Vestir-se de uma cor só, dos pés à cabeça, é uma tendência forte dos desfiles do Rio Moda Rio. Os looks monocromáticos apareceram em praticamente todos os desfiles dos dois primeiros dias do evento, que termina nesta sexta, 17.

A tendência pode ser fácil de adotar se forem usadas cores neutras, como preto, branco e cinza. Mas pode ser bem mais difícil quando se trata de cores fortes e chamativas, como amarelo, vermelho e azul. Quer adotar a tendência mas tem medo de errar? Veja como os estilistas do Rio Moda Rio apresentaram seus looks monocromáticos:

rio-moda-rio-desfile-moda-tendencia-mara-mac
Mara Mac (Foto: Agência Fotosite)

O branco em look total já voltou há algumas temporadas e segue forte nas passarelas do Rio Moda Rio. Na Mara Mac, a aposta foi pelo vestido claro. Por ser uma peça só, é um jeito fácil de usar. Vá sem medo!

rio-moda-rio-desfile-moda-tendencia-maria-filo

Aqui já avançamos um grau de dificuldade. A ideia é usar saia, top e camisa com transparência da mesma cor, como fez a Maria Filó. Repare que a textura não é exatamente a mesma, mas a cor é idêntica nas três peças.

rio-moda-rio-desfile-moda-tendencia-guto-carvalhoneto-1

O branco total também vai muito bem em looks de alfaiataria, como fez o estilista Guto Carvalhoneto.

rio-moda-rio-desfile-moda-tendencia-guto-carvalhoneto

Guto também apresentou o preto total, uma ótima opção para as góticas suaves. Não tem erro!

rio-moda-rio-desfile-moda-tendencia-lino

Aqui a coisa começa a ficar quente! Lino Villaventura mostra uma versão de look monocromático pra quem não tem medo de chamar a atenção. Ele mistura vermelho, textura, brilho e látex de uma vez só! Extravaganza!
rio-moda-rio-desfile-moda-tendencia-martu
Os looks monocromáticos também têm espaço na moda festa. Martu apostou em vestidos de cores fortes, como o amarelo. Combine com sandálias de cores neutras.
rio-moda-rio-desfile-moda-tendencia-patricia-viera
O azul também tem vez na passarela do Rio Moda Rio. Veja como fez Patrícia Viera, que apresentou uma produção todinha no tom. Repare que apesar de ser a mesma cor e o mesmo material (Patrícia trabalha com couro), existe um contraste entre as peças graças à diferença de textura. O que usar nos pés com um look total azul? Uma sandália azul! Chique!
Fonte: Glamour

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Pelas charmosas ruas da cidade murada de Cartagena, patrimônio colombiano e também da humanidade, peças ultrafemininas, com rendas, babados e laços, se entregam ao poder do branco, ganham a companhia da alfaiataria e a vida dos tons fluo.

tendencia-branco

Na temporada mais quente do ano, looks claros se tornam escolha indispensável. Para repaginar as produções brancas do trabalho ao passeio, a dica é acrescentar peças ou acessórios fluo. O efeito é divertido, mas ainda assim sofisticado.

Acima, paletó, R$ 4.220, e calça, R$ 2.890, 3.1.Phillip Lim à venda na NK Store. Bolsa, R$ 48.460, camélia e pulseira, preço sob consulta, Chanel.

tendencia-branco-3

À esq., camisa Dolce&Gabbana, R$ 2.600. Saia Colcci, R$ 899. Mochila Jansport, R$150. Pulseira Ivana Salume, R$ 195 cada (usadas de diferentes cores em quase todas as fotos). Cinto Birô, R$ 40. Tênis Superga, R$ 250 (usado em quase todas as fotos). Câmera, acervo. À dir., blusa Corporeum, R$ 320. Saia, R$ 1.888, e cinto, R$ 298, Mabel Magalhães. Câmera, acervo.

tendencia-branco-2

À esq., maiô Amir Slama, R$ 450. Calça Printing, R$ 1.180. Jaqueta (amarrada na cintura) Lauf, R$ 258. À dir., vestido Helo Rocha, R$ 5.681.

tendencia-branco-5

Vestido PatBo, R$ 23.973. Mochila Jansport, R$ 130. Pulseiras Ivana Salume, R$ 195 cada. Tênis Superga, R$ 250. Sombrinha e câmera, acervo.

tendencia-branco-4

À esq., camisa Chanel, R$ 8.830. Top, acervo. Calça Lenny Niemeyer, R$ 650. À dir., macacão
NKStore, R$ 1.690. Pulseira de acetato Chanel, preço sob consulta. Pulseiras coloridas, acervo.

tendencia-branco-1

 

A

À esq., vestido Cris Barros, R$ 2.696. Lenço, acervo. À dir., vestido Lino Villaventura, R$ 2.980. Boné New Era, R$ 179. Bolsa Dior, R$ 12.800.

 

Fonte: Marie Claire

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Lino Villaventura encerrou o penúltimo dia do São Paulo Fashion Week aplaudido de pé pelos fãs. O desfile, porém, pecou por não conseguir construir uma imagem de moda intrigante e com alguma nova reflexão, como aconteceu em outras coleções do designer. A coleção, quase toda em preto, perdeu ao não usar a cartela de cores colorida e falsamente alegre de Bacon para criar imagens perturbadoras (no caso de Lino, exóticas e bonitas).

Se de um lado imperaram as loucuras de moda, do outro, a Maria Bonita investiu nas roupas com conceitos de moda depurados e temática brasileira, também destrinchada de maneira que seu inverno tenha uma cara de Brasil e seja cosmopolita ao mesmo tempo.

A seguir, desvende o quinto dia do evento em cinco looks.

 

Fonte: UOL ESTILO

Tags: , , ,

Comments ( 0 )


Escola levou polêmica de Geisy Arruda e vestido curto para a avenida.
Carro alegórico foi batizado de ‘Sapucaí Fashion Day‘.

Com um sacada mais ‘pop’, a Porto da Pedra fez um desfile de moda dentro de seu próprio desfile na Marquês de Sapucaí nesta segunda-feira (15).

A escola resgatou a história das tendências e enfeitou a avenida com laços, fitas e babados. Antenado, o enredo “Com que roupa eu vou?” fez reverência à moda contemporânea e a estilistas queridinhos do mundo da moda. A escola consumiu 1 hora e 19 minutos na apresentação.

Se a ideia era reproduzir o mundo fashion, não poderiam faltar “bafos”. E foi isso que a escola fez ao abordar a polêmica envolvendo a estudante Geisy Arruda.

A moça que ficou conhecida por ter sido hostilizada na universidade ao usar um vestido curto e rosa foi destaque de um carro alegórico usando uma “réplica” da peça. Numa versão brilhante e vermelha, o vestido foi estilizado com uma gola bufante ao estilo da Rainha Elizabeth.

E, talvez também em nome de uma moda democrática, musas de seios cônicos, popozudas e “mulheres fruta” desfilaram na avenida.

Abre-alas

Com uma dose de deboche, um tigre gigante de boca aberta mostrava a língua com um piercing no abre-alas “Antes da moda era assim”. A alegoria levou personagens do desenho animado “Os Flinstones” para a avenida e relembrou a pré-história.


Seguindo uma ordem cronológica, as alas seguintes fizeram uma “passagem obrigatória” pelo Egito, Grécia e Roma. Desta vez, para falar de como era o jeito de se vestir séculos atrás.

‘Sapucaí Fashion Day’

Na ala chamada “Com que roupa eu vou?”, os integrantes puderam escolher que fantasia queriam vestir. Em outra, o tema era “Eu quero ser Naomi”, lembrando uma roupa que a modelo Naomi Campbell usou no último desfile de Yves Saint Laurent. Referências da moda atual, Alexandre Hercovitch, Jum Nakao, Lino Villaventura e Ronaldo Fraga ganharam alas temáticas.

A influência da fé na arte, como ocorreu com o gótico, foi o tema do segundo carro. Nas outras alegorias, o Renascimento , o Barroco e o Rococó. O penúltimo carro falou do Art Nouveau e homenageou Coco Chanel, representada pela atriz Marília Pera.

A escola fechou o desfile com o “Sapucaí Fashion Day”, tema do último carro alegórico. Fez um desfile dentro do desfile para reverenciar o glamour da moda. E, como todo desfile de moda, a Porto da Pedra encerrou sua passagem com a ala das noivas, uma homenagem a Simon Azulay, estilista brasileiro morto em 1988.

Visto no G1

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )