Segundo elas, fornecedores de peças são os mesmos de grifes chiques’.
O segredo, segundo Karla Seabra, da Marisa, é garimpar’ a peça certa.

O que está na moda hoje começou a ser elaborado pelas equipes de estilo dos grandes magazines brasileiros há cerca de um ano. “Recolhemos informações em sites especializados, em desfiles, e confirmamos em viagens internacionais o que já estava previsto”, diz Fernanda Mossmann, responsável pela equipe de 50 designers da área de estilo da Riachuelo.

De acordo com Karla Seabra, gerente de estilo da Lojas Marisa, a internet acaba sendo uma arma importante na busca de tendências futuras. “Assistimos pela internet os desfiles dos grandes estilistas de Nova York, Londres, Paris e Milão. Ali, definimos as peças que serão ‘chave’, as cores e as estampas que vão reger a estação. É uma prática de mercado”, diz ela.

Segundo Fernanda Mossmann, para o verão 2009-2010, a tendência é o fim do conservadorismo, especialmente no que se refere a cores. “A gente acredita muito no flúor, uma tendência dos anos 80. Vamos ver muito verde limão, rosa choque, essas cores bem acesas”, diz. Fernanda Amaral, da Hering, adiciona outra tendência para o verão: os macacões.

Tendências

As executivas de estilo da Hering, da Marisa e da Riachuelo são unânimes em dizer que calças e shorts “boyfriend” – que parecem ser emprestados do namorado, por serem mais largos – são itens importantes para o verão, assim como os vestidos de coquetel. “Nas baladinhas já está se usando”, diz Karla.

As tendências, dizem elas, são as mesmas para lojas de qualquer preço. A camisaria da Lojas Marisa, por exemplo, vem da China e da Índia. “A China produz para todo mundo, há roupa boa vinda de lá. É na China que se produz as camisas da Banana Republic, da Calvin Klein”, conta a gerente de estilo da rede.

Calças de marcas de luxo no Brasil, diz ela, também saem das fábricas do pólo pernambucano de jeans, onde a Marisa produz suas peças. Muitas vezes, o modelo é o mesmo – o que muda é a marca estampada nele e também o preço, que pode se multiplicar dependendo de onde o produto é vendido. “A diferença é que a gente vende [as peças] por R$ 49, R$ 59, R$ 69”, diz Karla.

Visto no G1

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Fotos-Geisy-Arruda-vestido-rosa-vermelho-curto-foto-saia-UNIBAN-aluna-universitaria-jovemA tentativa de expulsão da aluna Geisy Arruda da Uniban de São Bernardo, divulgada no fim de semana pela instituição educacional e revogada nesta segunda-feira pelo reitor Heitor Pinto Filho (depois da repercussão mundial negativa), coloca à prova todas as conquistas femininas perseguidas e conquistadas desde sempre e até agora. E vai contra o rumo da história, seja social seja da moda. A quarentona minissaia é tendência atualíssima. Os últimos desfiles nas principais capitais mundiais – leia-se Nova York, Londres, Milão e Paris – trouxeram vestidos e saias curtos, curtíssimos.

O vestido curto usado por Geisy, resgatado da moda dos anos 1980, com a barra mais apertada, como um cós canelado, e manga que promove um certo drapeado afunilando no punho, pode não traduzir o máximo da elegância. E, sim era curto, bem curto. A tentativa de expulsão, com a justificativa de que foi “constatada atitude provocativa da aluna, que buscou chamar a atenção para si por conta de gestos e modos de se expressar”, é negar toda uma história construída com lutas e mais lutas.

Ok, houve o “arrependimento” da escola, mas o estrago já estava feito. Uma universidade expressar essa opinião é muito grave. Se a moça tivesse sido estuprada a culpa, então, era dela e não do estuprador? Ele teria sido seduzido pelas suas lindas pernas e não teria culpa de nada? Geisy não estava num templo religioso, em que algumas regras pedem para ser cumpridas. E quem tem um pouco de memória, até mesmo os alunos enfurecidos que queriam “estuprá-la“, podem recorrer aos álbuns de família dos casamentos ocorridos nos anos 1960 e 1970. Com certeza, eles vão encontrar lá vestidos até mais curtos que o de Geizy, usados nas igrejas, por pessoas de várias idades. Há cerca de 45 anos, quando a minissaia entrou definitivamente na moda para alcançar as faixas até mais conservadoras da sociedade de então, viu-se que o poder dos jovens tinha chegado para ficar.

Fotos-Vestidos-Curtos-minissaias-dominam-tendencias-para-o-verao-2010

Vestidos curtos dominam tendências para o verão 2010

Se antes, os mais velhos ditavam moda, nos anos 1960, a exposição das pernas com sua principal modelo – Twiggy – traduziu um ar jovial às necessidades sociais. Eram os jovens que assumiam definitivamente as mudanças da sociedade, seja pelos movimentos estudantis, como o Maio de 68 francês, seja pelos festivais de música, à la Woodstock , regado a LSD, heroína, cocaína e uma liberdade sexual jamais vista. As pílulas anticoncepcionais começaram a ser usadas livremente. As mulheres tinham liberdade de mostrar o corpo, assim como os homens. O visual andrógino vingava no mundo musical. Certos ou errados, eles imprimiam uma nova forma de encarar o mundo.

Foto-Vestidos-Curtos-minissaias-dominam-tendencias-para-o-verao-2010

Vestidos curtos dominam tendências para o verão 2010

Poder
Mais de quatro décadas depois, o poder do vestido curto mantém-se inalterado. Não fosse assim, a coleção Giorgio Armani para o verão 2010, apresentada em Milão setembro último, não teria sido, de cabo a rabo, com peças curtas, sim, muito curtas. Até mesmo os looks de festa, com brilhos e paetês. É porém, temerário pensar que peças assim causem reações tão contrárias e conservadoras em vários níveis.

Foto-Vestido-Curtos-minissaias-dominam-tendencias-para-o-verao-2010

Vestidos curtos dominam tendências para o verão 2010

A atual liberdade de exibição do corpo mostrada nas passarelas – junto com os curtos, a estação pede ainda transparências, decotes, fendas e até mesmo a lingerie como peças-chave – gerou severos comentários de críticas de moda, como a respeitada e temida inglesa Suzy Menkes, do Herald Tribune. Ela escreveu que os desfiles de Milão mostram peças ideais para serem usadas nas festas promovidas pelo primeiro-ministro Silvio Berlusconi, envolvido em escândalos sexuais com garotas até menores de idade. No lado oposto do Atlântico, por conta de um vestido curto, os alunos da Uniban deram um verdadeiro espetáculo medieval, transmitido com o que é de mais moderno deste terceiro milênio: vídeos por celulares e internet.

Fotos-Vestidos-Curto-minissaias-dominam-tendencias-para-o-verao-2010

Vestidos curtos dominam tendências para o verão 2010

Estamos no fim da primeira década do século XXI. Não mais na Idade Média, em que as mulheres tidas como bruxas eram queimadas na fogueira da Inquisição. Mas vivemos numa sociedade em que o homem, infelizmente, ainda tem medo de que a mulher expresse sua sensualidade e sexualidade sem que eles tenham o domínio dessa atitude, sendo atingidos no seu orgulho de macho. Sim, muitos homens, infelizmente, ainda temem o poder sexual da mulher. É o sexo feminino que procria, que tem o direito de escolher quem vai ser o pai de seus filhos e de engravidar de quem quiser, com um simples chamado sedutor.

Algumas religiões, que se apropriaram e mudaram há séculos os rituais tidos como pagãos, em que a força feminina não era colocada em julgamento, mas tida como sagrada, também têm sua culpa. Assim como as mães que criam os filhos homens com o viés machista. Assim como os homens que querem as mulheres em casa para cozinhar e lavar. O pior é que mesmo alunas mulheres condenaram a roupa de Geisy, traçando um paralelo com os comentários de Menkes. Se nossos jovens – e alguns formadores de opinião – pensam assim, o que será das gerações futuras?

Será que teremos de chegar ao extremo de queimar sutiãs de novo e usar ombreiras monstruosas para provar que a mulher pode ser responsável pela roupa que escolhe para ir e vir e pelo seu destino. Geisy optou por usar aquele vestido. E daí? Democracia e gosto pessoal não se discutem. Mas podemos sim refletir sobre o episódio da turba maluca, da tentativa de expulsão e das nossas liberdades. Que o legado de Andrés Courrèges e Mary Quant, responsáveis cada um a seu jeito pela minissaia, não tenha sido em vão. E que as conquistas femininas, e por conseqüência, sociais, não sejam jogadas no lixo do reacionarismo e do conservadorismo mais profundo.

Fonte Moda Terra

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 12 )

Gisele-Bundchen-Vogue-Revista-Fotos-Modelo-estrela-edicao-de-setembro-da-publicacao-usando-biquini

Modelo estrela a edição de setembro da publicação usando biquíni.
Em ensaio interno, gaúcha elogia os sáris das mulheres da Índia.

A brasileira Gisele Bundchen, de 29 anos, protagoniza mais um marco no mundo da moda. A top model de maior sucesso da atualidade é a primeira estrangeira a posar para a capa da versão indiana da revista Vogue.

A gaúcha estrela a edição de setembro da publicação, lançada esta semana. Clicada pelo francês Patrick Demarchelier, um dos principais fotógrafos fashion, Gisele aparece usando um biquíni estampado com um casaco de ombros marcados da grife Balmain – item mais cobiçado do momento pelos seguidores de tendência.

As imagens foram feitas antes da gravidez da top, casada com o jogador de futebol americano Tom Brady.

Em entrevista à publicação, Gisele elogia a moda indianas – que se tornaram mais conhecidas no Brasil com a novela “Caminho das Índias“. Além do modelo da capa, top também usou um sári esverdeado em uma das fotos do ensaio interno da revista.

Visto G1

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Referenciando a marca internacional Ed Hardy, a brasileira Bunny´s agora lança a sua versão de roupas, no caso camisetas, com inspiração em tattoos.

Camiseta Bunny's primitive tattoo

Camiseta Bunny's Original Tatto

A “Original Bunny´s Tattoo” também traz estampas do tipo “old school”, como caveiras, dragões e corações apunhalados, além da águia, penas e outros adereços de índios norte-americanos.

Todas têm estampas na frente e costas, mixando desenhos e expressões, como “Legends Tattoo”, “Famous Tattoo” ou “Genuine Tattoo”.

De acordo com o núcleo de criação da marca, este estilo é uma grande tendência para os centros urbanos no verão 2010. Ainda para a próxima estação, o resto da coleção Bunny´s propõe um “day off”, ou seja, uma pausa em meio ao caos diário.

Camiseta Bunny's Original Tattoo

Camiseta Bunny's Original Tattoo

Descanso, uma festa ou a diversão num bilhar, fliperama, boliche, internet, entre outros, estão entre as inspirações. As peças são “totalmente relax”, apontam.

Fonte:www.usefashion.com.br

Tags: , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )
Estilo eclético é tendência para os pés no verão
Os pés de verão não serão marcados apenas por um estilo, mas por vários, como já acontece há algumas temporadas. É essa a principal tendência que poderá ser vista desta terça-feira até sexta-feira, durante a Francal 2009, 41ª Feira Internacional de Calçados, Acessórios de Moda, Máquinas e Componentes, que trará lançamentos de calçados e acessórios para o verão de mais de mil empresas.
Continuam fortes as rasteiras, modelos tipo gladiador, peep toe, escarpins, sapatilhas ou as sandálias de saltos altos e meia-pata. O que une todas essas propostas é o uso de cores e a combinação de tons, texturas ou formas. Ou seja, os sapatos não estão nada básicos e têm muita personalidade. Os modelos decoram os pés e trazem detalhes que surpreendem.
Os saltos também ganham formas inusitadas, dando uma nova dimensão ao calçado. Entre os bicos, predominam os redondos e o tipo peep toe chega mais aberto, mostrando ainda mais os dedos dos pés.
Entre os materiais, destacam-se os couros tipo croco e o da cobra python, as versões metalizadas, manchadas e as aplicações de pedrarias ou os bordados, e os detalhes de metais, resinas coloridas, strass e madeira.
A África, suas cores e estampas aparecem como referência em diversas coleções e prometem ser um dos hits da temporada. Confira alguns dos principais lançamentos da feira e inspire-se para suas próximas compras. O evento é aberto apenas para convidados e para quem trabalha na área.
FRANCAL 2009 – 41ª Feira Internacional de Calçados, Acessórios de Moda, Máquinas e Componentes. Data: 14 a 17 de julho de 2009. Horário: das 10h às 20h (dia 17, das 10h às 17h). Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi – São Paulo. Informações: (11) 2226-3100 ou pelo site www.feirafrancal.com.br.

Os pés de verão não serão marcados apenas por um estilo, mas por vários, como já acontece há algumas temporadas. É essa a principal tendência que poderá ser vista desta terça-feira até sexta-feira, durante a Francal 2009, 41ª Feira Internacional de Calçados, Acessórios de Moda, Máquinas e Componentes, que trará lançamentos de calçados e acessórios para o verão de mais de mil empresas.

O couro trabalhado da sandália Luz da Lua foi inspirado na África

O couro trabalhado da sandália Luz da Lua foi inspirado na África

Continuam fortes as rasteiras, modelos tipo gladiador, peep toe, escarpins, sapatilhas ou as sandálias de saltos altos e meia-pata. O que une todas essas propostas é o uso de cores e a combinação de tons, texturas ou formas. Ou seja, os sapatos não estão nada básicos e têm muita personalidade. Os modelos decoram os pés e trazem detalhes que surpreendem.

Os saltos também ganham formas inusitadas, dando uma nova dimensão ao calçado. Entre os bicos, predominam os redondos e o tipo peep toe chega mais aberto, mostrando ainda mais os dedos dos pés.

Entre os materiais, destacam-se os couros tipo croco e o da cobra python, as versões metalizadas, manchadas e as aplicações de pedrarias ou os bordados, e os detalhes de metais, resinas coloridas, strass e madeira.

A África, suas cores e estampas aparecem como referência em diversas coleções e prometem ser um dos hits da temporada. Confira alguns dos principais lançamentos da feira e inspire-se para suas próximas compras. O evento é aberto apenas para convidados e para quem trabalha na área.

FRANCAL 2009 – 41ª Feira Internacional de Calçados, Acessórios de Moda, Máquinas e Componentes. Data: 14 a 17 de julho de 2009. Horário: das 10h às 20h (dia 17, das 10h às 17h). Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi – São Paulo. Informações: (11) 2226-3100 ou pelo site www.feirafrancal.com.br.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )

Exposicao-Moda-Ilustrada-Estilo-tendência-ilustracao

Moda Ilustrada” exibe 35 ilustrações e 6 looks de 27 artistas promovendo encontro entre estilistas e ilustradores em mais um projeto de ruptura de limites, experimentações dinâmicas e concretas, com curadoria conjunta de Danilo Blanco, Fernando Zelman e Roberto Santana.

O renascimento da ilustração de moda é impulsionado por importantes mostras em galerias de arte e museus de todo o mundo, solidificando-se com as retrospectivas de grandes nomes do circuito internacional.

Traçando-se um paralelo, o desenho de moda é utilizado como padrão para a correta confecção de uma roupa, e a ilustração, uma manifestação artística direcionada mais ao coração que a mente. Estilo de arte emocional, que através de um look expressa estilo de vida e tendência, a ilustração de moda de hoje sinaliza que as metrópoles tornaram-se grandes laboratórios de tendências, idéias e passarelas urbanas.

“Moda Ilustrada”, com proposta de estimulo a utilização de novas tecnologias para a produção das obras, contribui para a revitalização da imagem do consumidor no atual panorama da moda brasileira, além de fomentar a difusão e a democratização da cultura de moda contemporânea, reunindo nomes consagrados, novos talentos advindos do ambiente acadêmico e o protagonismo juvenil urbano.

Artistas Participantes:
Cris Burger, Davis Lisboa, Edo Belleza, Gêmeas, Isabelle Ribot, João Braga, João Pimenta, Luis Catani, Orlando Pedroso, Samuel Casal, Zé Andrade, Zé Otavio, Adrian da Paixão Harlock, Alexandre Orsetti, Caca Semiatzh, Fernanda Custódio, Josivan, Marcelo Gomes, Miranda, Popó, Roberto Santana, Silvia Rocha, Suppa, Shida, Tatiana Mari Sasaki, Teca Pasqua.

A exposição Exposição Moda Ilustrada – Estilo e Tendência, segue até o dia 26 de julho na Galeria Olido, a entrada é franca.

De terça a sexta, das 12h às 20h30;  sábado e domingo das 13h às 20h30.
Mais informações pelo telefone (11) 3334-0001.

Galeria Olido
Av. São João, 473 – Centro
São Paulo – SP

Visto no NaCabeça

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comments ( 0 )
Página 14 de 14« Primeira...1011121314