Ivete Sangalo entende de moda festa, em sua versão mais animada nos palcos e no topo dos trios que comanda a cada Carnaval. Depois de se lançar como vocalista da Banda Eva, a cantora nascida em Juazeiro, na Bahia, firmou seu nome no cenário musical brasileiro com a carreira solo deslanchada pelos hits do álbum homônimo, lançado em 1999.

Desde então, são mais de 16 anos de sucessos e empolgação nos palcos e nos trios que comanda a cada edição da festa anual em Salvador. O histórico fashion é marcado pelos figurinos brilhantes em cada parada das turnês (nacionais e internacionais). Em cima dos trios, as produções ganham potência elevada de diversão com fantasias sempre temáticas, assinadas por estilistas e etiquetas que acompanham a cantora.

Sangalo conta com aproximação cada vez maior com a moda: já levou criações de etiquetas brasileiras como Cia. Marítima, Martha Medeiros, Printing e Patricia Bonaldi, entre outras, aos palcos além de riscar o tapete vermelho e ganhar as telas em aparições marcantes com labels internacionais como Givenchy, Mugler e Versace.

Unindo o universo do Carnaval e da moda, Ivete contou com aparição sensação em 2015 no Baile de Gala e Fantasia da Vogue com look custom made por Sandro Barros de valor estimado em R$ 46 mil. O vestido inspirado em Maria Antonieta levou cerca de 790 horas para ficar pronto, trabalhadas por um time de 11 pessoas liderado pelo expert em moda festa.

Nos palcos, a receita de sucesso para o figurino é formada por bodies cravejados de pedrarias e bordados que garantem brilho extra à energia da cantora. Para a turnê mais recente, ela desfilou uma sucessão de peças assinadas por Davidson Zanine, criados sob supervisão da stylist Patricia Zuffa.

Em antecipação ao Carnaval 2017, relembre nas imagens produções marcantes já desfiladas pela estrela ao longo dos anos.

Fonte: Vogue

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

erin_wasson_vogue_ukPresente no guarda-roupa de 9 em cada 10 mulheres que amam jeans, a calça skinny já é tão coringa quanto um blazer preto ou uma camisa branca. Mas, para a alegria daquelas que querem aposentar de vez os modelos ultrajustos, uma série de shapes com inspiração retrô vêm conquistando as ruas e alcançando o status de novo clássico.

Do flare à la Jane Birkin às pantalonas, passando pelo mom jeans até o reto cropped, uma nova leva de denim conquistou fashionistas como Alexa Chung, Leandra Medine, Jeanne Damas e Bella Hadid. Quer aderir? Confira abaixo uma seleção irresistível de modelos básicos, pero no mucho, para você dar um adeus – ou um até logo! – ao skinny.

jeans-5

1. FLARE CURTA
Esqueça a flare longa, com a barra larguíssima e perfume disco – do tipo que precisa ser usada com plataformas altíssimas e batas boho.

O modelo pode ser, sim, uma peça-coringa e atemporal, independente dos anos 1970 estarem na moda ou não: basta investir em um bom jeans de comprimento acima do tornozelo e abertura média, que não contraste tanto com a parte superior da peça, mais justa. Alexa Chung é fã – e combina suas calças flare curtas com sapatilhas ou sapatos de salto baixo, blazer oversized e camisa básica.

jeans-2

 

2. RETA CLÁSSICA
Nem skinny, nem flare, nem pantalona: quer um jeans que pode andar a vida inteira com você? Invista em uma calça reta, de lavagem clean e cós médio, combinando-a com sapatos flat (de sandálias a sapatilhas) até saltos altíssimos – um bom escarpim de bico fino será a garantia de um toque sexy e moderno ao look. Para não deixar a produção cair na monotonia, vale seguir o truque de styling da it girl Camille Charrière, optando por peça superior assimétrica e arquitetônica, bijoux poderosa e cabelos au naturel.

jeans-1

 

3. RETA E FUN
Quer investir no jeans reto, mas não tão básico? Procure modelos com aplicações de cristais, broches ou pedrarias e combine-os com tênis branco e top de tecido sofisticado, como fez a parisiense Jeanne Damas. O truque de styling fun, aliás, pode ser reproduzido em jaquetas de denim e até bolsas.

jeans-6

 

4. PANTALONA
Dê férias à sua pantacourt para investir em uma pantalona clássica, de jeans com lavagem minimalista e cintura alta para o dia a dia. Aqui, vale combiná-la com plataforma ou até mesmo sneakers.

jeans-4

5. MOM JEANS
O mom jeans é exatamente o que diz a expressão: calças em denim roubadas do guarda-roupa das mamães (diretamente dos anos 1980 e 1980). Um híbrido entre o skinny e o reto, com cós altíssimo e denim grosso, sem elastano, o modelo tem aquele je ne sais quoi típico do estilo das francesas que é sinônimo de estilo e conforto. Para sofisticar as composições com a peça, invista em bolsas mini ou médias ultra trabalhadas e tops delicados. Nos pés, um salto ou plataforma alta, como a ankle boot escolhida por Camille Rowe.

jeans-3

6. MOM JEANS MODERNINHO
Com a ajuda da stylist Monica Rose, a top Bella Hadid faz parte do time de tops que adora um mom jeans, mas sempre em looks luxuosos e sexy. Quer copiar? Invista em modelos com rasgados ou lavagens modernas e combine-os com saltos poderosos, bolsas estruturadas e tops sofisticados.

 

Fonte:  Vogue

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Reparou que os jogadores estão exibindo seus músculos em campo? Os uniformes das seleções estão mais apertadinhos e com tecidos ainda mais tecnológicos. A stylist Manu Carvalho conversou com a gente e explicou sobre a “nova moda” do futebol. Confira!

jogadores1
Sarados e “justos”: Karim Benzema, da França, Diego Lugano, do Uruguai, e Didier Drogba, da Costa do Marfim (Foto: Getty Images)

É só ligar a TV pra perceber que os jogadores da Copa do Mundo estão mais musculosos, mais definidos e mais sarados. Ok, eles são atletas e donos de corpos pra lá de esculturais, mas nesta edição do mundial, a “culpa” de toda essa silhueta avantajada é dos novos uniformes das seleções. Reparou que as camisetas estão mais justas e coladas? Quer entender o motivo? A stylist Manu Carvalho conversou com a gente e comentou um pouco desta nova tendência do futebol.

“Nos anos 60 e 70, Pelé e Garrincha usavam short e camiseta coladíssimos. Era de algodão com um corte bem sequinho. Já nas décadas de 80 e 90, a silhueta ficou grande. Basta lembrar que várias marcas lançaram ternos mais largos, com ombros amplos. Agora, este slim fit volta, mas com muito mais tecnologia do que antigamente”, explica Manu. Para ela, não adianta negar: a moda tem influência definitiva nas peças usadas no gramado. “Não é a moda de passarela, é a de comportamento”, comentou lembrando que as pessoas são muito mais preocupadas com a saúde e o corpo em forma.

Nike, Adidas e Puma, principais marcas esportivas que assinam as camisetas das seleções desta Copa, criaram modelos com tecnologias que auxiliam no conforto, como a PWR ACTV, que ajuda a maximizar a força muscular, e o Dri-Fit, que afasta a transpiração. A Nike, que fez o uniforme da seleção brasileira, pensou também nas regiões do corpo com maior nível de tensão. Por isso, as áreas do peito, ombro e pernas ganharam mais resistência e elasticidade pra dar mais mobilidade e conforto aos atletas. Além disso, quase todas as camisetas são slim fit, uma modelagem mais justa e que alonga a silhueta.

Isso sem falar que agora é uma ótima (e linda) oportunidade da torcida observar os corpos masculinos: “Tem uma pegada sexy também. Agora é a vez deles. É um mês pras mulheres admirarem os atletas usando roupa justa e molhada”. Ponto pra moda. Ponto pro sex appeal. Ponto pro aumento da torcida apreciadora de futebol!

jogadores2

Fonte: Glamour

Tags: , , , ,

Comments ( 0 )

2nd-floor-verao-2014

 

Que o creeper é uma das manias atuais da moda. O denim, impulsionado pela febre dos anos 90, também volta mais forte ao guarda-roupa – inclusive usado no melhor estilo “jeans com jeans”. Ambas apostas fashion estavam presentes no desfile da 2nd Floor, diluidas na inspiração anos 60 que guiou as criações do estilista Thiago Marcon.

A stylist Leticia Toniazzo foi quem combinou as peças antes de entrarem na passarela e, do backstage da marca, ela deu dicas para quem quer usar tanto o sapato da temporada quanto o looks jeans total. Confira:

A REGRA DO CREEPER É: COMBINE COM CALÇA DE BOCA AFUNILADA
O modelo “pataflat” – aquele de salto reto e plataforma – foi usado no pés de todas as modelos em variações de sandálias e no tênis – também conhecido como creeper. Para combinar, Lelê Toniazzo indica: “Use sempre com calça de boca bem afunilada.Gosto também da combinação de legging com blusa mais soltinha”, diz. Se optar por saia ou blusa, a dica é escolher peças de tamanho mini. “Apesar de alongar a silhueta pelo salto, tanto a sandália quanto o creeper pesam nos pés. Só aposte nos comprimentos mais longos se você tiver pernas bem compridas”, completa.

JEANS COM JEANS – APOSTE EM TONS IGUAIS OU MUITO SEMELHANTES
Leticia considera a combinação de jeans “clássica e chique”, mas prefere aquelas de mesmo tom. “Se você optar pelo conjunto, não vai errar. Combinações de tons diferentes são mais difíceis de ficar legal, precisa ter um olhar de moda mais apurado”. Se quiser apostar em uma combinação mais descolada, eleja acessórios diferentes. “Cintos e sapatos coloridos deixam a produção mais divertida”, afirma.

 

Fonte: MARIE CLAIRE

 

Tags: , , , , ,

Comments ( 0 )

Além dos catálogos das lojas, os ensaios das revistas de moda são grandes responsáveis por impulsionar a venda das peças usadas pelos modelos nas fotos. As grifes agradecem!

Estamos acostumados a ver editoriais em lugares paradisíacos como praias e campos, mas nem sempre o cenário é dos mais belos – e, neste ano, o que não faltou foi ensaio bizarro. Seja com pegada de humor ou macabra, o mercado da moda sai cada vez mais do lugar comum e conta com a ajuda de fotógrafos renomados para isso. Selecionamos abaixo os ensaios mais perturbadores de 2012:

Karolina Kurkova e Crystal Renn na Interview
Karolina Kurkova encarna uma enfermeira aterrorizante que domina Crystal Renn em um ensaio da revista Interview deste ano. O cenário é algo que lembra um sanatório desativado e Crystal faz o papel de uma paciente que sofre abuso. O fotógrafo não poderia ser outro: Steven Meisel, conhecido por suas fotos chocantes. Tenso.
As ataduras e o homem nu na Dansk

Este perturbador ensaio, que recebeu o nome de “Circus Humanus”, traz a modelo americana Maria Bradley dominando um homem nu com ataduras imobilizando as mãos. Macabras, as fotos publicadas na edição de inverno da revista Dansk foram feitas em um quarto escuro de paredes sujas.

Gorila fashion na Stylist Magazine
Que tal fazer as atividades triviais do dia-a-dia na companhia de um… gorila? Para a modelo Justina G., tudo certo. Ela aparece passeando no mercado, tomando um café e até beijando o “animal” em um ensaio da revista britânica “Stylist” assinado pelo fotógrafo David Titlow. Eu, hein…

A sessão de espiritismo da Vogue Italia

A Vogue Italia, que publicou o editorial “So Magical, So Mysterious” em setembro deste ano, diz que o ensaio retrata uma sessão espírita (distorcida, é claro). As fotos de Miles Aldridge são estreladas pela top Eniko Mihalik, que chega a aparecer nua.
Zombie Boy ‘papai’

Rick Genest, o Zombie Boy, é a estrela de um ensaio da edição de maio da revista Factice e aparece nas fotos com um bebê no colo. A cena é uma fofura, embora a criança mal apareça em meio aos desenhos do corpo do modelo. No mesmo ensaio, Zombie, que esteve no Fashion Rio Verão 2012 e desfilou para a Ausländer, fuma e segura um buquê de rosas enquanto usa uma coroa de espinhos na cabeça. Fofo ou assustador? Inusitado, no mínimo.Fonte: GNT

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Grife de sapatos femininos, a Schutz inova e lança nesta quarta-feira, dia 4 de abril, no Shopping Iguatemi de São Paulo, uma minicoleção de sneakers. Porém, não são tênis comuns, mas releituras de um modelo lançado por Isabel Marant, que está com tudo internacionalmente, pois têm uma anabela interna, que faz com que a pessoa use salto sem parecer. Ou seja, um híbrido entre um sapato de salto alto e um tênis esportivo.

   

A marca convidou o stylist Felipe Veloso, o apresentador Matheus Mazzafera, a modelo Sabrina Gasperin e a apresentadora Mica Rocha para assinarem os modelos “Sneaker City designed by our Friends“.

Felipe Veloso optou por um modelo na cor laranja, repleto de tachas prateadas e douradas, enquanto Mateus Mazzafera criou um modelo étnico, com estampas ao fundo e camurça na cor azul-bic e cinza. Sabrina Gasperin apresentou um modelo de duas cores, azul e preto, combinado tachas na lateral e spikes atrás. Mica Rocha também utilizou spikes, porém em tom envelhecido e sobre camurça vinho.

 

Fotos: Divulgação
Fonte:Use Fashion

 

Tags: , , , , ,

Comments ( 0 )