Enquanto as araras nacionais recebem as peças de inverno, maio e junho no hemisfério norte é sinônimo de cruise ou resort collections. Ainda que o termo não agrade toda indústria – “Resort não significa nada. Quem compra roupas exclusivamente para ir a um resort?”, indagou Oscar de La Renta minutos após sua apresentação – essas coleções têm ganhado cada vez mais importância e funcionado como um termômetro para a próxima estação.

Além disso, as presentations servem de inspiração para quem está de malas prontas para as férias de verão: incrementar o styling com saia sob calça (como na Chanel); trocar a minissaia pelo shorts (proposta da Armani); mesclar grafismos e estampas, em especial os maxiflorais (como na Dior); ou até investir em calça statement (como as da Louis Vuitton e Gucci). Na galeria abaixo, confira um resumo das principais tendências, que com certeza vão chegar ao seu closet. (VINICIUS ALENCAR)

resort3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LOUIS VUITTON: “Quero que a Vuitton seja reconhecida pelas calças de caimento e corte impecável”, disse Nicolas Ghesquière sobre a coleção apresentada em Mônaco. Além das calças, máxiflorais e certo acento invernal deram o tom da apresentação

resort1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DIOR: Raf Simons combinou as flores em tamanho giga com grafismos – atenção ao casaquinho, que apareceu mesmo que carregado depretensiosamente no desfile. Outra peça para ficar de olho: o casaco usado como vestido (último look à direita)

resort2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CHANEL: Karl Lagerfeld mostrou – mais uma vez – que usar calça sob a saia é possível, inclusive, de forma ultraestampada. Os prints florais quase folclóricos foram um highlight, assim como as calças, em especial a de babado e a dourada, super statement

resort4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TORY BURCH: conjuntos (sejam listrados ou de motivos florais maximizados) foram alguns dos looks-chave da apresentação. A saia de chamois com couros de diferentes tons mostra como atualizar os blocos de cores, sem ficar com cara de “temporadas passadas”

resort5

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FENDI: Karl Lagerfeld deu uma aula de como combinar estampas e a fórmula é simples: pegue os mesmos motivos e a mesma cartela de cores; vide o look de bolinhas e o gráfico. A bomber de pele mostra que você deve ter sempre uma peça invernal na mala

resort6

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

GIORGIO ARMANI: “Cool” é a palavra de ordem do designer italiano. Ao invés da minissaia, use shorts de tecidos luxuosos. A alfaiataria desabada combinada com tênis é outra forma de dar um upgrade imediato ao look

resort7

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

GUCCI: Aposente a skinny e pegue uma calça que atraia olhares, Frida Giannini também investiu nessa ideia. As peças que lembram jeans destroyed e ultralavado também foram destaque

resort8

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MARC JACOBS: A garota do estilista é noturna. E o que ela usará nas noites de verão ao redor do globo? Conjuntos de couro e com o mesmo print, além de vestidos-casaco

resort9

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MAX MARA: Apesar de esportiva, a coleção passa longe de ser desleixada como muitos pensam ao pensar em funcionalidade. Para isso peças de alfaiataria ganharam modelagem esportiva e foram combinadas com sneakers quase masculinos

resort10

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MARC by MARC JACOBS: com looks que beiravam a androginia (vide o macacão jeans e suas variantes), a linha jovem de Marc também investiu em um floral bem literal, quase kitsch

resort11

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MM6 by MAISON MARTIN MARGIELA: calças em diferentes modelagens (usadas sozinhas ou sob saias) e a bomber em versão deluxe também apareceu (tire a sua do fundo do armário)

resort12

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ROLAND MOURET: Sai o color blocking, entra uma nova combinação gráfica, resultado de tons intensos usados com outros mais sóbrios. A saia assimétrica é uma peça para se ficar de olho

resort13

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OSCAR DE LA RENTA: Calça flare cropped, florais, barra assimétrica e shorts de alfaiataria, a coleção do estilista dominicano é formada com todas as peças-chave da temporada e que dão pistas de como será o próximo verão.

 

resort14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SONIA by SONIA RYKIEL: Floral de fundo negro com floral colorido, foi uma das ideias da linha jovem da grife francesa. A saia assimétrica plissada é outro must-have a se atentar

resort15

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ALEXANDER WANG: calças quase baggy – mostrando que a skinny ficou realmente para trás – deram o tom da coleção de Wang, apresentada nesta terça-feira (03.06). O floral estilizado, que de longe lembra pinceladas, passa longe do estilo girlie

resort5

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VERSACE: Donatella também mostrou uma série de conjuntos que mostram que combinar será uma das máximas da próxima estação. Atenção ao terceiro look que mistura poás com os clássicos elementos greco-romanos da label italiana

 

Fonte: VOGUE

 

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

college

 

 

College
Com números grandes estampados em camisetas e moletons, esse é jeito mais literal de andar por aí com um look esportivo. Quer deixar bem girlie? Então misture as peças com minissaia ou opte de vez por um vestido de listras horizontais de tamanho médio em vinho ou azul marinho. Anotou?

deluxe

Deluxe

Essa versão dos looks esportivos pede muita personalidade. Blusas estruturadas entram em cena combinadas com calças de corte reto e zero ajustadas. O frio não está tão grande que deu pra investir num short? Então esqueça o modelito jeans e aposte num tecido mais leve e larguinhos. Ah, e de preferência azul ou branco, tá?

usecom

Use com…
A variedade de acessórios superapropriados pra compor esse look é grande. Nossos prediletos? Um tênis bem glam com ares de antiguinho + óculos de lentes redondas de acrílico são apostas certeiras.

 

FONTE: GLAMOUR

Tags: , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

tumblr_m9pdv2EPTP1rpm5rmo1_500

 

Prepare-se para abrilhantar ainda mais o seu guarda-roupa! Junto com a tendência dos tons metalizados, os sequins voltam com tudo ao topo das trends mais badaladas do mercado da moda.

Clássicos e ousados ao mesmo tempo, os sequins são a tradução inglesa da palavra paetês e, de detalhes a protagonistas das peças, eles sempre chamam atenção. Vale ficar de olho!

sequins1

Os sequins cabem em todos os estilos e ocasiões, basta saber equilibrar o brilho e a peça. Evite, por exemplo, usar uma minissaia de sequins em eventos mais formais e esqueça o vestido trendy em situações relax.

A dica dos sequins vale para outros elementos sexy, como a fenda e o decote. O exagero é inimigo do bom gosto e o ideal é combinar peças neutras e acessórios discretos. Vale lembrar também que os itens total sequins são mais pesados, então é bom ficar atenta ao caimento da peça!

sequins2

 

 

FONTE: AREMO

Tags: , , , , , ,

Comments ( 0 )

Fotos-Geisy-Arruda-vestido-rosa-vermelho-curto-foto-saia-UNIBAN-aluna-universitaria-jovemA tentativa de expulsão da aluna Geisy Arruda da Uniban de São Bernardo, divulgada no fim de semana pela instituição educacional e revogada nesta segunda-feira pelo reitor Heitor Pinto Filho (depois da repercussão mundial negativa), coloca à prova todas as conquistas femininas perseguidas e conquistadas desde sempre e até agora. E vai contra o rumo da história, seja social seja da moda. A quarentona minissaia é tendência atualíssima. Os últimos desfiles nas principais capitais mundiais – leia-se Nova York, Londres, Milão e Paris – trouxeram vestidos e saias curtos, curtíssimos.

O vestido curto usado por Geisy, resgatado da moda dos anos 1980, com a barra mais apertada, como um cós canelado, e manga que promove um certo drapeado afunilando no punho, pode não traduzir o máximo da elegância. E, sim era curto, bem curto. A tentativa de expulsão, com a justificativa de que foi “constatada atitude provocativa da aluna, que buscou chamar a atenção para si por conta de gestos e modos de se expressar”, é negar toda uma história construída com lutas e mais lutas.

Ok, houve o “arrependimento” da escola, mas o estrago já estava feito. Uma universidade expressar essa opinião é muito grave. Se a moça tivesse sido estuprada a culpa, então, era dela e não do estuprador? Ele teria sido seduzido pelas suas lindas pernas e não teria culpa de nada? Geisy não estava num templo religioso, em que algumas regras pedem para ser cumpridas. E quem tem um pouco de memória, até mesmo os alunos enfurecidos que queriam “estuprá-la“, podem recorrer aos álbuns de família dos casamentos ocorridos nos anos 1960 e 1970. Com certeza, eles vão encontrar lá vestidos até mais curtos que o de Geizy, usados nas igrejas, por pessoas de várias idades. Há cerca de 45 anos, quando a minissaia entrou definitivamente na moda para alcançar as faixas até mais conservadoras da sociedade de então, viu-se que o poder dos jovens tinha chegado para ficar.

Fotos-Vestidos-Curtos-minissaias-dominam-tendencias-para-o-verao-2010

Vestidos curtos dominam tendências para o verão 2010

Se antes, os mais velhos ditavam moda, nos anos 1960, a exposição das pernas com sua principal modelo – Twiggy – traduziu um ar jovial às necessidades sociais. Eram os jovens que assumiam definitivamente as mudanças da sociedade, seja pelos movimentos estudantis, como o Maio de 68 francês, seja pelos festivais de música, à la Woodstock , regado a LSD, heroína, cocaína e uma liberdade sexual jamais vista. As pílulas anticoncepcionais começaram a ser usadas livremente. As mulheres tinham liberdade de mostrar o corpo, assim como os homens. O visual andrógino vingava no mundo musical. Certos ou errados, eles imprimiam uma nova forma de encarar o mundo.

Foto-Vestidos-Curtos-minissaias-dominam-tendencias-para-o-verao-2010

Vestidos curtos dominam tendências para o verão 2010

Poder
Mais de quatro décadas depois, o poder do vestido curto mantém-se inalterado. Não fosse assim, a coleção Giorgio Armani para o verão 2010, apresentada em Milão setembro último, não teria sido, de cabo a rabo, com peças curtas, sim, muito curtas. Até mesmo os looks de festa, com brilhos e paetês. É porém, temerário pensar que peças assim causem reações tão contrárias e conservadoras em vários níveis.

Foto-Vestido-Curtos-minissaias-dominam-tendencias-para-o-verao-2010

Vestidos curtos dominam tendências para o verão 2010

A atual liberdade de exibição do corpo mostrada nas passarelas – junto com os curtos, a estação pede ainda transparências, decotes, fendas e até mesmo a lingerie como peças-chave – gerou severos comentários de críticas de moda, como a respeitada e temida inglesa Suzy Menkes, do Herald Tribune. Ela escreveu que os desfiles de Milão mostram peças ideais para serem usadas nas festas promovidas pelo primeiro-ministro Silvio Berlusconi, envolvido em escândalos sexuais com garotas até menores de idade. No lado oposto do Atlântico, por conta de um vestido curto, os alunos da Uniban deram um verdadeiro espetáculo medieval, transmitido com o que é de mais moderno deste terceiro milênio: vídeos por celulares e internet.

Fotos-Vestidos-Curto-minissaias-dominam-tendencias-para-o-verao-2010

Vestidos curtos dominam tendências para o verão 2010

Estamos no fim da primeira década do século XXI. Não mais na Idade Média, em que as mulheres tidas como bruxas eram queimadas na fogueira da Inquisição. Mas vivemos numa sociedade em que o homem, infelizmente, ainda tem medo de que a mulher expresse sua sensualidade e sexualidade sem que eles tenham o domínio dessa atitude, sendo atingidos no seu orgulho de macho. Sim, muitos homens, infelizmente, ainda temem o poder sexual da mulher. É o sexo feminino que procria, que tem o direito de escolher quem vai ser o pai de seus filhos e de engravidar de quem quiser, com um simples chamado sedutor.

Algumas religiões, que se apropriaram e mudaram há séculos os rituais tidos como pagãos, em que a força feminina não era colocada em julgamento, mas tida como sagrada, também têm sua culpa. Assim como as mães que criam os filhos homens com o viés machista. Assim como os homens que querem as mulheres em casa para cozinhar e lavar. O pior é que mesmo alunas mulheres condenaram a roupa de Geisy, traçando um paralelo com os comentários de Menkes. Se nossos jovens – e alguns formadores de opinião – pensam assim, o que será das gerações futuras?

Será que teremos de chegar ao extremo de queimar sutiãs de novo e usar ombreiras monstruosas para provar que a mulher pode ser responsável pela roupa que escolhe para ir e vir e pelo seu destino. Geisy optou por usar aquele vestido. E daí? Democracia e gosto pessoal não se discutem. Mas podemos sim refletir sobre o episódio da turba maluca, da tentativa de expulsão e das nossas liberdades. Que o legado de Andrés Courrèges e Mary Quant, responsáveis cada um a seu jeito pela minissaia, não tenha sido em vão. E que as conquistas femininas, e por conseqüência, sociais, não sejam jogadas no lixo do reacionarismo e do conservadorismo mais profundo.

Fonte Moda Terra

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 12 )

Vocabulario-Termos-novos-usado-no-mundo-da-moda

As semanas da moda brasileira não lançam novas tendências só em roupas. Novas palavras e terminologias são implantadas a cada edição e contaminam modernos de norte a sul.

Acendeu
Quando desfilam modelos na passarela ou pessoas com cores mais brilhantes. Exemplo: “A passarela acendeu com as cores neon…”

Assimétrico
Quando um lado, decote ou bainha da roupa, não é igual ao outro.

Alfaiataria
Não significa um espaço comercial que vende roupas de alfaiate e sim uma categoria de modelagens que repetem a modelagem, o aprimoramento no corte e acabamento digna dos alfaiates que faziam ternos sob medida. Exemplo: “O estilista investiu na alfaiataria”.

Bondage
Estilo inspirado em um fetiche que significa roupas muito apertadas ao corpo em couro ou tecido preto lustroso, ou roupas muito detonadas.

Convergência
Significa o caminho da tendência ou inspiração. Exemplo: “A coleção converge para os anos 80”.

DNA
Serve para definir um estilo muito forte de uma grife. Exemplo: “O DNA da marca é a sofisticação”.

Fundamento
Quando alguém quer expressar a essência ou as diretrizes de alguma coisa. Exemplo: “O fundamento do desfile era o Carnaval”.

Interessante
Adjetivo da vez. Quando não tem o que dizer, a palavra é “interessante”.

Miniaturas
Denominação para peças muito pequenas como mini-boleros, mini trench-coat, minissaia ou minicoletes.

New husband ou skinny boyfriend
Calça com modelagem masculina ajustada em direção ao tornozelo

Nude
Não significa andar nua e sim a cor sensação do verão, um bege levemente rosado em tons que lembram maquiagem

Ovalado
Formato geométrico inspirado no ovo, muito explorado nas modelagens de saias, vestidos, shorts e casacos.

Orgânico
Estilo que define roupas amplas e confortáveis ao corpo e em materiais que não poluem.

Oxford shoes
Estilo de sapato em duas cores e recortes, muito associados à prática do golfe.

Raw
Tipo de amaciamento nos jeans que não polui a natureza. Geralmente o jeans raw é escuro, mas supermacio ou manchado.

Pegada
Espírito ou tendência da coleção. Exemplo: “As roupas têm uma pegada dos esportes radicais”.

Transparecer
A grande quantidade de tecidos transparentes para usar no verão criou este estranho “verbo”. Exemplo: “O estilista transpareceu os básicos com tecidos leves”, ou “Tule, organza, vazados. Tudo o que deixa transparecer”.

Visto no blog  Última Moda

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 1 )