Se você cansou do rosa millennial, saiba que uma outra cor desponta como tendência para os dias de verão: o amarelo – do mostarda ao tom vibrante – surgiu em profusão nos desfiles nacionais e internacionais e logo caiu nas graças de uma turma de celebridades.

Montou um guia prático e rápido para quem quer investir na cor segundo as regras da famosas. Confira nesta página:

Gigi Hadid, trendsetter da nova geração conhecida por seu estilo afiado e, claro, inspirador, é uma das que vem investindo forte no amarelo, colorido looks da cabeça aos pés, passando até pelo esmalte!

Para looks ainda mais impactantes, aposte em itens oversized no tom, como fez a sempre estilosa Kendall Jenner.

Elegantíssima, Blake Lively mostra que loiras podem – e devem – investir no amarelo, seja na alfaiataria monocromática, nos vestidos esvoaçantes ou tubinhos sexy para red carperts.

Rainha do street style, Olivia Palermo mostra como ser cool até dizer chega com a cor no inverno (ao investir na cor arrematando produções all black com acessórios de estilo) ou no verão (vestidinhos feitos de tecido fluido são pedida certa para a estação!).

Rihanna esbanjou beleza e estilo ao surgir, belíssima, a bordo de um look total-amarelo no lançamento da sua linha de maquiagens.

 

Fonte: VOGUE

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Quer dar um upgrade nos seus looks de balada? Nossa consultora de moda Ucha Meirelles elege – e ensina a usar – os principais destaques das semanas de moda internacionais que são perfeitos para sair à noite. E o melhor: já pode adotar!

tendencia-noite

A cada temporada, os looks noturnos se renovam e ganham novos aliados. E se depender nas semanas de moda internacionais, camisas transparente, brilhos e paetês, vermelho e tule metalizado são apostas certeiras na hora de montar um visual para sair à noite.

E o melhor é que nem precisa esperar a próxima temporada. As tendências estão aí para serem adotadas a partir de agora.

1. CAMISAS PRETAS TRANSPARENTES

tendeencias-para-noite-1

As transparências despontaram como tendência absoluta. E o segredo é aliá-las a camisas pretas, que devem ser usadas com lingeries delicadas de tule ou tops de mesmo tom. Para combinar, aposte nas calças retas ou saias midi.

2. BRILHOS E PAETÊS

tendeencias-para-noite-2_1

 O brilho é sempre uma boa opção para ser usada à noite. Na hora de investir nos paetês dê preferência ao mix de cores, como mostrou a Dolce & Gabbana. Na Gucci, o efeito apareceu como estampa e deu um resultado novo e atual. Marco de Vincenzo ainda sugere agregar um toque sexy aos modelos reluzentes com fendas e decotes generosos.
3. VERMELHO

tendeencias-para-noite-3_1

O vestido vermelho é um clássico indispensável. Mas para fugir do óbvio, as marcas investiram em modelos fora do comum com decotes assimétricos, tule transparente, ombros bufantes, brilho poderoso.

4. TULE METALIZADO

tendeencias-para-noite-4

Os vestidos de tule preto com aplicações metálicas são uma das tendências mais bacanas da temporada. Para um toque ultrafeminino, a Dior criou uma saia bordados de coração. Saint Laurent e Rodarte optaram pelos polka dots.

Fonte: Marrie Claire

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

erin_wasson_vogue_ukPresente no guarda-roupa de 9 em cada 10 mulheres que amam jeans, a calça skinny já é tão coringa quanto um blazer preto ou uma camisa branca. Mas, para a alegria daquelas que querem aposentar de vez os modelos ultrajustos, uma série de shapes com inspiração retrô vêm conquistando as ruas e alcançando o status de novo clássico.

Do flare à la Jane Birkin às pantalonas, passando pelo mom jeans até o reto cropped, uma nova leva de denim conquistou fashionistas como Alexa Chung, Leandra Medine, Jeanne Damas e Bella Hadid. Quer aderir? Confira abaixo uma seleção irresistível de modelos básicos, pero no mucho, para você dar um adeus – ou um até logo! – ao skinny.

jeans-5

1. FLARE CURTA
Esqueça a flare longa, com a barra larguíssima e perfume disco – do tipo que precisa ser usada com plataformas altíssimas e batas boho.

O modelo pode ser, sim, uma peça-coringa e atemporal, independente dos anos 1970 estarem na moda ou não: basta investir em um bom jeans de comprimento acima do tornozelo e abertura média, que não contraste tanto com a parte superior da peça, mais justa. Alexa Chung é fã – e combina suas calças flare curtas com sapatilhas ou sapatos de salto baixo, blazer oversized e camisa básica.

jeans-2

 

2. RETA CLÁSSICA
Nem skinny, nem flare, nem pantalona: quer um jeans que pode andar a vida inteira com você? Invista em uma calça reta, de lavagem clean e cós médio, combinando-a com sapatos flat (de sandálias a sapatilhas) até saltos altíssimos – um bom escarpim de bico fino será a garantia de um toque sexy e moderno ao look. Para não deixar a produção cair na monotonia, vale seguir o truque de styling da it girl Camille Charrière, optando por peça superior assimétrica e arquitetônica, bijoux poderosa e cabelos au naturel.

jeans-1

 

3. RETA E FUN
Quer investir no jeans reto, mas não tão básico? Procure modelos com aplicações de cristais, broches ou pedrarias e combine-os com tênis branco e top de tecido sofisticado, como fez a parisiense Jeanne Damas. O truque de styling fun, aliás, pode ser reproduzido em jaquetas de denim e até bolsas.

jeans-6

 

4. PANTALONA
Dê férias à sua pantacourt para investir em uma pantalona clássica, de jeans com lavagem minimalista e cintura alta para o dia a dia. Aqui, vale combiná-la com plataforma ou até mesmo sneakers.

jeans-4

5. MOM JEANS
O mom jeans é exatamente o que diz a expressão: calças em denim roubadas do guarda-roupa das mamães (diretamente dos anos 1980 e 1980). Um híbrido entre o skinny e o reto, com cós altíssimo e denim grosso, sem elastano, o modelo tem aquele je ne sais quoi típico do estilo das francesas que é sinônimo de estilo e conforto. Para sofisticar as composições com a peça, invista em bolsas mini ou médias ultra trabalhadas e tops delicados. Nos pés, um salto ou plataforma alta, como a ankle boot escolhida por Camille Rowe.

jeans-3

6. MOM JEANS MODERNINHO
Com a ajuda da stylist Monica Rose, a top Bella Hadid faz parte do time de tops que adora um mom jeans, mas sempre em looks luxuosos e sexy. Quer copiar? Invista em modelos com rasgados ou lavagens modernas e combine-os com saltos poderosos, bolsas estruturadas e tops sofisticados.

 

Fonte:  Vogue

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

O ano de 2016 já começou oficialmente e está na hora de você fazer uma limpa no seu armário, para deixar 2015 pra trás de uma vez por todas. Ano novo, vida nova, guarda-roupa novo também, já que algumas tendências merecem ficar no ano que passou. Desapegue daquelas que você usou e abusou em 2015 e abra espaço para o novo.

Quer saber em que você deve aposentar e como substituir as peças-chave do seu armário para passar 2016 cheia de estilo e com muito bom gosto? Veja a lista abaixo.

sobe-desce-2016-04

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conforto continua sendo a palavra-chave na hora de escolher seus sapatos, mas em vez das plataformas retas que foram usadas à exaustão em 2015, o sapato da vez deixa o calcanhar de fora e, quando tem salto, é grosso.

sobe-desce-2016-05

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O estilo Kim Kardashian já é coisa do passado. O ano de 2016 está mais para Kendall Jenner. O slip dress, mais soltinho, com modelagem minimalista e cara de lingerie, substitui os modelos superjustos e esculturais usados por Kim.

sobe-desce-2016-03

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As cores Pantone de 2016 dão o tom da paleta do ano: leve e delicada. Tons neutros e pastel serão a pedida certeira, deixando para trás as cores vibrantes, meio anos 80, que dominaram as passarelas em 2015. Os tapetes vermelhos já foram invadidos por beges e brancos, enquanto nas passarelas o cobre já substitui o laranja. Deixe o neon de lado esse ano e aposte no sóbrio.

sobe-desce-2016-01

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mochilas, sandálias de plástico, tops cropped e a cintura alta dominaram o guarda-roupa em 2015, recriando o look clássico dos anos 90, mas 2016 traz a sobriedade de volta aos nossos closets e, assim, entra em cena o estilo nerd meio andrógino, proposto por Alessandro Michele na Gucci. Camisas polo, tricô, cumprimentos midi e mocassins compõe o look da vez, que flerta ainda com os anos 70.

sobe-desce-2016-02

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se você não é muito fã de um abdominal, essa é a sua hora. A barriga de fora já deu o que tinha que dar. É chegado o momento de explorar um novo atributo do corpo: os ombros. Os decotes cigana e recortes no ombro são o novo sexy e, cá entre nós, dão muito menos trabalho para manter, né?
publicidade.

 

Fonte: GNT

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Proenza Schouler e Alexander Wang foram os que mais desfilaram propostas repletas de recortes que deixavam muita pele à mostra de uma forma zero óbvia.

v3

Vazados mostram uma nova forma de ser sexy (Foto: Imaxtree)

Os estilistas da NYFW estão cada vez mais engenhosos quando o assunto é deixar pele à mostra. Foi-se o tempo que uma mera fenda e transparência eram as únicas saídas. Agora a novidade fica por conta das peças vazadas que deixam lugares improváveis expostos e resultam em um sexy não óbvio.

A sempre cool Proenza Schouler foi a que desfilou os melhores exemplos com uma série de separates e vestidos com cara de crochê e penas em formas geométricas, que formavam casulos. Mais street impossível foi a de Alexander Wang, na versão mais urbana da proposta com regatas vazadas ideais para quem ama uma sobreposição.

Prepara para se exibir? Então olhe os exemplos desta página e prepare o corpo para as peças vazadas ultrareveladoras.

v1_1

Proenza Schouler, verão 2016 (Foto: Antonio Barros)

v4

Givenchy e Monique Lhuillier, verão 2016 (Foto: Antonio Barros)

v5

Thakoon e Public School, verão 2016 (Foto: Antonio Barros)

Fonte: Vogue Brasil

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

O Dia dos Namorados vem aí. Já sabe o que vai fazer para celebrar o amor? Já escolheu o seu visual para a data? É um dia especial e ninguém quer fazer feio. Por isso, é importante investir no look e se sentir ainda mais linda. Quer saber como? Seja qual for o seu estilo, selecionamos um look ideal para você curtir o dia ainda mais bonita.

namoradas-romanticas

  Românticas

(Fotos: Getty Images)

Se você faz o estilo romântica e vai comemorar o dia dos namorados em clima de romance, que tal um jantar à luz de velas, um almoço com vista para o mar ou quem sabe até um piquenique no fim da tarde? Os vestidos rodados e saias midi são ideias para a ocasião. O modelito comportado, no entanto, permite ousar na estampa, por isso misture padrões, invista em cores vibrantes e não tema em ousar nos acessórios.

namoradas-exuberantes

Exuberantes

(Fotos: Getty Images)

O look “fofo” não é muito a sua praia? Você é mais sexy, gosta mesmo é de um brilho e quer deixar as pernas à mostra para o namorado? Seu estilo exuberante é ideal para um jantar em um restaurante badalado ou uma festa a dois. Mas muito cuidado: se subir o comprimento da saia não deixe o colo à mostra, se carregar no brilho, nada de combinar com acessórios pesados. Encontrar o equilibrio é a receita ideal para um look matador, sem ser vulgar.

namoradas-modernas

 Modernas

(Fotos: Getty Images)

Nada de vestidos ou saias. O casal moderninho vai assistir a um show ou saem com os amigos para celebrar o amor, mas, para isso é preciso unir estilo com conforto. Por isso, macacões e calças são a melhor pedida. O visual mais básico, no entanto, pede criatividade nas estampas e tecidos. Camisas sociais com transparência e calças ou jaquetas de couro são boas opções para deixar o visual mais interessante e sexy na medida certa para a ocasião.

namoradas-descoladas

 Descoladas

(Fotos: Getty Images)

Que tal brindar à felicidade? Se você é mais descolada e vai celebrar o seu amor em um barzinho ou no restaurante da moda, invista em peças-tendência. Tops croppped, botinhas, as cores da estação ou, em vez do vestido, que tal um trench coat ou blazer ‘oversized‘? Suba no salto e aposte em acessórios moderninhos. Você vai ver e ser visto não só pela sua cara metade, não decepcione.

Fonte: GNT

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

E a Semana de Moda de NY, hein? É momento de ficar de olho na moda americana e seus novos caminhos – a mais comercial das temporadas de moda internacionais geralmente traz roupas e propostas que a gente tem vontade de usar agora – e não daqui a seis meses, quando elas vão chegar à lojas!

alexander-wang-altuzarra

 

Claro, existem os nomes mais autorais como Alexander Wang, por exemplo, que se inspirou em tênis e conseguiu mais uma vez criar algo novo a partir de suas referências no sportswear (fruto também de sua parceria com a Nike); e Altuzarra, que pensou no filme “O Bebê de Rosemary” e transformou aquele look baby-doll ingênuo da personagem de Mia Farrow em algo muito mais sexy!

Fora isso, as meninas devem suspirar pelos looks de Carolina Herrera (florais misturados com figuras geométricas, experimentações com modelagens nos ombros, saias bem rodadas) e de Tommy Hilfiger (pegada festival de música, Woodstock, flower-power, estrelas e listras, microvestidos ou longos, toque militar à “Sgt. Pepper’s Lonely Heart Club Band”, e Kendall Jenner e Georgia May Jagger na passarela). Qual você prefere?

carolina-herrera-620 tommy-620

 

Fonte: GNT

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Branco e cores suaves em uma atmosfera romântica e delicada ou sobreposições em clima noturno – e um tanto sexy, tudo no mesmo dia, durante a semana de moda de Paris.

1_9
Os iluminados Nina Ricci, Balmain e Balenciaga  (Foto: Imaxtree)

E Paris acordou hoje bipolar. Enquanto alguns estilistas apostaram na leveza de materiais (Peter Copping para Nina Ricci), numa atmosfera romântica e delicada (Alexander Wang na Balenciaga), evocaram o dia, com muito branco e cores suaves (Olivier Rousteing na Balmain), outros preferiram, digamos, pegar bem mais pesado.

Sobreposições de lamês escuros (lindas, por sinal) em clima noturno dominaram a passarela da Lanvin. Já Gareth Pugh investiu na imagem de uma mulher sexy, mundana e muito má, com as sobrancelhas levantadas.

E para completar, a belga Ann Demelemeusteer exibiu sobreposições desabadas – tudo preto – arrematadas por um chapéu misterioso, criando uma “entidade” fashion.

Fato é que anjo ou demônio, estarão bem servidos de looks lindos para a próxima estação. Seja para ir bonitinha para o céu ou arder nas labaredas do inferno.

2_6
Os sombrios Lanvin, Gareth Pugh e Ann Demelemeusteer (Foto: Imaxtree)

 

Fonte: GLAMOUR

Tags: , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )


Bar Refaeli ficou em primeiro lugar na lista de mulheres mais bonita e sexy do mundo, publicada anualmente pela revista Maxim. A modelo israelense disse que ficou surpresa com a colocação. “Eu sabia que estava concorrendo, mas nunca pensei que poderia ganhar. Estou muito animada e honrada”, disse.

Ela contou ainda que não se sente um ícone de beleza no dia a dia, apenas no trabalho, enquanto posa para as fotos. “Eu sinto que eu sou sexy quando eu preciso estar na frente às câmeras. (…) Quando eu acordo de manhã e coloco meu jeans e minha camiseta, não me sinto nem perto de ser sexy”, disse a top, que só usa maquiagens para o trabalho ou ocasiões especiais.

Além de Bar Refaeli, também aparecem entre as 10 primeiras posições da lista, na ordem: Olivia Munn, Mila Kunis, Katy Perry, Olivia Wilde, Jennifer Lawrence, Emma Stone, Megan Fox, Malin Akerman e Adrianna Palicki.

Entre as brasileiras, está a top Adriana Lima, em 46ª lugar. Outro destaque é a atriz Jordana Brewster, filha de uma brasileira e um americano, que ocupa a 52ª posição. Confira a seguir os 20 primeiros lugares:

1. Bar Refaeli

2. Olivia Munn

3. Mila Kunis

4. Katy Perry

5. Olivia Wilde

6. Jennifer Lawrence

7. Emma Stone

8. Megan Fox

9. Malin Akerman

10. Adrianne Palicki

11. Rosie Huntington-Whiteley

12. Kate Beckinsale

13. Blake Lively

14. Lea Michele

15. Kristen Stewart

16. Charlize Theron

17. Scarlett Johansson

18. Katrina Bowden

19. Victoria Justice

20. Jennifer Love Hewitt

Tags: , , , ,

Comments ( 0 )


Quem disse que só mulher magrela pode entrar na disputa pelo posto de “mais sexy” no concurso anual da revista “Vip”? Modelo ‘plus size’ há 10 anos, Andrea Boschim, 31, se surpreendeu ao perceber que nenhuma gordinha estava participando do concurso e tratou de se inscrever – depois disso, mais de 14 meninas ‘plus’ tomaram coragem e também entraram para a disputa.

“Entrei no domingo e no final do dia já tinha umas 15 meninas ‘plus’ participando… É legal saber que a minha coragem incentivou outras meninas”, conta ela. “Eu brinco dizendo que gosto de quebrar padrões.

No concurso da ‘Vip’, vi que eram só modelos magras na eleição das mais sexy da revista, temos apenas uma representante plus size que é a Adele, que eu nem sei se está na lista oficial… Não representa a realidade do Brasil”, disse ela, se referindo à cantora inglesa.

Carla Manso, de 25 anos, também se sente tão sexy quanto qualquer menina magérrima e se inscreveu no concurso.

“Se é uma sensualidade que não é vulgar e vai ajudar a alavancar a autoestima da mulher real que está em casa e não sabe que é sexy, se vai ajudar ela a descobrir que ela também pode ser, eu acho que o ensaio é super válido”.

Briga com a balança

Se hoje Carla está satisfeita com suas medidas, 90 quilos distribuídos em 1,70 de altura, a vida nem sempre foi fácil para ela. Lutando com a balança desde cedo, a modelo conta que já fez de tudo para eliminar os quilinhos que, antes, eram demais.

“Durante toda a minha adolescência eu sofria por causa do peso, achando que se eu não fosse gostosa os rapazes não iriam me querer e eu não seria feliz. Tomei medicação, fui para spa, fazia mil dietas, mas sempre voltava a engordar porque eu gosto de comer”, conta ela, que resolveu passar gostar de si mesma. “Hoje sou a pessoa mais feliz do mundo, comendo o que eu quero e sendo saudável”.

Andrea também não era satisfeita com seu corpo na adolescência, e um menino fez com que ela perdesse muito peso na época do colégio. “Na adolescência eu quis muito emagrecer, na formatura do colegial eu cheguei a pesar 60 quilos, mas a minha motivação para perder peso era ficar com um garoto”, contou ela, que hoje pesa 92 quilos, com 1,70 de altura.

Começo da Carreira

As coisas começaram a mudar quando Andrea descobriu que era finalista de um concurso com meninas “plus size” sem ao menos ter se inscrito. “Uma amiga me inscreveu em um concurso virtual há dez anos sem eu saber. A dona do site me ligou quando estava entre as dez finalistas, fiquei superenvaidecida e acabei ganhando o ‘Web GG Girl’ em 2002. Comecei a trabalhar como modelo a partir daí.”

Carla trabalhou durante cinco anos fazendo fotos e editoriais, mas só se descobriu bonita muito tempo depois. “Por indicação de uma amiga, fiz um editorial há uns oito anos. Naquela época tinha escassez de modelo plus size, mas cada trabalho que surgia, eu achava que era o último, porque não me via como modelo. Passei a me achar bonita e encarar a carreira de modelo com seriedade de três anos pra cá, quando me aceitei gordinha.”

Andrea contou ao EGO que o início da carreira foi complicado, mas hoje o tratamento é o mesmo para ambos estilos. “No começo da minha carreira era muito complicado ter uma modelo gordinha no meio das meninas magras, então eu era sempre a última a ser maquiada, arrumada, tinham que perguntar para vários produtores se realmente eu estava participando do desfile… ”.

Comer bem, mas com consciência

E se para as modelos magras a dieta vem em primeiro lugar, as modelos plus size se gabam por poderem comer tudo que querem, mas também existem restrições.

“A gente tem que sempre ficar de olho na balança, não pode abrir mão das cintas para fazer os trabalhos, mas como a gente gosta de comer e comer bem, é difícil não dar uma oscilada no peso. Eu tento me manter no manequim 46, mas não dispenso um rodízio japonês, mexicano, churrascaria… Se dou uma extrapolada, tomo bastante água e isso me ajuda a comer menos”, revela Carla, que não abre mão da sobremesa.
Andreia se diz ‘sortuda’ por gostar de comer saladas e folhas, mas não resiste a uma boa batata.

“Eu não como muita besteira, mas eu adoro batata, qualquer tipo de batata”, contou rindo.

“Mas troco fácil um sanduiche, por uma salada. Como modelo, sou um referencial de manequim para algumas marcas, então não posso ter uma oscilação de peso, toda semana tenho que estar com as mesmas medidas. Minha refeição é farta, mas regrada”.

Se na balança e no prato as diferenças são gritantes entre as modelos magras e as plus size, Carla brinca dizendo que as gordinhas também são mais felizes.

“Quando as modelos magras estão com a gente nos trabalhos é nítida a diferença. As gordinhas estão sempre rindo mais, brincando mais, elas magrinhas estão sempre mais na delas, porque acho que falta um pouquinho de açúcar, né?”, disse Carla aos risos.

Agradecimento: Loja Milanina – Shopping D.
Fonte: EGO

Tags: , , , , , , , ,

Comments ( 0 )
Página 1 de 212