Os desfiles internacionais mostram que agora é a hora de apostar nas novas texturas floridas – mais modernas e menos delicadas.

A estampa florida sempre foi sinônima de feminilidade e delicadeza, geralmente acompanhada de cores suaves e modelagens fluídas. Porém, como mostra os desfiles da última temporada de moda, o floral volta às passarelas com um toque bem mais moderno. Desfiles como Christian Dior, Rodarte e Gucci apostaram em estampas que remetem à flora, mas não daquele jeito óbvio de sempre; desta vez, o florido aparece mais conceitual e dark.

floral-dior-620

Para Dior, o florido apareceu quase em forma de pintura, onde fica até difícil reconhecer que a estampa trata sim de grandes flores azuis e pretas. No segundo look, o florido abstrato acontece em forma de bordado em cima de um vestidinho preto ajustado. Em ambas as produções, vemos como o floral ficou com um aspecto mais moderno e conceitual.

A Rodarte também apostou bastante neste tema, com flores até nos cabelos das modelos. Na roupa em si, o florido se mistura com tecidos mais pesados, formando composições que mesclam texturas como a renda e o bordado.

O styling da produção também pode ajudar a tornar o florido de sempre em uma peça importante e diferente. Como visto no desfile da Rochas, o vestido de alcinha florido – que sozinho poderia ficar delicado demais – é combinado com uma camisa e sandálias pesadas.

Uma maneira fácil de desestruturar a estampa florida e deixar ela mais contemporânea, é apostar em tons mais escuros e em desenhos onde as flores sejam menos óbvias. Para combinar, aposte em sandálias e acessórios mais pesados.

floral-07 floral-06 floral-05 floral-04 floral-03 floral-02 floral-01

Fonte: GNT

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

rochas_bks_a_rf16_0206

Depois de despontar nas passarelas de Milão, o “grunge light” segue como tendência absoluta para o inverno 2017 nos desfiles da Paris Fashion Week. As botinhas e tênis, bem como moletons, surgem aqui combinados com vestidos leves, soltos e super femininos (às vezes usados sobre camisas) e o resultado vem na forma de um styling supercool que promete agradar em cheio a nova geração de fashionistas – despojadas, porém ainda assim luxuosas.

A Rochas foi uma das grifes que apostou na ideia, levando para a passarela um grunge ultraluxuoso, que mistura o floral miudinho a muito dourado. Já Paco Rabanne aposta em grunge japonista, com vestidos com um quê futurista, injetando mais atitude e contemporaneidade à marca. Quer investir na ideia? Nesta página há estas e outras boas opções.

grunge_light_na_pfw_3 grunge_light_na_pfw_2 grunge_light_na_pfw_1

 

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Tops, vestidos e até casacos dourados foram destaque em desfiles de grifes como Lanvin, Emanuel Ungaro, Lowe e Rochas

lanvin

O lamê dourado é umas das grandes apostas da semana de moda de Paris para o inverno 2017. Grifes como Lanvin, Emanuel Ungaro, Lowe e Rochas investiram pesado na tendência, cada uma a sua maneira.

A Loewe mostrou corseletes  de pegada futurista, enquanto a Lanvin – ainda meio perdida com a saída de Alber Elbaz – aplicou o brilho em tudo o que pode: sobretudos, tops, vestidos

No desfile da Rochas, o ouro veio envelhecido em alguns looks de pegada romântica e no de Emanual Ungaro, abundante, com muito couro e lamê de alma gótica e perfume 80’s.

rochas

 

 

Fonte: Marie Claire

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

pas1
Pelas ruas das últimas semanas de moda internacionais, fashionistas antenadas exibiram produções com  casacos em candy colortendência que reinava em paralelo em muitos dos desfiles (Foto: Tommy Ton/Reprodução)

Os tons sóbrios que costumam permear nos looks das fashionistas inverno sim e outro também estão com os dias contados neste 2013: as produções devem ganhar um toque de luminosidade trazido por um imponente casaco em tom pastel.
Foi este o recado dado dentro e fora de algumas passarelas das semanas de moda internacionais para o inverno 2014: como um refresco ao visual dark-punk-rocker (que roubou a cena em diversos dos shows), grifes como Céline, Mulberry, Proenza Schouler e Victoria Beckham apostaram em trench-coats, blazers, jaquetas e casacos 3/4 com cores açucaradas, como rosa lavado, azul-bebê, lavanda e amarelo clarinho. Logo, eles ganharam o posto de item tem-que-ter da estação. Aproveite que os termômetros já começaram a cair e atualize o visual – nesta página há algumas boas sugestões de styling para se inspirar.

cr1
Rosas: Céline, Mulberry, Honor e Carven (Foto: Getty Images)

cr2
Azuis: Rochas, Proenza Schouler, Acne e Sonia Rykiel (Foto: Getty Images)

cr3
Amarelos: Giambattista Valli, Carven, Iceberg e Victoria Beckham (Foto: Getty Images)

 

Fonte: VOGUE

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Prepare-se para o retorno das saias de volume máximo. Se depender do tapete vermelho, a silhueta da vez – ampla, como indicaram os desfiles nacionais – vai ser dominada por partes de baixo de efeito, recuperada direto dos anos 80 versão repaginada, seja nos cocktail dresses, nos vestidos para noite ou em separates. 

A sempre estilosa Diane Kruger lidera essa corrida: na última semana, a atriz desfilou um conjunto Rochas na chegada a um evento, uma produção de nível avançado que ainda incluía barriga à mostra. Não dá para citar saias amplas sem lembrar do desfile resort 2013 da Chanel em Versalhes; é de lá que saíram mais dois looks usados por Kruger neste ano, na noite da amfAr em Cannes e na fila A de um dos desfiles de alta-costura da grife. 

Mais famosas seguiram o caminho liderado por Kruger: Alexa Chung também investiu em um vestido da Chanel para noite da maison; já a apresentadora britânica Myleene Klass encarnou uma princesa retrô com look de Jacques Azagury. Em versão festa, outro look do closet de Diane Kruger merece destaque, o longo Christian Dior de saia enorme, usado pela bela no começo do ano; já a cantora Rita Ora investiu em produção sexy para premiação, com vestido vermelho Marchesa. Confira os exemplos ao longo da página e decida: pronta para encarar o volume amplo na próxima festa? 

Fonte: VOGUE BRASIL

Tags: , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

A era de ouro do cinema, com seus carrões e filmes em technicolor, é uma das influências mais fortes do verão 2012 no Hemisfério Norte. Com marcas como  Marni, Jill Sander, Rochas e Prada à frente do movimento, os looks ganham cores suaves, com rosas e verdes açucarados. Veja, a seguir, um resumo preparado pela equipe do portal de tendências WGSN.

Rochas, verão 2012
WGSN

Rochas, verão 2012
WGSN

Marilyn Monroe

Backstage do desfile da Rochas, verão 2012
WGSN

Cores e materiais

Couro ultramacio, colorido e maleável. Écharpes de seda, tricôs recobrindo bolsas e estampas delicadas com motivos inusitados (como de cozinha) estão entre os destaques.


Bolsa com crochê vintage
Thornberry.wordpress.com

Chanel, verão 2012
WGSN

Fendi, verão 2012
WGSN

Flores nos detalhes

O equilíbrio entre o clean, o minimalista e o decorativo quase kitsch é a chave dessa tendência. Os florais antigos chamam a atenção.

 


Prada, verão 2012
WGSN

Zac Posen, verão 2012
WGSN
Alice & Olivia, verão 2012
WGSN
FONTE: MODA SPOT

Tags: , , , , , , ,

Comments ( 0 )