-calça preta fina, que confere acabamento sofisticado a looks com pernas demasiadamente à mostra.

Fonte: VOGUE

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Looks esportivos e funcionais, que remetem a um camping em clima glamoroso, invadem a moda – e são perfeitos para os dias de verão na serra ou na cidade

 

Em julho passado, Helena Barbero, buyer das grifes internacionais presentes na multimarcas NK Store, embarcou em uma road trippela Califórnia ao lado do noivo. O ponto alto da viagem foram as três noites em que o casal acampou em meio a um parque em Big Sur – experiência hoje conhecida como glamping, um camping em clima mais glamoroso. “Eram cabanas rústicas, mas superconfortáveis, equipadas com cama, lareira elétrica, mesa para piquenique. E, durante o dia, frequentávamos a piscina, o spa e os restaurantes do hotel do qual elas faziam parte, o Ventana”, conta.

Fundadora da NK Store, Natalie Klein Duek havia passado pela experiência no mês anterior, ao se hospedar com o marido, Tufi Duek, e os filhos no The Other Side, um glamping em North Eleuthera, nas Bahamas. “Você passeia de barco pela ilha durante o dia e, na volta, se depara com sua comida e livros favoritos. Apesar de serem charmosas e bem decoradas, as tendas não possuem blecaute, internet ou televisão. Você tem aquela sensação única de acampar em uma praia deserta. Me desconectei de verdade e meus filhos acharam o melhor ‘hotel’ do mundo!”, conta a empresária.

Na atual busca por um estilo de vida mais slow, que preza a conexão com a natureza para amenizar a velocidade da era digital, o glamping (união das palavras camping e glamour) surge como a viagem perfeita – tendas, yurtis e casas na árvore vêm equipados com quartos e banheiros completos. É possível acampar assim em plena Antártida (fundada pelo explorador Patrick Woodhead, a companhia White Desert oferece até passeios a bordo de jatos Gulfstream para explorar o Polo Sul durante a estadia), em uma savana africana ou no deserto de Marrocos. Na Tailândia, um hotel da rede Four Seasons instalado no Triângulo Dourado (região histórica que faz fronteira com Myanmar e Laos) reúne tendas (com direito a banheira de hidromassagem no deque) em meio a florestas de bambus.

E esse lifestyle vem se refletindo também na moda – alçando a protagonistas da vez peças de mood esportivo e funcional, no melhor estilo explorador. A tendência apareceu com força total no desfile do inverno 2018/19 da Prada: após ter resgatado as bolsas de náilon da grife, hit dos anos 90, Miuccia Prada levou à passarela looks completamente feitos do tecido que lembra barracas de camping. A apresentação marcou também o relançamento da Linea Rossa, a linha esportiva da Prada, que havia sido desativada em meados dos anos 2000. No retorno da label, a grife italiana abusou das evoluções tecnológicas pensadas para performances esportivas, mas em peças feitas para serem usadas em situações urbanas: tecidos regulam a temperatura do corpo por meio de nanotecnologia, e o náilon aparece envolvido em uma membrana finíssima que o torna antivento, impermeável e respirável.

Além do tecido tecnológico, jaquetas e coletes utilitários, puffer jackets e casacos de plástico que remetem a capas de chuva invadiram as passarelas de marcas como Balenciaga e Marni – em looks em sintonia com o athluxury. Até o tênis de trekking ganhou versão fashion: no inverno 2018/19 da Gucci, ele aparece decorado com tiras removíveis de cristais, como no modelo da foto.

Apesar do clima de fim de semana, a tendência faz bonito também no guarda-roupa urbano. Vale trocar o blazer por uma jaqueta de náilon, atualizar o ugly sneaker pela versão com cara de trilha e reviver a calça cargo.

Fonte : VOGUE

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Não é de hoje que a moda genderless, ou sem gênero em bom português, tem estado sob os nossos radares. Apesar de algumas marcas, como a Comme Des Garçons, por exemplo, já investirem na proposta há tempos, depois que Alessandro Michele assumiu a direção criativa da Gucci o tema ganhou maior repercussão.

A ideia, como você já deve imaginar, difunde peças de roupas que possam ser usados por qualquer pessoa, independente da identidade de genêro escolhida. Em tempos de barreiras cada vez mais diluídas nada mais justo, não é mesmo? Por aqui te mostramos 7 looks que com certeza te farão aderir a onda genderless, olha só:

Anna Dello Russo, presença constante no street style, já mostrou que é adepta a trend.


Peças como o blazer são perfeitas para compor um look dentro da proposta.

Uma dica ótima é garimpar por peças de alfaiataria, itens que podem ser usados tanto por homens, quanto por mulheres, em brechós e lojas vintage. Ah, o armário do seu pai ou namorado também vale!

Look receitinha de bolo pra voce roubar já: calça estruturada + t-shirt + sneakers.

Perceba como outfits genderless cabem super bem em office looks. Que tal dar uma chance?

Partiu assaltar o closet do irmão, amigo ou namorado em 3, 2, 1!

Para um look genderless em menos de 5 minutos, vá de terninho!

Fonte: SLT

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

1. Miu Miu R$ 7.600 2. Vivara R$ 3.190 3. Jimmy Choo R$ 6.520 4. Bo.Bô R$ 598 5. Mixed R$ 960 (Foto: Nyra Lang/arquivo Vogue, Imaxtree e Rafael Evangelista (Stills) Produção De Moda: Cristiano Oiwane e Neel Ciconello)

Aposte em microestampas florais sobre fundo escuro para evocar o clima de romance na chegada da meia-estação.

1. Louis Vuitton R$ 15.500 2. Maxior R$ 8.023 3. Gucci R$ 3.760 4. Magrella R$ 1.256 (Foto: Nyra Lang/arquivo Vogue, Imaxtree e Rafael Evangelista (Stills) Produção De Moda: Cristiano Oiwane e Neel Ciconello) (Foto: Nyra Lang/arquivo Vogue, Imaxtree e Rafael Evangelista (Stills) Produção De Moda: Cristiano Oiwane e Neel Ciconello)

A tendência ganha não só as roupas, como também as joias e demais acessórios – como você confere ao longo desta página. Escolha suas peças preferidas e aposte já!

1. Cris Barros R$ 1.462 2. Carla Amorim R$ 19.130 3. Cruise R$ 998 4. Reinaldo Lourenço R$ 4.498 (Foto: Nyra Lang/arquivo Vogue, Imaxtree e Rafael Evangelista (Stills) Produção De Moda: Cristiano Oiwane e Neel Ciconello)

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Já pode atualizar o seu closet, miga! A Pantone acaba de divulgar que “A” cor de 2017 será o verde Greenery, aka verde abacate. Em comunicado, a instituição reforça a “necessidade de esperança” que o mundo precisa no próximo ano.

“Nós sabemos que tipo de mundo estamos vivendo: um que é muito estressante e muito tenso”, contou Leatrice Eiseman, diretora executiva de Pantone, em entrevista ao New York Times. “Esta é a cor da esperança e da nossa conexão com a natureza. Ela fala para o que chamamos de regenerar, atualizar, revitalizar e renovar.”

E,apesar do anúncio de que a cor será hit em 2017, o verde Greenery já tem sido visto nas passarelas há um bom tempo, confirmando a tendência. Neste guichê, maneiras incrís de como apostar no tom nos próximos doze meses. Vem ver:

Na  semana de moda de Paris, temporada primavera 2017, a cor apareceu em um mix esperto de estampas florais, como é o caso desse conjuntinho cropped + calça. Alerta de tendência confirmada na passarela: barriga de fora – tão anos 90! – estará com tudo, tá?

A coleção da Kenzo em parceria com a H&M também apostou na cor em seu desfile na semana de moda de Nova York. Dica: opte no color block e mescle o verde com outras tonalidades. Viu como o combo Greenery + laranja ficou um arraso?

Mais color block: o amarelo é outra ótima opção para fazer um mix de cores vivas com o verde. Partiu copiar esse combo vestido com ares de camisa + bota da Pucci?

Olha o slip dress confirmando que permanecerá no guarda-roupa das fashionistas em 2017. Obrigada, Sies Marjan!

Misturar diferentes tonalidades do verde também é uma escolha esperta, viu!? A Gucci apostou na cor mesclando tecidos e tons durante a semana de moda de Milão: jaqueta bomber + calça de seda. Vale copiar!

 

Fonte: Glamour

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

oitentista-qual-e-a-sua-1

                 

Shantung, tafetá, veludos e brocados maximalistas farão seu guarda-roupa brilhar – inclusive à luz do dia. À noite, troque bordados por amarrações de moulage criadas a partir de tecidos igualmente encorpados.

oitentista-qual-e-a-sua-2

Luz própria
Decoração de cristal com os dois pés no kitsch enfeita escarpins e mules de salto fino revestidas de cetim em tons preciosos – para as mais ousadas, vale arriscar o recurso no make.

No guarda-roupa: PatBo e peças Saint Laurent da época adquiridas na vintage store Decades, em LA.

Onde encontrá-la: no Frank Bar, dentro no hotel Maksoud Plaza, ícone dos anos 80 em São Paulo.

Sonha ser: Sabine Getty, quem melhor encarna a alfaiataria power oitentista nas primeiras filas atualmente.

O que faz secretamente: ouve os hits antigos de Madonna e experimenta todas as cores de sua paleta de sombras.

oitentista-qual-e-a-sua-3

Acessórios para mergulhar no mood
Aposte em cinto largo com fivela de metal – inclusive sobre minivestido – para incorporar a cintura dramática que era onipresente na década. O veludo molhado colorido aparece agora em ótimos sapatos de salto grosso. Troque os clássicos brincos de argola dourados por versões que combinam pedras de cores e lapidações diferentes.

oitentista-qual-e-a-sua-4

True colors
Musa absoluta dos 80, Diana quebrou todos os protocolos reais, abraçando a moda de vanguarda e mostrando que princesa também sai suada da academia

oitentista-qual-e-a-sua-5
Da esquerda para a direita: Suéter Decorado: Emilio Pucci, Tartan: Barbara Bui e Decote ombro a ombro: Moschino (Foto: Divulgação)

 

Fonte: Vogue

 

 

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

revival-glam-1

Opte por shapes sequinhos e pontos de violeta para modernizar peças ultrabrilhantes graças a fios de lurex, cristais e glitter.

Confira ao longo desta página uma seleção  de acessórios e peças de roupas para adotar já esta tendência que é a cara do verão 2017!

revival-glam-2

1. Gucci R$ 7.670 2. Swarovski R$ 1.650 3. Dolce & Gabbana R$ 3.400 4. Emiliana R$ 245 5. Cris Capoani R$ 1.980 6. Tiffany & Co. R$ 42 mil 7. Juliana Jabour R$ 848 8. Morena Rosa R$ 980 (Foto: Zee Nunes/Arquivo Vogue e Flavio Battaiola (Stills))

 

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

escape-luxuoso-box

Batizadas de resort ou cruise, as pré-coleções que chegam às lojas em novembro mostram claramente que não tratam mais de roupas que, como indicava o nome, você levaria nas férias, para algum lugar ensolarado do planeta, a bordo de um iate.

Hoje, as marcas mais prestigiosas, pressionadas pela velocidade dos lançamentos – especialmente do fast-fashion e dos e commerces – também aceleram sua produção para seduzir um público que quer apenas renovar o closet.

escape-luxuoso-nota_1

Nesta temporada, cores, formas e estampas, além de muita atitude, sugerem inovação e alguma diversão, mostrando criações de apelo global, mas também em sintonia com as distantes locações escolhidas para seus desfiles, autênticas experiências de escapismo de alto nível para um número reduzido de jornalistas e convidados. Afinal, como já dizia Freud, um pouco de fantasia é elemento indispensável para tornar a vida mais agradável.

escape-luxuoso-nota_2

Assim, a comentada apresentação da Chanel em Havana (Cuba), toda a pompa da Louis Vuitton em Niterói, no Rio, e os cenários nobres da Dior e da Gucci, em Londres, se afastam do cotidiano tedioso (mesmo que não se parta de férias) para disponibilizar roupas que servem tanto para altas temperaturas quanto para qualquer friozinho de ocasião, o que inclui até casaco de pele em desfile.

O exotismo ou o luxo tradicionalista, no caso das apresentações londrinas, acrescentam lustro e interesse aos looks, já que essa é uma temporada que mais confirma do que lança tendências.

escape-luxuoso-nota_3

A mais escapista de que se tem notícia, a década de 70 é resgatada de maneira homeopática, longe da original, com influência de formas radicais e cores saturadas dos anos 80 e 90. Hoje, sabemos, qualquer época na moda é resultado de uma colagem de outras, num exercício cada vez mais intenso de crossing e copy/paste. No resort 2017, nota-se a recuperação do artesanal dos anos 70, que valoriza o que parece ser único, interpretado para o novo milênio.

escape-luxuoso-nota_4

Sempre associados a exuberâncias convencionais, os babados estão de volta, desta vez assumindo ares destemidos, colocando-se nos lugares mais inesperados ou tomando conta da roupa de maneira totalitária.

O crochê também surpreende, ganhando modernidade graças à tecnologia têxtil, e surge em novos contextos para reafirmar sua vocação para o ultrafeminino e o escape. Já a opulência e o vigor da flora tropical dominam até mesmo as coleções das mais poderosas maisons.

escape-luxuoso-nota_5

Camisetas com logo explícito também reaparecem, com os designers estampando na t-shirt sua assinatura para torná-la a mais simples das peças de manifesto de marca. Enquanto isso, o athleisure, que é a tendência de usar no dia a dia as roupas feitas para atividades esportivas, é uma atitude contemporânea – e também tem lá seu espírito escapista ao sugerir recreação no cotidiano.

A moda se apropria desse costume, tornando-o tendência com modelagens originárias das academias e quadras, detalhes como listras nas laterais de shorts e calças ou ainda de forma desconstruída, como fez Nicolas Ghesquière na Louis Vuitton.

O resort 2017 nada tem de discreto: além de seu flerte com o escapismo, parece ter entrado com entusiasmo na era do Instagram e das redes sociais em geral, que privilegia a linguagem extrovertida, ofuscante e extravagante de imagens fortes.

 

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Quer dar um upgrade nos seus looks de balada? Nossa consultora de moda Ucha Meirelles elege – e ensina a usar – os principais destaques das semanas de moda internacionais que são perfeitos para sair à noite. E o melhor: já pode adotar!

tendencia-noite

A cada temporada, os looks noturnos se renovam e ganham novos aliados. E se depender nas semanas de moda internacionais, camisas transparente, brilhos e paetês, vermelho e tule metalizado são apostas certeiras na hora de montar um visual para sair à noite.

E o melhor é que nem precisa esperar a próxima temporada. As tendências estão aí para serem adotadas a partir de agora.

1. CAMISAS PRETAS TRANSPARENTES

tendeencias-para-noite-1

As transparências despontaram como tendência absoluta. E o segredo é aliá-las a camisas pretas, que devem ser usadas com lingeries delicadas de tule ou tops de mesmo tom. Para combinar, aposte nas calças retas ou saias midi.

2. BRILHOS E PAETÊS

tendeencias-para-noite-2_1

 O brilho é sempre uma boa opção para ser usada à noite. Na hora de investir nos paetês dê preferência ao mix de cores, como mostrou a Dolce & Gabbana. Na Gucci, o efeito apareceu como estampa e deu um resultado novo e atual. Marco de Vincenzo ainda sugere agregar um toque sexy aos modelos reluzentes com fendas e decotes generosos.
3. VERMELHO

tendeencias-para-noite-3_1

O vestido vermelho é um clássico indispensável. Mas para fugir do óbvio, as marcas investiram em modelos fora do comum com decotes assimétricos, tule transparente, ombros bufantes, brilho poderoso.

4. TULE METALIZADO

tendeencias-para-noite-4

Os vestidos de tule preto com aplicações metálicas são uma das tendências mais bacanas da temporada. Para um toque ultrafeminino, a Dior criou uma saia bordados de coração. Saint Laurent e Rodarte optaram pelos polka dots.

Fonte: Marrie Claire

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

blue-ivy-carter-estilo-moda-roupas

Blue Ivy Carter, filha de Beyoncé e Jay-Z, tem 4 anos e muito estilo. Diferentemente de outras crianças fashionistas – como Suri Cruise, que hoje tem 10 anos mas desde muito pequenina era adepta de fashionices -, Blue passa longe de copiar a moda dos adultos. Ela adora fantasias (usou algumas que dá vontade de copiar no próximo Halloween), roupas coloridas e dificilmente veste algo que pareça desconfortável ou inadequado para uma criança.

Na entrega dos Video Music Awards (VMA) 2016, em 28 de agosto, Blue foi a sensação, mesmo com uma grande constelação de estrelas. E vestiu nada mais, nada menos que um vestido que custa R$ 35 mil da estilista Mischka Aoki. Caso você se interesse, está à venda na loja de departamento Bergdorf Goodman. Mas isso foi só um detalhe no álbum #ootd da menina, que já vestiu Dior e Gucci em ocasiões.

Veja dez momentos que provam que Blue Ivy, do “alto” de seus 4 anos, já se vestiu melhor do que você, eu e todos nós:

1. VMA 2016:

blue-ivy-carter-estilo-moda-roupas-1

Mais do que um vestido de R$ 35 mil, Ivy está usando uma peça de gala, com cauda, e combinando com tênis! A peça da estilista Mischka Aoki tem até nome: Grandy Royalle. Entre os detalhes do look, body que imita couro com aplicações metálicas em 3D e saia de tule em camadas.

2. Look total rosa Gucci

blue-ivy-carter-estilo-moda-roupas-2

Aqui o flagra foi publicado pela tia Solange Knowles. O look custou mais de R$ 3 mil

3. Jeans com patches combinando com a mãe

blue-ivy-carter-estilo-moda-roupas-3

Não é todo mundo que pode ter uma jaqueta jeans Gucci. Pois Blue Ivy tem uma feita para ela assinada por Alessandro Michele com patches de borboletas E combinando com a da mãe. É pouco.

4. Jaqueta Miss Blue Carter

blue-ivy-carter-estilo-moda-roupas-4

Creia, essa jaqueta foi feita e jogada no palco por um fã de Beyoncé. E não é que Blue Ivy sabe agradar os súditos? Aí ela usando sua jaqueta personalizada, combinada com botas Dr. Martens.

5. Vestido Gucci combinando com a mãe

blue-ivy-carter-estilo-moda-roupas-5

Para a mãe, um vestido que revela mais do corpo; para a filha, um modelo confortável. Para as duas, a mesma estampa. E reparem o look finalizado com tiara de orelhinhas de gato. <3

6. “Um Príncipe em Nova York”

blue-ivy-carter-estilo-moda-roupas-6

O que dizer dessa família fantasiada de “Um Príncipe em Nova York“? Família que se fantasia unida, permanece unida!

7. Michael Jacksonblue-ivy-carter-estilo-moda-roupas-7

Aqui outro momento Halloween de Blue Ivy de tirar o chapéu: a menina fantasiada de Michael Jackson. Quem será que tem a ideia dessas fantasias, hein?

blue-ivy-carter-estilo-moda-roupas-8

Em janeiro, Blue Ivy comemorou 4 anos e, de presente, ganhou uma festa temática de fadas. Não precisa dizer de que ela se fantasiou, né?

9. Hippie chic

blue-ivy-carter-estilo-moda-roupas-9

Em Roma, como os romanos, não é mesmo? Uma vez no Havaí, Blue Ivy escolhe cores, muitas cores para acompanhar o pai em um passeio.

10. Aula de maquiagem

blue-ivy-carter-estilo-moda-roupas-10

O décimo momento fashion de Blue Ivy é totalmente uma aula de maquiagem: batom combinando com a roupa e um delineador gráfico que nem você teria coragem de fazer.

Fonte: Glamour

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )
Página 1 de 41234