Em 1913, ao inaugurar sua primeira butique, Coco Chanel escolheu Deauville, no noroeste da França, para abrigar o espaço. O balneário no litoral da Normandia não poderia estar em melhor sintonia com o guarda-roupa que a francesa proporia na sequência: peças com listras Breton e de inspiração náutica. Muito mais informais que as roupas que eram usadas pelas francesas até então, os looks remetendo ao uniforme dos marinheiros revolucionaram época e passaram a vestir as mulheres mais elegantes. Mais de cem anos depois, o navy segue como um clássico da moda – nesta temporada, porém, firma-se como tendência máxima das passarelas, em versões que vão muito além do listrado de sempre.

Enquanto a Hermès apresentou calças e casacos com um patchwork gráfico de tons de azul, Maria Grazia Chiuri passeou entre reinterpretações rústicas, artsy e festivas do náutico no verão 2018 da Dior. O clima marinheiro também invadiu as coleções nacionais para o inverno 2018: Cris Barros apostou em listras fininhas para decorar ternos de shape oversized, e a Framed, marca própria do e-commerce Gallerist, brincou com o navy em clima artsy. “As listras vieram de um olhar para São Paulo, cidade que inspira a coleção. Mas a influência navy está sempre presente no meu subconsciente, é algo atemporal e, de certa forma, sempre visualizo Picasso com suas camisetas de marinheiro na praia”, diz Cris.

Já na Framed, a referência vem do trabalho do argentino Julio Le Parc, expoente na arte cinética. “ A maneira como ele usa linhas, pontos e cor para criar suas obras inspira um clash de estampas, formado por círculos de diferentes proporções”, conta Amanda Cassou, ela mesma super adepta do navy em seu guarda-roupa. “Também adoro apostar em peças com listras náuticas para quebrar o aspecto over de qualquer item animal print. É uma ótima combinação”, ensina. Levantar âncora!

ALFAIATARIA
O terno segue em alta por mais uma estação – aposte em listras bem finas para atualizar os modelos de shape oversized. A bolsa de acrílico e bambu e os brincos de conchas imprimem um mood mais tropical ao look que é a cara das francesas

RETRÔ
Quebre a mesmice do pretinho básico noturno sobrepondo-o à polo listrada de tricô – a peça criada nos anos 20 por René Lacoste volta como item da vez. Em versão telada, a bota de cano alto não fica restrita às baixas temperaturas

ARTSY
Brincar com diferentes grafismos em tons de azul e branco é dica para misturar estampas sem erro. O vestido que faz referência ao trabalho do argentino Julio Le Parc pede bota-meia em tons de vermelho

ESPORTIVO
O mood sportswear que domina a moda há diversas temporadas ganha interpretação sofisticada no conjunto matelassado tingido de marinho – com equilíbrio perfeito entre conforto e elegância, é a pedida perfeita para o fim de semana.

PARA INCORPORAR JÁ!

JAQUETA RÚSTICA
Dê um upgrade no look jeans e camisa branca trocando o casaco de lã marinho que é um clássico de qualquer guarda-roupa por uma peça de franjas e trama manual.

VESTIDO BOHO
O vestido boho e fluido ganha mood urbano tingido de marinho e acompanhado de tênis, cinto largo e bolsa cruzada sobre o corpo.

BRILHO DESCONTRAÍDO
Styling esperto para levar o paetê para o dia a dia: aplicar o decorativismo em uma saia listrada, que circula à luz do sol combinada a uma jaqueta college, como o modelo desconstruído da Monse.

PARKA ESPORTIVA
Em seu verão 2018, apresentado no mês passado em Nova York em formato “see now, buy now”, Ralph Lauren propõe um navy esportivo ao apostar em parkas de náilon decoradas com grafismos.

ESTAMPA NÁUTICA
Na hora de incorporar o navy, vá além das listras e brinque com prints de cordas e barcos – e injete elegância ao conjunto superconfortável em estilo pijama.

FESTIVO
Vale levar o navy também para o gala: listras desconstruídas em mood op art descontraem o longo rodado em estilo princesa.

Fonte : VOGUE BRASIL

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

kane-katrantzou-burberry

Christopher Kane, Mary Katrantzou e Bruberry são destaque (Foto: Getty Images)

Um emaranhado (lindo, diga-se) de cordas sobre transparências, elevou  a tendência navy ao degrau máximo do luxo na passarela de Christopher Kane. Na Erdem, mosaicos de penas compõem tubinhos ultra sofisticados.  Mary Katrantzou optou por estampas texturizadas com desenhos orgânicos e abstratos.

É como se os vestidos tivessem ganhado vida, assim como quadros pintados por artistas diversos. Fato é que a moda de Londres trouxe uma pegada mais artsy e decorativa, muito diferente do que acabamos de ver em Nova York. Quando não eram exatamente texturas, prints fantásticas como as da Burberry (com excelente styling street), dominaram os looks mais interessantes, consagrando a capital inglesa como lançadora de uma moda própria e autêntica.

 

Fonte: GLAMOUR

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

star1

Há muito tempo, numa galáxia muito, muito distante…Ok, é brincadeira e nós não vamos contar a história inteirinha de Star Wars,viu? Na verdade, não precisamos descrever quase nada, já que as fotos falam por si só. Na passarela, nas ruas e até nos red carpets, a estampa do momento é esta: tudo que envolve a famosa trilogia, além de prints de estrelas e intergalácticos. Ah, e nas araras das lojas também só se vê isso. Marcas como Triton e Riachuelo lançaram coleções de camisetas personalizadas com desenhos da saga.

Confira abaixo algumas produções estilosérrimas, como Kirsten Dunst no red carpet do MET Gala 2014 com um vestido Rodarte. Quer se inspirar? Moletons, camisetinhas, casacos e regatas mais despojadas são só algumas das opções das peças que estão liberadíssimas para mostrar as estampas. E aí, que tal providenciar djá o look das galáxias?

galaxia_ star2

Fonte: Revista Glamour

Tags: , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )


Em matéria de moda, boa aluna é aquela que não deixa os desejos da estação passarem em branco. Assim, uma tarefa importantíssima de estilo nesta temporada é arrematar pelo menos um item enfeitado com prints de letras e números. Boas ideias não faltaram: enquanto a Versace bolou um alfabeto decorativista em seu inverno 2013, com pedrarias bordadas no formato de letras, Stella McCartney carimbou peças absolutamente minimalistas com iniciais rococó sobre conjuntos e separates em seu resort 2013. Nas passarelas nacionais, Alexandre Herchcovitch mergulhou no léxico kitsch dos anos 80 e misturou letras com quadriculados, tudo hipercolorido e em escala giga, enquanto Gloria Coelho imprimiu um código binário em looks leves, repletos de transparências. Já nos cliques espertos de streetstyle de Paris, impossível deixar de notar o conjunto Mary Katrantzou desfilado por Elena Perminova, com o print de teclado da estilista grega. Pronta para apostar na ideia digna de nota 10?

Letras bordadas com pedrarias no inverno 2013 da Versace

Prints coloridos no verão 2013 de Alexandre Herchcovitch

Stella McCartney, resort 2013

O código binário de Gloria Coelho em seu desfile de verão 2013

 

Fonte: VOGUE

Tags: , , , , , ,

Comments ( 0 )