fut1 Editorial da Vogue Paris, em 2007, estrelado pelas tops Raquel Zimmermann e Carol trentini (Foto: Mikael Jansson/Reprodução) O Super Bowl é big deal também entre os fashionistas. Culpa das últimas edições do evento esportivo que escalou divas pop – com figurinos bem grifados –, para se apresentarem no “show do intervalo“. Como esquecer a apresentação de Madonna com figurino by Riccardo Tisci e de Beyoncé com acessórios Proenza Schouler? A verdade é que o final do principal campeonato do futebol americano é também retratado, vez ou outra, nas páginas da Vogue ao redor do globo. fut2Timeless“, abril de 2007, Vogue Paris (Foto: Mikael Jansson/Reprodução) Em 2007, Raquel Zimmermann e Carol Trentini já tinham protagonizado o editorial“Timeless” da Vogue Paris, em que apareciam na temática nos cliques feitos por Mikael Jansson. De lá pra cá, sempre perto do evento, o assunto volta as páginas da publicação: este mês, por exemplo, além de um gigantesco editorial protagonizado por Kate Upton, na Vogue América, há uma série de fotos feitas por Giampaolo Sgura na Vogue francesa fut3“Sport Chic”, na Vogue Taiwan (Foto: Ceen Wahren/Reprodução) Nesta página, alguns exemplos de como a moda se apropria do esporte (e da ocasião) com shootings da Vogue TaiwanVogue Korea e até da W – que podem entrar para o seu mural de inspirações e, ainda por cima, ilustram como fazer a linha esportiva sem deixar o approach fashion de lado. fut4Kim Noorda, em maio de 2011, na Vogue Taiwan (Foto: Ceen Wahren/Reprodução)   Fonte: VOGUE

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Até quem não entende nada de futebol americano ficou com os olhos vidrados na final do Super Bowl, que aconteceu na noite de ontem (3) em Nova Orleans, nos EUA.

Isso porque, no intervalo do embate entre San Francisco 49ers e Baltimore Ravens, Beyoncé botou para quebrar no palco do campeonato com um vestido revelador de couro e renda, dois materiais associados a uma influência fetichista. Nada mais apropriado para quem exala poder em cima do palco, não é?

O intuito do look escolhido por Beyoncé é ser extremamente sexy, algo que tem a ver com a imagem que ela projeta. O vestido apela para esse lado de evidenciar o corpo, com linhas que acinturam, destacam o quadril e valorizam o busto”, explica a consultora de moda Marcele Goes, do Estilo sob Medida.

Beyonce
Beyoncé usa vestido sexy assinado por Rubin Singer no Super Bowl. Foto: AP

A diva – que está confirmada no Rock in Rio, em setembro – abriu a apresentação com jaqueta do tipo perfecto e minissaia, peças que tirou minutos depois de subir ao palco, revelando o body cheio de recortes. Luvas de couro, meia ¾ preta por cima da meia-arrastão bege e ankle boots completaram o visual da cantora.

O vestido ousadíssimo é assinado pelo estilista americano Rubin Singer, que também desenhou o figurino de Michelle Williams – integrante do Destiny’s Child, que apareceu de surpresa – e dos 120 dançarinos que participaram do show.

Segundo o release do estilista, o vestido de Beyoncé demorou dois meses e cinco provas de roupa para ficar pronto, em um processo de criação que envolveu 200 horas de trabalho de um time de 14 profissionais. E o esforço valeu a pena, já que a mulher de Jay-Z arrasou no rebolado e agitou os torcedores com hits como “Single Ladies”, “Baby Boy” e “Crazy in Love”.

Super Bowl Football
Cabelão volumoso, bota e luvas de couro complementam o visual fetichista de Beyoncé. Fotos: AP

RENDA E COURO NO DIA-A-DIA

Segundo Marcele Goes, o grande truque de styling do modelito fica por conta da junção de couro e renda, combinação pouco vista nas ruas. Mas será que dá para usar dois materiais tão distintos no dia-a-dia? Dá, mas é importante que a renda seja mais pesada e perca um pouco da veia romântica, para não brigar com o couro pesado.

A renda do vestido de Beyoncé parece ser um trabalho vazado feito no próprio couro, o que mantém a linha do tecido como um todo. Se a renda for muito delicada, fica mais difícil combinar com o couro. É melhor apostar naquelas mais estruturadas ou em várias camadas, para encorpar o tecido. A cor escura também ajuda na harmonia dos materiais”, indica Marcele.

A ankle boot com meia longa também chama atenção no look da cantora e é uma combinação que caiu no gosto das fashionistas. Segundo a consultora de moda, o truque adiciona espessura à perna, achata a silhueta e faz as vezes de uma bota longa, o que não favorece quem tem pernas grossas. A profissional indica a tendência para os looks de noite das mulheres mais altas e magras.

Beyonce
Kelly Rowland, Beyoncé e Michelle Williams levam à loucura os fãs do Destiny’s Child. Foto: AP

Beyonce
No início da apresentação, a cantora usou jaqueta perfecto cropped e minissaia, que logo saíram para revelar as rendinhas da saia do vestido. Foto: AP

 

 

Fonte: GNT

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Madonna foi a grande atração do intervalo do Super Bowl – final do campeonato de futebol americano e atração de maior audiência da televisão dos Estados Unidos —, que aconteceu na noite desse domingo, 5 de fevereiro, em Indianápolis. A cantora usou looks da Alta-Costura da Givenchy, todos criados por Riccardo Tisci. Confira na galeria abaixo detalhes do figurino.


O croqui dos looks, criados por Riccardo Tisci


A capa dourada tem bordado de paetês, cristais e pedaços de metal dourado.

A parte interna era de chiffon estampado de oncinha.

O vestido era de seda, com cinto de píton e aplicações feitas à mão. Já o enfeite de cabeça, era Philip Treacy, o famoso designer de fascinators.


Durante a performance, a cantora retirou o cinto.

O último look era uma capa bordada com paetês e pequenas pérolas negras.

Fonte: MODASPOT

Tags: , , , , , ,

Comments ( 0 )